#ConexãoSundance: Mope - Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema
Festival de Sundance 2019: Mope

#ConexãoSundance: Mope

#ConexãoSundance: Crítica e análise do filme Mope, da sessão da meia-noite, dirigido por Lucas Heyne.

A cobertura do Festival de Sundance 2009 será postada filme a filme, com resumos e críticas dos longas acompanhados pelo crítico Maurício Costa.

Mope

Segundo o crítico, o filme Mope não é de terror, mas tem alguns elementos, e é uma história real e bizarra. O “mope” é o extra da pornografia, ou seja um figurante. São dois amigos que resolvem forçar a barra, e a história de como eles entram na indústria até o desfecho da história, que é verdadeira!

O filme é uma espécie de “Boogie Nights” que trata do lado mais dark da pornografia, e também com orçamento correspondente, ou seja, baixo, apesar de ser muito bem executado. No início, a história é engraçada: ele tem o sonho de ser ator pornô mas não tem condições de ser, e isso começa a gerar problemas.

Aos poucos, elas vão caminhando para a descida. Mesmo no mundo da pornografia, eles estão na periferia. Mope foi feito no tom certo e do jeito certo, ganhou pontos no final, quando aumenta a dramaticidade da história. A cena mais pesada do filme existe e realmente foi gravada.

Como coadjuvantes no filme, tem muitas estrelas pornôs, e alguns atores que fazem a sequência inicial são “mopes” de verdade, e isso faz o filme ter um senso de realismo e é muito cru.

Nota: 3,5

Sinopse e ficha:

Mope / U.S.A. (Director: Lucas Heyne, Screenwriters: Lucas Heyne, Zack Newkirk, Producers: Kelly Hayes, Brian Cooper, Kern Saxton, Danny Roth) — Two ‘mopes’ – the lowest-level male performers in the porn industry – set their sights on an impossible dream: stardom. Cast: Nathan Stewart-Jarrett, Kelly Sry, Brian Huskey, Max Adler, David Arquette, Tonya Cornelisse.

Mope / Estados Unidos (Diretor: Lucas Heyne, Roteiristas: Lucas Heyne, Zack Newkirk, Produtores: Kelly Hayes, Brian Cooper, Kern Saxton, Danny Roth) — Dois ‘mopes’ – a profissão do mais baixo escalão entre os homens da indústria pornográfica – se preparam para um sonho impossível: o estrelato. Elenco: Nathan Stewart-Jarrett, Kelly Sry, Brian Huskey, Max Adler, David Arquette, Tonya Cornelisse.

Participam da cobertura do Festival de Sundance 2019 os seguintes sites e canais: Razão:de:Aspecto, Cinem(ação), Getro.com.br, Wanna be Nerd e Correio Braziliense.

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon