16 filmes que vi no cinema em fevereiro de 2016 - Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

16 filmes que vi no cinema em fevereiro de 2016

Filmes, filmes e mais filmes…Esta é a segunda edição do compilado do que assisti nas telonas no mês anterior. A primeira, referente à janeiro, vocês podem ler clicando aqui.

Fevereiro, o tão aguardado mês para os cinéfilos, nos premiou com um Oscar bem interessante e com poucas injustiças, só uma aliás (canção). Vocês podem ouvir o Podcast Cinem(ação) #169 onde nós falamos sobre tudo que rolou na cerimônia.

Vamos agora à lista dos 16 filmes que acompanhei no cinema no segundo mês do ano, em ordem decrescente com a nota de 0 a 10, clicando nos títulos podem acompanhar a crítica completa (mas sem spoiler):

16- ORGULHO E PRECONCEITO E ZUMBIS:

pride-prejudice-zombies
O clássico de Jane Austen com o elemento zumbis… poderia dar certo? Dificilmente… mas talvez fosse engraçado ou agradasse aos fãs de zumbis. E nada funciona aqui. O romance é clichê, o humor é sem graça e os zumbis são quase nulos (e o pior: eles falam e tramam armadilhas). Nota: 4

15 – TRUMBO – LISTA NEGRA: 

trumbo

A história do roteirista Dalton Trumbo, que por ter ideias comunistas teve a vida bastante complicada em Hollywood. Indicado para melhor ator pelo excelente Sr. White Bryan Cranston o longa tem problemas graves de continuidade e de roteiro. Além de uma direção preguiçosa. História muito boa, mas que foi desperdiçada. Nota: 5

14- O FILHO DE SAUL:

O filho de Saul

Vencedor da categoria de filme estrangeiro traz a história de um judeu que é obrigado a trabalhos forçados em um campo de concentração. Há méritos na direção ao focar (literalmente ajustar o foco da câmera) no protagonista e em diversos planos-sequências. Mas a história é ruim e bastante cansativa. Nota: 5,5

13- KUNG FU PANDA 3:

kung_fu_panda_3

Humor leve e que pode agradar às crianças. O 3D e a composição dos vários elementos em tela está muito boa, o design de produção está de parabéns. Mas o roteiro é óbvio, incoerente em alguns pontos e falta piada – ou pelo menos outros tipos. Nota: 6 (para crianças pode ser que valha um 8).

12- BROOKLYN:

Brooklyn_02

Indicado, injustamente, para o Oscar de melhor filme (e de modo justo em atuação para a  Saoirse Ronan). História de uma emigrante irlandesa nos EUA, mostrando a transformação dela como pessoa (como abacate que não seria…). Sim, o filme é isso… um roteiro correto e “fofo” só. Nota: 6 

11 – O LOBO DO DESERTO: 

theeb

Indicado ao Oscar de filme estrangeiro o longa conta  a história de Theeb (que significa lobo e é o título no original) um garoto que tem que passar por desventuras em um deserto em meio a conflitos da guerra. A obra vai bem no caráter emocional, mas é simplista na abordagem do tema. A boa tentativa de universalizar faz com que a história perca força. Nota: 6,5

10- A OVELHA NEGRA:

ovelha-negra-filme
Filme Islandês que conta a história de uma região onde a criação de ovelhas é o centro motor local. O filme mescla bem comédia e drama e tem uma fotografia excelente. A trilha também traz um elemento interessante. Mas o arco final se perde e o roteiro, que já não era grande coisa, enfraquece ainda mais. Nota: 6,5

09- A GAROTA DINAMARQUESA:

The-Danish-Girl-Eddie-Redmayne
Filme que rendeu indicação ao Eddie Redmayne, mas que gerou muita polêmica. Ele está caricato ou passa bem a transformação? Além da vitória de  Alicia Vikander como coadjvante (ela é a principal aqui). Poético e sutil em alguns momentos e com algumas escorregadas em outros. Vale a pena ser visto. Nota: 7

08- CHICO ARTISTA BRASILEIRO:

Chico capa
Documentário nacional sobre o Silvio Santos  Chico Buarque. Mostra a vida e obra do cantor focando também na vida como escritor. O longa tem o mérito de ter uma narrativa paralela que dá um charme à história. Mas peca em alguns pontos (não coloca quem são os entrevistados, por exemplo). Nota: 7

07- BOI NEON:

Boi Neon capa

Mais um nacional, desta vez um drama. E que drama bem construído na simplicidade… história de Iremar, rapaz que ao mesmo tempo que trabalha nos bastidores dos rodeios sonha em ser estilista. E um dos pontos fortes do filme é não ser clichê. A narrativa flui no ritmo dela, com tranquilidade. Peca um pouco em alguns personagens secundários. Nota: 7,5

06- DIPLOMACIA:

diplomacia
Paris está prestes a ser bombardeada pela Alemanha. Um diplomata sueco e um general Alemão decidem, em uma conversa, o futuro da Cidade Luz. Fortemente focado em diálogos (tendo uma estrutura quase teatral). Fotografia, trilha e edição merecem nota. O arco final faz o filme perder pontos. Nota: 7,5

05 -BOA NOITE, MAMÃE:

boa-noite-mamae
Excelente terror/suspense austríaco. Ganha mais pela sugestão do que pelo susto em si. Roteiro sensacional ao construir uma história bem envolvente. Fotografia explorando o contraste de luz e sombra muito bem. Quando sai do elemento que marcou o início do filme e vai para uma parte mais física deixa a desejar e se perde um pouco. Mas ainda assim vale muito o ingresso. Nota 7,5

04- O REGRESSO: 

post_ORegresso
O filme que deu o Oscar para o Urso Leonardo DiCaprio. História de sobrevivência e vingança. Filmado com luz natural e planos-sequências praticamente impossíveis. Tem um roteiro um pouco fraco, mas que conta com aspectos técnicos beirando a perfeição. Nota: 8

02- DEADPOOL:

Deadpool_destaque
Falar o que desse cara que conheço pouco, mas considero pakas? Se você ainda não foi ver… saia do teu disco voador e volte para a Terra… garanto que irá rir das (muitas) piadas e se divertirá pescando as várias referências aos filmes, músicas, atores etc. E se já viu: vá novamente… Nota: 9

01- O QUARTO DE JACK:

O Quarto de Jack
Tenso, cativante, emocionante… filme que tem mérito em várias frentes: roteiro, direção e principalmente atuação. O que o Jacob e a Brie fizeram aqui é coisa rara. Presos em um quarto a mãe explica o mundo de uma forma bem peculiar para o filho enquanto tenta pensar em maneiras de sair dali.  O trailer está recheado de spoiler… recomendo evitar. Meu terceiro favorito no Oscar (só perdendo para Mad Max e Spotlight), promete estar no top 10 do final do ano. Nota: 9,5 

Considerando as notas dos 16 filmes tivemos uma média de 6,9. Nota um pouco inferior ao mês passado, mas ainda boa. Mês que vem promete! Batman v Superman vem aí será que ele vai ajudar a média do mês a cair ou subir?

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon