GABO - A CRIAÇÃO DE GABRIEL GARCÍA MÁRQUEZ

GABO – A CRIAÇÃO DE GABRIEL GARCÍA MÁRQUEZ (NETFLIX)

Como um garotinho saiu de uma cidade pequena do litoral do Caribe e produziu uma coletânea que transformou a Literatura no século XX? O documentário Gabo (Netflix) mostra a trajetória de Gabriel García Márquez: as inspirações, dificuldades financeiras, pensamentos, envolvimentos políticos e muito mais.

Somos apresentados à infância pobre dele, às primeiras experiências sexuais, à relação complicada com o pai, ao desejo de viver da escrita e ao reconhecimento mundial com o Prêmio Nobel de Literatura em 1982 pelo conjunto da obra.

 

 

Certamente um dos maiores nomes do Realismo Fantástico, Gabriel foi criado inicialmente pelos avós. O avô, militar, sério e realista. A avó, supersticiosa, lírica e contadora de histórias. A mistura dessa convivência refletirá mais tarde no projeto de escrita mais celebrado de Gabriel García Márquez: Cem anos de Solidão.

Mas será essa a obra de que ele mais tinha orgulho? Só assistindo ao documentário para entender!

Gabo foi casado com Mercedes Barcha por mais de 60 anos e com ela teve dois filhos. Ele a conheceu aos 19 anos, quando ela tinha 14. Sobre ela, num dado momento, Gabriel diz que o amor era tanto que “espalhou” a sua mulher por toda sua literatura.

 

 

Aliás, num dos melhores momentos do documentário, o autor fala de quando o casal devia vários meses de aluguel e o proprietário seguia cobrando. Até que Mercedes promete que pagaria tudo com a renda do livro que o marido escreveria. Consegue adivinhar qual é?

O documentário conta com depoimentos dos amigos, irmãos, repórteres e o ex-presidente norte-americano Bill Clinton. Aliás, Bill Clinton esclarece alguns pontos acerca do embargo a Cuba e a participação de Gabriel García Márquez nas conversas diplomáticas sobre o caso.

Aqueles que gostam de Literatura certamente se deliciarão com as conversas e os “causos” de Gabo! Para quem nunca leu nada dele, é uma excelente oportunidade de entender o porquê de tanto louvor à figura e à obra!

Em tempo, recomendo a leitura deste artigo que analisa os tipos de heróis na Literatura e no Cinema.
Está sabendo da adaptação cinematográfica da obra da Clarice Lispector? Clique aqui e leia!
E se você se interessa pelos próximos livros que vão virar filmes, é só clicar aqui.

Até a próxima!

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon