Tipos Herói no Cinema e Literatura e a classificação deles com exemplos

Tipos de Herói no Cinema e na Literatura

O Herói habita o imaginário dos fãs das obras cinematográficas e literárias. É com ele que nos identificamos e nos emocionamos pelas aventuras vividas.  Como veremos adiante, ele é o motor da narrativa, mas só adquire pleno significado quando abraçado pelo enredo. Aliás, vamos começar lembrando que o enredo é o espaço/tempo no qual alguém faz alguma coisa. Ele existe através das personagens e é lá que elas habitam e tornam vivas as ideias dos escritores, seja no Cinema , seja na Literatura.

As personagens, de um modo geral, são classificadas como Planas (quando são construídas em torno de uma única ideia ou caracterização)  ou Esféricas ( quando são constituídas por várias camadas e dimensões e pela capacidade de nos surpreender de maneira convincente).

Tradicionalmente chamamos Herói àquele personagem que protagoniza o enredo, sendo o responsável por dar movimento à narrativa, alguém a que assistimos ao discurso, às ações ou à falta delas durante o evento da obra. Northrop Frye em “Anatomia da Crítica” diz que as obras de ficção podem ser estudadas pela força de ação de seus Heróis e nos mostra os principais modelos destes exemplares.

São 5 tipos:

 

  • Herói Mítico: superior aos homens (leitor, espectador) e às leis da natureza. Ser divino cuja história é um mito. São os heróis das epopeias de Homero, Superman e Thor.

 

 

 

 

 

 

 

  • Herói lendário: abaixo dos deuses, mas capaz de proezas acima dos humanos comuns, num mundo onde as leis comuns da natureza se suspendem ligeiramente, onde há armas encantadas, gigantes, animais falantes etc. Esse Herói, apesar de identificado com um ser humano, é capaz de aventuras maravilhosas e fantásticas, pois são dotados de habilidades especiais. Aqui podemos citar Legolas (Senhor dos Aneis) e Harry Potter.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Herói Mimético Elevado: superior ao homem comum, mas não sobre as leis da natureza, este Herói é um líder. É capaz de grandes feitos porque tem autoridade, paixões e poder de expressão notáveis e maiores que o homem comum. Temos Indiana Jones, Rocky Balboa e Robin Hood, como exemplos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Herói Mimético Baixo: está em uma posição de igualdade com respeito ao leitor/espectador e às leis da natureza. É o protagonista comum, cotidiano e sem grandes habilidades. Colocaremos neste posto a Riley (Divertida Mente) e Charlie (Vantagens de ser Invisível)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Herói Irônico: encontra-se em situação de malogro ou absurdez, de tal forma que é visto de “cima para baixo” pelo leitor/espectador. Esse Herói é inferior ao homem comum devido à situação degradante. Lembremos de Solomon (12 anos de escravidão) e Pi (Aventuras de Pi).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Importante dizer que as denominações “baixo” e “elevado” não têm conotações de valor comparativo e o “irônico” , descrito acima, não necessariamente tem a ver com a figura de linguagem “ironia”. (São as dificuldades da tradução…)

Outros autores aprofundaram o estudo dessas 5 categorias de Heróis feito por Frye, como Blanchot, Barthes, Genette ou o nosso brasileiríssimo Antonio Candido. A história literária mostra que, de um jeito ou de outro, as personagens acabam se encaixando nelas. Falando nisso, você pode clicar aqui para conhecer as 5 Mulheres Maravilhas da Literatura brasileira.

Aliás, já fizemos um texto aqui falando sobre as relações entre Cinema e Literatura e você pode clicar em  3 Formas de Adaptar um Livro para o Cinema para ler mais sobre isso.

É bem divertido ficar lembrando os grandes Heróis e procurar em qual categoria eles se encaixam. Vai ai uma lista com nomes para você refletir e brincar um pouco:

James Bond
Exterminador – Exterminador do Futuro
Luke Skywalker
Mad Max
Caça Fantasmas
Rick Deckard – Blade Runner
Dra. Louise Banks – A Chegada

Escute nosso Podcast sobre Blade Runner
Leia a crítica sobre A Chegada

Já pensou sobre a lista? Coloque nos comentários o tipo de Herói desses personagens!

Até a próxima!

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon