Watchmen, músicas do filme – Parte 3/4: Pruit Igoe & Prophecies

Watchmen, músicas do filme – Parte 3/4: Pruit Igoe & Prophecies

Não adianta… vou ter que bater na mesma tecla: as músicas de Watchmen realmente forma uma das melhores trilhas de músicas do cinema. Além de envolver músicas populares nos EUA na década de 70, também envolve músicas clássicas, eruditas, ou quase isso.

Na categoria “quase isso” se encontra a Música “Pruit Igoe & Prophecies” de Philip Glass, um tecladista que em 1968 criou um grupo para desenvolver “músicas minimalistas”, e fez bastante sucesso na década de 70 (para variar). Este tipo de música utiliza composições pequenas que se repetem, que ao longo da música são processadas gradualmente até atingir o êxtase. Influenciou muita coisa depois, inclusive o rock progressivo com aqueles solos intermináveis…

Este estilo musical alternativo foi caracterizado como não teológico, porém esta música em específico se parece muito com as músicas barrocas do século XVII com seus órgãos gigantes, como aquele presente em Mariana/MG. Provavelmente esta característica tenha sito explorada em Watchmen para mostrar “o nascimento de Mr. Manhattan”, o herói mais poderoso do filme, com os poderes de um deus mitológico. Porém, este poder algumas vezes atrapalha quando se têm uma alma humana, cheia de conflitos, pesares, tentações… É quase um recado da história, mostrando que grandes poderes exigem grandes responsabilidades!

Agora que já consegui mencionar meu personagem de quadrinhos favorito vou deixar vocês com o vídeo (que é de uma estética muito bem trabalhada, como todo o filme Watchmen).

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon