#ConexãoSundance 2020: Blast Beat - Cinem(ação)

#ConexãoSundance 2020: Blast Beat

#ConexãoSundance: Crítica e análise do filme Blast Beat.

A cobertura do Festival de Sundance 2020 será postada filme a filme, com resumos e críticas dos longas acompanhados pelo crítico Maurício Costa.

VEJA A COBERTURA COMPLETA DO FESTIVAL DE SUNDANCE AQUI!

Blast Beat

O primeiro filme do décimo dia de documentário é Blast Beat. É um filme interessante. Um dos temas mais recorrentes dos selecionados é imigração, e é o caso deste, mas de uma forma diferente. Ele trata de uma família colombiana que foi para os Estados Unidos nos anos 90, mas o filme é sobre os dois filhos: Carlos Andres, um gênio da física, e Mateo, que é mais artístico e rejeitado. O primeiro quer ir aos EUA e o segundo, não. Na mudança tem todo o conflito, a escola, o preconceito.

Blast Beat mostra uma perspectiva mais crua sobre a imigração. Uma coisa que incomoda é que os que fazem os pais são novos demais para serem pais dos que fazem os filhos, que são velhos demais para o papel. Mas a dinâmica é interessante e a trilha sonora é muito legal. O filho mais velho é metaleiro, enquanto o outro gosta de pop colombiano, e tem muita música presente, que deixa o filme interessante.

Está longe de ser dos melhores, mas é um longa que tem o seu valor.

Nota: 3,5 / 5

Sinopse e Ficha Técnica:

Próximo do ano 2000, os irmãos colombianos Carly (Mateo Arias) e Mateo (Moises Arias) se preparam para se mudar para os Estados Unidos nos últimos anos do ensino médio. O metaleiro Carly está decidido a frequentar o Georgia Aerospace Institute e a trabalhar para a NASA, enquanto seus pais (Diane Guerrero e Wilmer Valderrama) aproveitam a chance de escapar da turbulência política na Colômbia e perseguir o sonho americano.

Competição: U.S. Dramatic Competition
País: EUA
Duração: 105 min
Idioma: Inglês e Espanhol
Produção: Macro
Direção:Esteban Arango
Roteiro: Erick Castrillon / Esteban Arango

Participam da cobertura do Festival de Sundance 2020 os seguintes sites e canais: Razão:de:Aspecto, Cinem(ação), Getro.com.br e Wanna be Nerd.

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon