#ConexãoSundance 2020: Wander Darkly - Cinem(ação)

#ConexãoSundance 2020: Wander Darkly

#ConexãoSundance: Crítica e análise do filme Wander Darkly, estrelado por Siena Miller e Diego Luna.

A cobertura do Festival de Sundance 2020 será postada filme a filme, com resumos e críticas dos longas acompanhados pelo crítico Maurício Costa.

VEJA A COBERTURA COMPLETA DO FESTIVAL DE SUNDANCE AQUI!

Wander Darkly

O oitavo dia do Festival de Sundance teve o filme Wander Darkly, dirigido por Tara Miele. É um romance com características de thriller. Mas a base do filme é um romance: temos o casal Matteo e Adrienne, que sofrem um acidente de carro, em que Adrienne não sabe se está viva, morta, e o que está acontecendo. Eles começam a se guiar para compreender o acidente e o que está realmente acontecendo, bem como o relacionamento deles.

Poderia ser um filme brega e confuso, mas não é. Os pontos fortes do filme são o roteiro e a montagem. Segundo a diretora, o roteiro foi pensado na estrutura em que ele foi montado, mas tem raccords e transições muito difíceis. A lógica visual do filme é mais ou menos assim: ela está no hospital, vê seu corpo na cama, e quando muda de sala entra em um ambiente totalmente diferente de seu passado. Não chega a ser um quebra-cabeça como o filme Amnésia, por exemplo, mas é bem montado a ponto de vermos até certo ponto a narrativa do ponto de vista do marido, para depois ver a esposa, e entender depois o que aconteceu.

Wander Darkly é um filme bem relacionável com o público por ser sensível na abordagem e por ser realista na forma como trata a relação de um casal em crise. É engajante, mas também não é espetacular. Mas deve fazer grande sucesso de público.

Nota: 4 / 5

Sinopse e Ficha Técnica:

Após um traumático incidente, Adrienne (Sienna Miller) se encontra em um estado desorientador de limbo, desconectada do tempo e testemunhando a vida à distância. Forçada a confrontar seu relacionamento conturbado com seu parceiro de longa data, Matteo (Diego Luna), além de pensar no futuro de sua filha, Adrienne deve reviver e renegociar os eventos do passado recente – e resolver o mistério do acidente.

Competição: U.S. Dramatic Competition
País: EUA
Duração: 97 min
Idioma: Inglês
Produção: 51 Entertainment
Direção e roteiro: Tara Miele

Participam da cobertura do Festival de Sundance 2020 os seguintes sites e canais: Razão:de:Aspecto, Cinem(ação), Getro.com.br e Wanna be Nerd.

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon