"Better Call Saul" - (2018) - Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

“Better Call Saul” – (2018)

Saul é um personagem interpretado pelo ator Bob Odenkirk na série Better Call Saul.

A princípio, quando o vemos na série Breaking Bad não lhe damos muita importância, mas quando nos atentamos para sua narrativa de vida, entendemos o porquê, dele, Saul, ter-se envolvido com Walter White, personagem interpretado por Bryan Cranston.

Desde a primeira temporada de Better Call Saul temos uma sensação de que tanto os personagens quanto o próprio enredo da série, num futuro próximo, vão se esbarrar com a narrativa de Breaking Bad, mesmo porque o que vemos, é o traço e caminho de vida que Saul percorreu até se iniciar no mundo do crime. É possível, então, de certa maneira, perceber o que Saul teve que enfrentar na sua vida como advogado, principalmente, ao lado de seu irmão Chuck, interpretado por Michael Mckean, perante ao que este sempre conquistara em sua vida; e como retrato da sua maior conquista, temos empresa McGill de advocacia e seu prestígio dentro do meio jurídico no Estado do Novo México, no qual acompanhamos a estória se desenrolar.

Saul sempre foi visto como negligente, bobalhão, sem virtudes e sem capacidades mentais e de inteligência para poder lidar com os problemas da empresa, como também, de lidar com a própria profissão, isto é, como advogado. Porém, mesmo tendo em vista tais dificuldades, Saul acaba encontrando Kim Wexler (Rhea Seehorn), uma advogada muito importante do escritório do irmão e tanto Saul quanto Kim, acabam se apaixonando um pelo outro e vão viver juntos. Ademais, apesar desse encontro, talvez nas profundezas de seu ser, notamos em Saul algo de infeliz, de não realizado, de não ideal pra ele em sua vida, ainda. Vemos que Kim lhe dá muito amor, carinho, dedicação e confia nele, contudo, gradualmente o vemos fazer o que sabe melhor na vida: estar metido em esquemas para se dar bem e com isso, acaba ganhando muito dinheiro e de forma ilícita.

Pois bem, é dessa maneira que vamos nos encontrando, de certa forma, com nossas memórias de acontecimentos e de personagens que vimos em Breaking Bad. Alguns deles vão reaparecendo aos poucos e isso nos dá uma agonia, assim como, nos angustia de tal forma que vamos criando a expectativa de darmos de cara com Walter White em alguma esquina ou em algum bar usando um chapéu e de barba.

Bob Odenkirk junto de alguns colegas de elenco deram uma entrevista na Comic Con de 2016 em San Diego e comentaram sobre algumas novidades acerca de alguns personagens e dessa expectativa dos fãs da série em rever alguns deles de novo. A série está caminhando para um lugar interessante e está fazendo jus ao seu enredo, como também, ao potencial que seu elenco pode demonstrar. O enredo está bem redondo, alá Breaking Bad, e está difícil de se decepcionar com ela.

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon