Mais 5 Dicas de Filmes sobre Futebol

Mais 5 dicas de filmes sobre futebol

por Rodrigo Stucchi

Você já viu as 5 primeiras dicas de filmes sobre futebol que demos na semana passada? Agora que a fase oitavas de final da Copa do Mundo terminou, trazemos mais 5 especialmente para você, leitor assíduo do Cinem(ação):

gol11- Gol! O Sonho Possível (Goal! The Dreams Begins, 2005, EUA e Reino Unido)
A trilogia “Gol!” vale a pena ser assistida. O primeiro filme, dirigido por Danny Cannon, conta a história fictícia de Santiago Munez, um mexicano que vivia em Los Angeles ilegalmente com sua família. Notado por Glen Foy, ex-jogador inglês e ex-olheiro do Newcastle United, recebe uma oportunidade de teste, se for ao clube inglês. Mesmo sem apoio do pai, Santiago recebe de sua avó Mercedes o dinheiro para a passagem. Mesmo sem conseguir agradar logo de cara, consegue entrar e permanecer no clube, graças ao apoio de Glen e de Gavin Harris, companheiro e astro do time. Sua missão neste primeiro filme? Ajudar o Newcastle a se classificar para a Liga dos Campeões. Enfim, trata-se de uma bela história de superação e persistência, como tantos que tentam ser um grande jogador e enfrentam inúmeras dificuldades para jogar por um gigante time europeu.

gol22- Gol II: Vivendo o Sonho (Goal II: Living the Dream, 2007, Reino Unido e Espanha)
A continuação, pelo menos para mim, é melhor e mais fantástica que a primeira película. Isso porque os produtores tiveram a excelente ideia de criar sua história junto a imagens reais! De qual clube? Nada mais, nada menos, que o galático Real Madrid! Isso significa que muitos jogadores, ex-jogadores e dirigentes aparecem no filme, interpretando eles próprios! Somente pelo Real Madrid, podemos ver 5 brasileiros: Ronaldo, Roberto Carlos, Robinho, Cicinho e Júlio Baptista. Entre os estrangeiros conhecidos que atuavam pelo clube merengue na época (2006) temos a oportunidade de ver Zidane, Beckham, Casillas, Guti, Helguera, Sergio Ramos, Michel Salgado, Reyes, Raúl, Gravesen, dentre outros. Dirigido por Jaume Collet-Serra, o filme mostra a transferência de Santiago Munez do Newcastle para o Real Madrid. Seu amigo e companheiro no clube inglês, Gavin Harris, já havia se transferido para o mesmo time espanhol. A narrativa é sensível e foca em todos os problemas emocionais que vemos nas histórias de vários jogadores que saíram da pobreza para milionários da noite para o dia. Com todos esses ingredientes, dá pra perder?

gol33- Gol III: O Jogo Final (Goal! III: Taking on the World, 2009, Reino Unido)
Ao contrário das anteriores, a trama do terceiro filme da trilogia “Gol!”, dirigido e produzido agora por Mike Jefferies, não gira em torno do mexicano Santiago, mas, sim, em dois companheiros dele de Real Madrid e que são convocados para seleção da Inglaterra: Adams e Charlie. Não sei se por conta disso – Santiago fica em segundo, ou melhor, terceiro plano – ou por causa da produção, digamos, mais modesta, essa terceira parte está bem aquém das duas primeiras. A prova disso é que seu lançamento foi feito direto em DVD no Reino Unido, sem passar pelas telas de cinema. O ponto forte, porém, são as presenças de David Beckham, Wayne Rooney, Steven Gerrard e Cristiano Ronaldo. Vale a pena conferir! Afinal, apesar dos (muitos) pesares deste último filme, a trilogia “Gol!” foi a que mais conseguiu se aproximar dos filmes americanos sobre outros esportes, como basquete, futebol americano, beisebol, entre outros.

boleiros14- Boleiros – Era Uma Vez o Futebol… (Brasil, 1998)
Com direção de Ugo Giorgetti, este filme nacional faz um retrato dos ”Boleiros”, os chamados veteranos deste esporte. Em um bar de São Paulo, como acontece em quase todas as tardes, estão reunidos um grupo de ex-jogadores de futebol que se encontram para relembrar antigas glórias e histórias curiosas do tempo em que ainda eram jogadores profissionais. A película ganhou dois prêmios: Melhor Diretor no Festival International du Film D’Amiens-France e Melhor Roteiro na Associação Paulista de Críticos de Arte.

boleiros25- Boleiros 2 – Vencedores e Vencidos (Brasil, 2006)
Quem gostou do primeiro é claro que não pode perder o segundo, uma legítima continuação de sucesso de mesmo diretor. No enredo, o bar do Aurélio (Sílvio Luiz), reduto de boleiros famosos, está prestes a ser reinaugurado e acaba de ganhar um novo sócio, o herói do penta Marquinhos (José Trassi). O futebol novamente é o tema central das conversas, que são resumidas em três histórias: a do falso argentino Rafael Benitez (Petrônio Gontijo); do misterioso Nestor (Walter Portella), que retornou recentemente do México e quer convencer a todos que foi um grande jogador; e do assistente-técnico Barbosa (Duda Mamberti), que tinha várias idéias na cabeça mas jamais conseguiu colocá-las em prática numa partida de futebol.

Gostou? Comente este post e envie sua sugestão de filme sobre futebol! Sua contribuição é sempre muito bem vinda!

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon