CineBH 2020 - Mostra Terá Oficina de Roteiros Gratuita - Cinem(ação)
CineBH

CineBH 2020 – Mostra Terá Oficina de Roteiros Gratuita

14º CineBH lança Oficina de Roteiros Gratuita, inscrições já estão abertas.

Você gostaria de aprender a escrever roteiros? Chegou a sua chance! O CineBH 2020 anunciou sua primeira oficina: uma oficina e labs de roteiro.

CineBH

Fazendo parte do Programa de Formação Audiovisual, esse programa tem por objetivo “fornecer ferramentas conceituais e práticas de qualificação profissional e troca de experiências entre os diferentes agentes do setor”, conforme é informado no site oficial da mostra. Esse ano haverá uma oficina e três laboratórios de roteiro. Estão disponíveis apenas 105 vagas, e os interessados poderão escolher entre os seguintes temas: Oficina Análise de Estilos Cinematográficos, Laboratório de Roteiro de Ficção e Documentário, Laboratório de Roteiro para Animação e Laboratório de Roteiro de Séries de Ficção.

A Oficina Análise de Estilos Cinematográficos será voltada para participantes de 18 a 25 anos, e tem por objetivo é desenvolver análise crítica e estética de filmes brasileiros contemporâneos e selecionar cinco jovens universitários para integrar o Júri Jovem da 24ª Mostra de Cinema de Tiradentes (janeiro/2021), que elegerá o melhor longa-metragem da Mostra Olhos Livres. O Laboratório de Roteiro de Ficção e Documentário terá atividades que englobam temas que descrevem a confecção de um roteiro cinematográfico e a distinção entre os roteiros de documentário e de ficção. Já Laboratório de Roteiro para Animação, os participantes verão como a imagem interfere e, muitas vezes, conduz a confecção do roteiro no processo específico dessa linguagem cinematográfica. E finalmente Laboratório de Roteiro de Séries de Ficção, vai investigar os elementos de séries originais de ficção partindo da ideia inicial até o projeto básico para pitching e venda.

Sobre esse programa Raquel Hallak, coordenadora geral da 14ª CineBH disse:

A formação é um pilar fundamental para o fomento da indústria audiovisual em Minas Gerais e no Brasil, por isto, a cada edição do evento renovamos o compromisso de oferecer a oportunidade para profissionais do setor e interessados em geral participarem de atividades formativas que possam contribuir para sua atuação, conhecimento e troca de experiências.

Os Professores

A oficina Análise de Estilos Cinematográficos, será ministrada pelo professor, crítico e programador Victor Guimarães. Victor é doutorando em Comunicação Social, com ênfase em Cinema, na Universidade Federal de Minas Gerais. Crítico de cinema na revista Cinética desde 2012. Foi professor do curso de Cinema e Audiovisual do Centro Universitário UNA, integrou as comissões de seleção do forumdoc.bh (2012 a 2015), foi um dos coordenadores de programação do FestCurtasBH (2014) e programador de mostras como Políticas do Cinema Moderno, Sabotadores da Indústria (Cineclube Comum/SESC Palladium) e Argentina Rebelde (Caixa Cultural RJ). Tem ensaios publicados em revistas como Lumière (Espanha), Senses of Cinema (Austrália), Desistfilm (Peru) e La Furia Umana (Itália). É autor de O hip hop e a intermitência política do documentário (PPGCOM/UFMG, 2015), organizador de Doméstica (Desvia, 2015) e co-organizador de Limiar e partilha: uma experiência com filmes brasileiros (PPGCOM/UFMG, 2015). Integrante do Grupo de Pesquisa Poéticas da Experiência.

Já o Laboratório de Roteiro de Ficção e Documentário será ministrado pelo roteirista Di Moretti. Roteirista nascido em São Paulo em 1961, é formado em Rádio & TV pela FAAP e em Jornalismo pela PUC-SP. Fez sua estreia em roteiros de longa-metragem no documentário O velho, a história de Luiz Carlos Prestes (1997), dirigido por Toni Venturi, cineasta com quem voltaria a trabalhar em diversos filmes, como Latitude zero e Cabra cega – ambos vencedores da categoria melhor roteiro do Festival de Brasília. Em 2009 dirigiu seu primeiro longa, em parceria com Julio Xavier, o documentário 23 anos em 7 segundos – O fim do jejum corinthiano. É professor de cursos de roteiro cinematográfico e consultor de laboratórios como o do Sundance Institute e o do SESC Rio de Janeiro. Além disso, fundou a associação Autores de Cinema (AC), que luta por melhor reconhecimento e proteção da atividade de roteirista no Brasil, assim como sua profissionalização no país. O seu segundo longa como diretor, A última estação (2012), foi dirigido em parceria com o cineasta Marcio Curi.

O Laboratório de Roteiro para Animação será ministrado pela animadora Rosana Urbes. Rosana é diretora, roteirista, storyboarder e animadora. A relevância de Rosana Urbes para o mercado de animação no Brasil é reconhecida de forma unânime pelos profissionais da área. Com mais de 20 anos de carreira, seis deles foram na equipe de animação de diversos longas dos Estúdios Disney, como Mulan, Tarzan, A Nova Onda do Imperador e Lilo & Stitch. Além disso, somam-se participações em numerosos projetos de curta de animação para o Estúdio. Coordenou também oficinas livres de modelo vivo para os profissionais dos Estúdios Disney de Animação, além de ser  uma entusiasta da técnica de animação 2D tradicional. Guida, seu primeiro filme autoral, conta com mais de 70 prêmios em Festivais ao redor do mundo, entre eles o Festival Internacional de Cinema de Animação de Annecy (França). Rosana, ao longo de sua tragetória profissional, ministrou oficinas e cursos de animação e ilustração com sua produtora R & R Animation em diversos festivais, universidades, centros culturais pelo Brasil e exterior. Atualmente, a artista desenvolve projetos autorais e inicia um novo curta-metragem de animação lírica e autoral chamado Safo, contemplado pelo edital Bndes de Apoio ao Curta Metragem, trabalho que nasceu inspirado no livro de sua autoria feito para a coleção de literatura AMAR, Coletânea de Livros Infantis.

O Laboratório de Roteiro de Séries de Ficção será ministrado pelo roteirista, diretor e editor Aurélio Aragão. Roteirista de televisão e cinema e professor do laboratório de roteiro da ECO – UFRJ desde de 2008. Para a televisão roteirizou séries como Por Isso Sou Vingativa da Multishow, Os Homens São de Marte… da Gnt, Me Chama de Bruna da FOX Premium. Para cinema foi roteirista dos longas A Divisão de Vicente Amorim, Triz  de André Carvalheira e O Cerco, do qual também é diretor. Também roteirizou e dirigiu vários  curtas premiados, entre eles Cá e Lá, que ganhou o prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Brasília, Quando um burro fala…, que ganhou o Prêmio Júri Popular no FBCU e Melhor Roteiro no Festival de Brasília, e Só Mais um Filme de Amor, que ganhou o prêmio de Melhor Ator no Festival de Brasília e Melhor Filme no Festival do Juri Popular -CE.

Masterclass – Corpo em Transe Linguagens em Transe
Welket Bungué convidado do CineBH

No dia 01/11, no domingo às 15hs, haverá uma Masterclass Internacional. O convidado será o ator Welket Bungué. O ator é natural da Guiné Bissau, mas mora a anos em Berlim. Com uma longa carreira como ator de TV, Cinema e Teatro, o ator esteve nos brasileiro Corpo Elétrico, de Marcelo Caetano, e Joaquim, de Marcelo Gomes. O ator também está no elenco de Berlin Alexanderplatz, dirigido por Burhan Qurbani, que é uma refilmagem do filme de 1931, baseado no livro de mesmo nome, escrito por Alfred Döblin. O filme esteve na mostra competitiva desse ano no Festival de Berlim.

O ator, nos últimos anos, tem se aventurado como produtor e diretor de diversos curtas. Seus curtas refletem sobre a diáspora africana e as cidades multiculturais, trazendo uma reflexão fundamental para a proposta da CineBH desse ano.

O mediador da Masterclass será Pedro Butcher. Pedro é jornalista, professor e pesquisador especializado em cinema, com experiência em comunicação e foco em linguagem cinematográfica, história do cinema e mercado cinematográfico (produção, distribuição e exibição). Ele é autor do livro Cinema brasileiro hoje, onde Pedro explica o cinema da da retomada.

Para mais informações e inscrições tanto na oficina, nos laboratórios, bem como na Masterclass, acesse os links: Masterclass ou Laboratórios e Oficina.

Universo Produção está por trás do CineBH e do Brasil CineMundi. Em mais de 25 anos de história a Universo Produções, tem valorizado a diversidade da cultura brasileira e estabelecemos novas maneiras de trabalhar, comunicar, relacionar, difundir a arte e valorizar o exercício da cidadania.

Para Saber mais acesse os links abaixo:

Na Web: CineBH / Brasil Cine Mundi / Universo Produções

No Instagram: @universoproducao

No Youtube: Universo Produção

No Twitter: @universoprod

No Facebook: brasilcinemundi / cinebh / universoproducao

No LinkedIn: universo-produção

Releases da Mostra: 14º CineBH Online

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon