Filme “Por que você não chora?” abre o 48º Festival de Gramado

Filme “Por que você não chora?” abre o 48º Festival de Gramado

Na noite desta sexta-feira (18), começaram as exibições dos filmes da Mostra Competitiva de Curtas e Longas brasileiros e Ibero-americanos do 48º Festival de Cinema de Gramado, um dos mais tradicionais do país. Contudo, esse ano, com a pandemia do covid-19 o festival teve que se reinventar.

48º Festival de Cinema de Gramado 2020 – Rafael Carniel – presidente da Gramadotur e a apresentadora Marla Martins. Foto: Edison Vara / Agência Pressphoto

De uma maneira bem diferente do habitual, o festival está sendo feito por meio do Canal Brasil e de seu streaming. Essa é a primeira vez que o festival é realizado sem público. O primeiro longa brasileiro exibido foi Por que você não chora?, dirigido por Cibele Amaral.

Uma das vantagens da atual edição é a acessibilidade aos filmes, já que todos os filmes vão ser exibidos pelo Canal Brasil entre os dias 18 e 26 de setembro, a partir das 20h. A programação se inicia com dois curtas, seguidos de um longa brasileiro e um estrangeiro. No dia seguinte, a partir das 10h no Youtube, Facebook e site do Festival de Cinema de Gramado acontecem debates e entrevistas com as equipes dos filmes exibidos na noite anterior.

E para tornar o evento mais interativo o público pode votar pelo aplicativo do festival nos filmes exibidos. Por meio dos votos do público será escolhido o Melhor Filme pelo Júri Popular de Curtas e Longas brasileiros e estrangeiros.

Filme de Abertura: Por que você não chora?

O longa de abertura do festival trouxe um assunto extremamente importante e delicado: suicídio. Por que Você não Chora?, estrelado por Bárbara Paz e Carolina Monte Rosa, apresenta a história de Jéssica (Carolina), uma estudante de psicologia que assume o desafio de atender Bárbara, uma mulher diagnosticada com Transtorno de Personalidade Bordeline, caracterizado por um padrão de instabilidade nos relacionamentos, além das mudanças extremas de humor e impulsividade. Assim como, crises depressivas e tentativas de suicídio.

Porém, os traumas e transtornos psicológicos não estão presentes somente Bárbara. Desde o início do filme o espectador acompanha a rotina de Jéssica, uma jovem um tanto silenciosa, introspectiva, quase perdida em seus pesadelos e traumas. Sempre muito quieta, sua vida começa a ganhar outras cores e reflexões durante sua difícil relação com Bárbara, uma pessoa extremamente explosiva, inconstante e enérgica. É sendo confrontada por Bárbara que Jéssica começa a refletir sobre sua vida e o que realmente a motiva viver.  

As cores falam

E quando digo cores, estou me referindo a grande sacada da direção de arte e fotografia do filme, que utiliza muito bem as cores para representar o constante estado de melancolia, tristeza e angústia de Jéssica. Começando por sua casa. Um ambiente pequeno, mal iluminado e com goteiras. Tudo na cara tem tons azul ou verde bem opacos, quase cinzas. Nas cenas em que ela está em sua cama, frequentemente está chovendo e nunca há luz excessiva.

Nos ambientes externos as cores azul e verde estão muito presentes, em roupas, prédios, placas, portas, janelas e no céu acinzentado com tons de verde. Tais momentos só são rompidos quando Jéssica está junto de Bárbara, trazendo cores quentes como vermelho e laranja.

Para além do brilhante trabalho com as cores, a direção e o roteiro de Cibele Amaral é bem segura, sabendo utilizar bem dos artifícios do cinema para falar sobre depressão e suicídio. E claro, Bárbara Paz consegue roubar a cena interpretando uma mulher extremamente bipolar e desiquilibrada. Em suma, Por que Você não Chora? um belo trabalho realizado em sua grande maioria por mulheres, seja atrás das câmeras ou em tela, já que, o elenco ainda conta com atrizes como Cristiana Oliveira, Elisa Lucinda e Maria Paula Fidalgo.

  • Por que Você não Chora?
4

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon