Filmes Para Assistir na Quarentena - Versão II - Para Toda Família
quarentena

FILMES PARA ASSISTIR NA QUARENTENA – VERSÃO II – PARA TODA FAMÍLIA

Para enfrentar a quarentena do Coronavírus nada melhor que uma maratona! Relaxa agora é para toda família!

Quarentena! Estamos enfrentando uma Pandemia, ou seja, o coronavírus está sendo transmitido ao mesmo tempo em vários locais do mundo. A melhor arma para poder evitar o contagio é a prevenção. Lavar bem as mãos, usar álcool em gel, evitar contatos como beijos, abraços ou apertos de mão, colocar o braço na frente do rosto ao tossir ou espirrar, e evitar aglomerações, ou seja, ficar em quarentena. E para nós cinéfilos essa é a pior parte!

Os cinemas estão fechados! Então não podemos ir ao nosso local sagrado! Isso é triste, mas graças a Deus temos a nossa disposição algo chamado Streaming. A Netflix, Prime Video, HBO GO, Telecine Play, Now, Play Filmes, e tantos outros, são a nossa salvação nessa época. Principalmente agora que alguns canais de streaming estão liberando acesso gratuito devido ao surto de Coronavírus e da quarentena que estamos vivendo.

Então já que vamos ter que ficar em casa de quarentena, que tal fazermos uma maratona de filmes para passar o tempo? Pensando nisso elaborei aqui uma lista de filmes para poder assistir durante a quarentena. A maioria tem nos canais de streaming, os que não tiverem…

Elaborei 2 listas, essa é a Versão II. A primeira versão foi apenas para os fortes, com filmes sobre vírus, epidemias e pandemias. Agora, nessa segunda versão, teremos filmes leves, divertidos e até dramas, mas para toda a família.

Bora lá então? Sente-se confortavelmente com toda sua família e aproveite a quarentena para poder viajar pelo mundo do cinema!

Orgulho e Preconceito (2005)

O primeiro filme da lista é uma das mais celebradas versões do clássico de Jane Austen. Orgulho e Preconceito, dirigido por Joe Wright, foi o filme que transformou Keira Knightley em estrela. Além da atriz o filme ainda conta com Rosamund Pike, Donald Sutherland, Jena Malone, Carey Mulligan e Judi Dench. Na história, que já foi adaptada diversas vezes para o cinema e TV, vemos a história das cinco irmãs Bennet, Elizabeth (Keira Knightley), Jane (Rosamund Pike), Lydia (Jena Malone), Mary (Talulah Riley) e Kitty (Carey Mulligan). Sua mãe (Brenda Blethyn) tinha fixação em lhes encontrar maridos que garantissem seu futuro. Porém Elizabeth deseja ter uma vida mais ampla do que apenas se dedicar ao marido, sendo apoiada pelo pai (Donald Sutherland). Quando o sr. Bingley (Simon Woods), um solteiro rico, passa a morar em uma mansão vizinha, as irmãs logo ficam agitadas. Jane logo parece que conquistará o coração do novo vizinho, enquanto que Elizabeth conhece o bonito e esnobe sr. Darcy (Matthew Macfadyen). Os encontros entre Elizabeth e Darcy passam a ser cada vez mais constantes, apesar deles sempre discutirem. O filme foi indicado a 4 Oscars incluindo Melhor Atriz para Keira. Amado por muitos, o filme é uma das melhores adaptações da obra de Jane Austen e uma ótima opção para assistir em quarentena com a família!

Onde assistir: Youtube, Play Filmes e Looke.

Questão de Tempo (2013)

Mais um romance leve, fofinho e divertido para toda família. Questão de Tempo, dirigido por Richard Curtis, é estrelado por Rachel McAdms e Domhnall Gleeson, e é uma divertida história de amor com viagem no tempo. No filme ao completar 21 anos, Tim (Domhnall Gleeson) é surpreendido com a notícia dada por seu pai (Bill Nighy) de que pertence a uma linhagem de viajantes no tempo. Ou seja, todos os homens da família conseguem viajar para o passado, bastando apenas ir para um local escuro e pensar na época e no local para onde deseja ir. Cético a princípio, Tim logo se empolga com o dom ao ver que seu pai não está mentindo. Sua primeira decisão é usar esta capacidade para conseguir uma namorada, mas logo ele percebe que viajar no tempo e alterar o que já aconteceu pode provocar consequências inesperadas. O filme é divertido, tocante e romântico. Tem furos? Sim, muitos! Mas é o filme que te faz terminar com um sorriso no rosto. Ou seja, uma ótima pedida para assistir em épocas de quarentena.

Onde assistir: Youtube, Play Filmes, Telecine Play, Looke e Globoplay.

Como se Fosse a Primeira Vez (2004)

O próximo filme da lista é mais um filme leve, divertido e romântico pra toda família. Como se Fosse a Primeira Vez, dirigido por Peter Segal, o filme é a segunda parceria de Drew Barrymore e Adam Sandler no cinema. No filme Henry Roth (Adam Sandler) é um veterinário paquerador, que vive no Havaí e é famoso pelo grande número de turistas que conquista. Seu novo alvo é Lucy Whitmore (Drew Barrymore), que mora no local e por quem Henry se apaixona perdidamente. Porém há um problema: Lucy sofre de falta de memória de curto prazo, o que faz com que ela rapidamente se esqueça de fatos que acabaram de acontecer. Com isso Henry é obrigado a conquistá-la, dia após dia, para ficar ao seu lado. O filme teve um sucesso razoável arrecadando mais de US$ 196 milhões pelo mundo tendo custado US$ 75 milhões, e recebeu críticas mistas, mas se tornou um dos queridinhos do home video, e também do streaming.

Onde assistir: Youtube, Play Filmes, Netflix, Telecine Play, Looke, Globoplay Now e iTunes.

Rota de Fuga (2013)

Mudando um pouquinho de gênero, do romance para a ação. Rota de Fuga, dirigido por Mikael Hafstrom, é o sonho realizado de todos nós que fomos crianças ou adolescentes na década de 80 e meados da de 90, a reunião de Silvester Stallone e Arnold Schwarzenegger. Embora, essa seja a terceira vez que os dois atuam juntos, é a primeira vez que eles atuam como os astros principais de uma produção. O filme, é um história de ação com cara e jeitão de anos 80, e é aí que mora toda a graça da produção. Na história Stallone é Ray Breslin, a maior autoridade existente ao se falar em segurança. Após analisar diversas prisões de segurança máxima, ele desenvolve um modelo à prova de fugas. Quando é preso, Ray é enviado justamente para a prisão que criou. Lá ele precisa encontrar uma brecha não imaginada até então, que permita sua fuga. O filme custou apenas US$ 40 milhões e arrecadou mais de US$ 137 milhões. Um filme divertido e despretensioso que vale e muito a pipoca.

Onde assistir: Youtube, Play Filmes, Telecine Play e Looke.

Mad Max – Estrada da Fúria (2015)

Mais uma ação na área. E na minha opinião o melhor filme de ação da história! Mad Max – Estrada da Fúria, trás de novo George Miller a franquia que o consagrou. Com Tom Hardy como Max e Charlize Theron como a amada Imperatriz Furiosa, Mad Max é uma excelente opção para a quarentena. O filme começa com Max sendo capturado por Immortan Joe e sendo inserido no meio de uma guerra mortal, iniciada pela Imperatriz Furiosa na tentativa se salvar um grupo de garotas. Também tentando fugir, Max aceita ajudar Furiosa em sua luta contra Joe e se vê dividido entre mais uma vez seguir sozinho seu caminho ou ficar com o grupo. O filme foi um sucesso de público e crítica, sendo indicado a 10 Oscars e ganhando 6 estatuetas.

Onde assistir: Looke, Google Filmes e Youtube.

Feitiço do Tempo (1993)

Vamos voltar a comédia. Não apenas uma comédia, mas uma das melhores comédias de todos os tempos, Feitiço do Tempo, dirigido por Harold Hamis. No filme vemos a históra de um repórter (Bill Murray, em sua melhor forma) de televisão que faz previsões de metereologia vai a uma pequena cidade fazer uma matéria especial sobre o celebrado “Dia da marmota”. Pretendendo ir embora o mais rapidamente possível, ele inexplicavelmente fica preso no tempo, condenado a vivenciar para sempre os eventos daquele dia. O filme ainda tem no elenco Andie McDowell no auge de sua beleza. A produção arrecadou mais de US$ 70 milhões, pouco é verdade, mas não para um filme que custou apenas US$ 14,6 milhões. A produção se tornou um clássico cult e hoje é amado por todos. Além de ser mais um daqueles filmes que você termina com um sorriso no rosto!

Onde assistir: Youtube e Play Filmes.

Tropas Estelares (1997)

Vamos voltar a ação e com mais um filme cult e amado por muitos, Tropas Estelares dirigido pelo mestre da ação e ficção Paul Verhoeven. O filme se passa em um futuro onde um jovem (Casper Van Dien), após graduar-se, quer se alistar nas forças armadas para tornar-se um “cidadão” e deixar de ser um mero civil. Também faz isto por causa da namorada (Denise Richards), por quem é apaixonado. Um amigo (Jake Busey) em comum do casal se alista e é designado para servir na parte de planejamento estratégico. Ela é encaminhada para pilotar naves de combate, mas ele vai servir na infantaria, que é um posto menos prestigiado. Porém, ele demostra tal afinco nos treinamentos que se torna líder de um pelotão, mas por causa de um erro seu um colega morre em uma simulação de batalha. Quando ele pede dispensa, pois sua namorada está envolvida com seu instrutor, descobre que sua cidade natal, Buenos Aires, não existe mais em virtude de um ataque de insetos alienígenas do planeta Klendathu. Assim, ele volta atrás na sua decisão e vai fazer parte da grande ofensiva terrestre contra estes insetos (que são gigantescos e às vezes medem 30 metros) no planeta deles. Mas o alto comando terrestre subestima demais a capacidade de reação dos inimigos e em poucas horas morrem mais de 300 mil terrestres na ofensiva. Fica claro então que esta guerra vai decretar o fim de uma espécie e está claro que um inseto inteligente comanda as ações, que pretendem exterminar com a raça humana. Com um elenco desconhecido na época e ainda hoje, com exceção de Neil Patrick Harris, o filme foi massacrado pela crítica e foi um fracasso nas bilheterias, mesmo tendo sido indicado ao Oscar de Melhor Efeitos Visuais. Já hoje o filme se tornou cult e é amado por muitos! Uma curiosidade o filme ganhou 2 sequências, fuja delas! Em especial da segunda que é um dos piores filmes que já assisti.

Onde assistir: Youtube e Play Filmes.

No Limite do Amanhã (2014)

Imagine juntar Feitiço do Tempo e Tropas Estelares em um único filme? Foi isso que o diretor Doug Liman fez em No Limite do Amanhã, estrelado por Tom Cruise e Emilly Blunt. No filme a Terra é tomada por alienígenas. Bill Cage (Tom Cruise), relações públicas das Forças Armadas dos Estados Unidos, é obrigado a ir para a linha de frente no dia do confronto final. Inexplicavelmente ele acaba preso no tempo, condenado a reviver esta data repetidamente. A cada morte e renascimento, Cage avança e, antecipando os acontecimentos, tem a chance de mudar o curso da batalha com o apoio da guerreira Rita Vrataski (Emily Blunt). O filme não foi o sucesso esperado nas bilheterias, mas garantiu uma possível sequencia, mas até agora nada foi confirmado. Então vamos aguardar!

Onde assistir: Looke, Youtube e Play Filmes.

Trilogia Musical de John Carney

John Carney apareceu para o mundo cinematográfico em 1996, mas apenas 11 anos depois que ele estourou com o belíssimo Apenas Uma Vez, que ganhou o Oscar de Melhor Canção com a música Falling Slowly. Seis anos depois o diretor voltou ao mundo musical com Mesmo se Nada Der Certo com um elenco mais Hollywoodiano. Três anos depois Carney voltou as origens com Sing Street. Os três filmes formam uma trilogia não oficial, sempre com um “casal meio que impossível”, músicos em busca de sua identidade e muita música de qualidade. Os três filmes se completam e se conectam, com histórias românticas e melancólicas onde o sonho de se viver de música é o que guia seus protagonistas. Se você ver bem os filmes se completam: em Sing Street vemos o sonho de criança de se tornar famoso, em Apenas Uma Vez vemos que nem sempre esses sonhos se realizam e em Mesmo Se Nada Der Certo vemos que o sucesso não é tudo se abandonarmos nossas raízes. Vale muito a pena assistir aos três em sequência, ou de lançamento ou na que citei, que é a que considero mais interessante.

  • Apenas uma vez (2007)

Dublin, Irlanda. Um músico de rua (Glen Hansard) sente-se inseguro para apresentar suas próprias canções. Um dia ele encontra uma jovem mãe (Markéta Inglová), que tenta ainda se encontrar na cidade. Logo eles se aproximam e, ao reconhecer o talento um do outro, começam a ajudar-se mutuamente para que seus sonhos se tornem realidade.

Infelizmente o filme não se encontra em nenhuma plataforma oficial de streaming brasileira, mas o Prime Video tem o filme disponível para aluguel em inglês com legendas em inglês.

  • Mesmo se Nada Der Certo (2013)

Uma cantora (Keira Knightley) se muda para Nova Iorque, mas logo após chegar no local, seu namorado americano decide terminar o relacionamento. Em plena crise, ela começa a cantar em bares, até ser descoberta por um produtor de discos (Mark Ruffalo), certo de que ela pode se tornar uma estrela.

Onde Assistir: Looke, Youtube, Play Filmes e Globoplay.

  • Sing Street – Música e Sonho (2016)

Dublin, Irlanda, 1985. Conor (Ferdia Walsh-Peelo) é um jovem obrigado a mudar de colégio, devido à difícil condição financeira de seus pais, que ainda por cima brigam sem parar. Logo ele tem problemas com um valentão local, que passa a persegui-lo, e também com o padre que coordena a escola, devido à sua disciplina rigorosa. Desiludido, Conor tem um sopro de esperança ao conhecer Raphina (Lucy Boynton), uma garota que está sempre à espera na porta da escola. Disposto a conquistá-la, ele diz que está montando uma banda de rock e a convida para estrelar um videoclipe. Com o convite aceito, agora ele precisa fazer com que a banda exista de verdade.

Onde assistir: Netflix, Youtube e Play Filmes.

A Forma da Água (2017)

Que tal agora mergulhar numa história de amor fantástica. A Forma da Água, ganhador do Oscar de Melhor Filme e dirigido pelo mestre Guilhermo Del Toro, também está na nossa lista. Passado na década de 60, em meio aos grandes conflitos políticos e transformações sociais dos Estados Unidos da Guerra Fria, o filme conta a história da muda Elisa (Sally Hawkins), zeladora em um laboratório experimental secreto do governo, se afeiçoa a uma criatura fantástica mantida presa e maltratada no local. Para executar um arriscado e apaixonado resgate ela recorre ao melhor amigo Giles (Richard Jenkins) e à colega de turno Zelda (Octavia Spencer). O filme é uma viagem ao mundo fantástico com doses de romance, comédia e crítica social.

Onde assistir: Youtube e Play Filmes.

La, La, Land (2016)

Musicais não são uma unanimidade. Na verdade, embora seja o meu gênero favorito, musical é o gênero mais odiado do cinema. Mas La, La, Land é uma exceção. O filme que deu o Oscar para Ema Stone e Damien Chazelle é um dos filmes mais amados dos anos 2020. O filme se passa em Los Angeles e conta a história do pianista de jazz Sebastian (Ryan Gosling) que conhece a atriz iniciante Mia (Emma Stone). Os dois se apaixonam perdidamente e quase que imediatamente. Em busca de oportunidades para suas carreiras na competitiva cidade, os jovens tentam fazer o relacionamento amoroso dar certo enquanto perseguem fama e sucesso. O filme embora tenha protagonizado a maior gafe da história do Oscar, é sempre lembrado por ser uma declaração de amor ao cinema. Indispensável para qualquer cinéfilo.

Onde assistir: Telecine Play, Youtube, Play Filmes, Netflix e Globoplay.

Se você não gosta de musical, tudo bem, mas então aproveite essa quarentena para assistir pelo menos essa cena.

Minha Mãe é uma Sereia (1990)

Um clássico da Sessão da Tarde na lista! Dirigido por Richard Benjamin, com Cher, Winona Ryder, Cristina Ricci e Bob Roskins no elenco Minha Mãe é uma Sereia é mais uma excelente opção para assistir com toda a família. O filme se passa nos anos 60 onde, Rachel Flax é uma espirituosa mãe solteira (Cher), que cuida cuida com carinho de suas duas filhas, Kate (Christina Ricci) e a adolescente Charlotte (Winona Ryder). Mas seu jeito de ser, sexy e descompromissado, cria confusões na cabeça da filha mais velha, que alimenta sonhos de se tornar uma freira. O filme que completa 30 anos esse ano é uma ótima pedida para ver Winona e Cristina em início de carreira, apreciar o talento de Cher e matar saudade do saudoso Bob Roskins.

Onde assistir: Telecine Play.

Em Busca da Terra do Nunca (2004)

Vou confessar uma coisa pra vocês, esse foi o primeiro filme que me fez chorar copiosamente, e não foi uma vez apenas! Em Busca da Terra do Nunca, dirigido por Marc Foster, o filme é um recorte ficcional da vida de J.M. Barrie (Johnny Depp) um bem-sucedido autor de peças teatrais, que apesar da fama que possui está enfrentando problemas com seu trabalho mais recente, que não foi bem recebido pelo público. Em busca de inspiração para uma nova peça, Barrie a encontra ao fazer sua caminhada diária pelos jardins Kensington, em Londres. É lá que ele conhece a família Davies, formada por Sylvia (Kate Winslet), que enviuvou recentemente, e seus quatro filhos. Barrie logo se torna amigo da família, ensinando às crianças alguns truques e criando histórias fantásticas para eles, envolvendo castelos, reis, piratas, vaqueiros e naufrágios. Inspirado por esta convivência, Barrie cria seu trabalho de maior sucesso: Peter Pan. O filme foi um grande sucesso de crítica e público, sendo indicado inclusive a 7 Oscars, incluindo Melhor Filme e Melhor Ator para Johnny Depp, tendo ganho na categoria Melhor Trilha sonora Original.

Onde assistir: Youtube e Play Filmes.

Moulin Rouge – Amor em Vermelho (2001)

Toda vez que se falam de filmes que fizeram renascer o gênero musical, falam de Chicago. Sim é um ótimo filme, a cena do Tango do Presídio é uma perfeição, mas a verdade é que quem abriu a porta para o Oscar de Melhor Filme foi Moulin Rouge – Amor em Vermelho. Dirigido por Baz Luhrmann, o filme conta a história de Christian (Ewan McGregor) é um jovem escritor que possui um dom para a poesia e que enfrenta seu pai para poder se mudar para o bairro boêmio de Montmartre, em Paris. Lá ele recebe o apoio de Henri de Toulouse-Latrec (John Leguizamo), que o ajuda a participar da vida social e cultural do local, que gira em torno do Moulin Rouge, uma boate que possui um mundo próprio de sexo, drogas, adrenalina e Can-Can. Ao visitar o local, Christian logo se apaixona por Satine (Nicole Kidman), a mais bela cortesã de Paris e estrela maior do Moulin Rouge. O filme foi um grande sucesso de público e crítica, principalmente por misturar Whitney Houston, Madona, The Beatles, Nirvana, Sting, Patti Labelle, The Police, Phil Collins, Kiss, Elton Jonn e outros e um musical passado em 1899.

Onde assistir: Telecine Play, Youtube e Play Filmes.

Corra! (2017)

Mais um grande filme na lista. Corra! o filme que revelou Jordan Peele ao mundo é mais um na lista para se ver na quarentena. Indicado a quatro Oscars e levando a estatueta de Melhor Roteiro Original, o filme conta a história de Chris (Daniel Kaluuya) um jovem negro que está prestes a conhecer a família de sua namorada caucasiana Rose (Allison Williams). A princípio, ele acredita que o comportamento excessivamente amoroso por parte da família dela é uma tentativa de lidar com o relacionamento de Rose com um rapaz negro, mas, com o tempo, Chris percebe que a família esconde algo muito mais perturbador. Um sucesso surpreendente que vale muito ser visto e revisto.

Onde assistir: Youtube, Google Play e Netflix.

As Vantagens de Ser Invisível (2012)

Fiquei pensando se colocava esse filme ou não, porque ele me deixa deprê, mas a verdade é que ele é uma ótima opção para assistir na quarentena com toda família! As Vantagens de Ser Invisível, dirigido por Stephen Chbosky, é estrelado por Emma Watson e Ezra Miller e é daqueles dramas que toda família deve assistir. Baseado no livro do próprio diretor, o filme conta a história de Charlie (Logan Lerman) um jovem que tem dificuldades para interagir em sua nova escola. Com os nervos à flor da pele, ele se sente deslocado no ambiente. Seu professor de literatura, no entanto, acredita nele e o vê como um gênio. Mas Charlie continua a pensar pouco de si… até o dia em que dois amigos, Patrick (Ezra Miller) e Sam (Emma Watson), passam a andar com ele. O filme trata de assuntos delicados como abuso, suicídio, drogas, amizade, etc., com a linguagem adolescente e é uma boa oportunidade para os pais discutirem assuntos sérios com seus filhos.

Onde assistir: Telecine Play, Looke, Youtube e Play Filmes.

Sociedade dos Poetas Mortos (1989)

Mais um “clássico recente” na lista! Temos aqui a melhor atuação do saudoso Robin Williams, no melhor filme do diretor Peter Weir, um filme de descobertas e crescimento. Em Sociedade dos Poetas Mortos, conhecemos um ex-aluno da Welton Academy, uma tradicional escola preparatória, que se torna o novo professor de literatura, mas logo seus métodos de incentivar os alunos a pensarem por si mesmos cria um choque com a ortodoxa direção do colégio, principalmente quando ele fala aos seus alunos sobre a “Sociedade dos Poetas Mortos”. O filme foi um grande sucesso de público e crítica. Foi indicado a 4 Oscars incluindo Melhor Filme, Melhor Ator e Melhor Diretor, tendo levado o prêmio de Melhor Roteiro Original.

Onde Assistir: Youtube, Play Filmes, Netflix e Telecine Play.

Conta Comigo (1986)

Mais um clássico oitentista na lista! E agora um filme baseado na obra de ninguém mais ninguém menos do que Stephen King. Baseado no conto O Corpo, do livro As Quatro Estações, Conta Comigo, dirigido por Rob Reiner, é um clássico oitentista da Sessão da Tarde. O filme começa mostrando Gordie Lachance (Richard Dreyfuss), um escritor, que recorda quando tinha entre doze e treze anos no verão de 1959 e vivia em Castle Rock, Oregon, uma localidade com 1281 habitantes. Gordie tinha três amigos inseparáveis: Chris Chambers (River Phoenix), Teddy Duchamp (Corey Feldman) e Vern Tessio (Jerry O’Connell). Chris era o líder natural, Teddy era emocionalmente perturbado e, se Gordie era o intelectual do grupo, Vern era o mais infantil. Um dia Vern ouviu por acaso Billy Tessio (Casey Siemaszko) e Charlie Hogan (Gary Riley) comentando sobre o corpo de Ray Brower, garoto da idade deles que havia desaparecido. Cada um deu uma desculpa em casa e partiram para tentar encontrar o corpo. Nenhum deles imaginava que esta viagem se transformaria em uma jornada de autodescoberta que os marcaria para sempre. O filme foi indicado ao Oscar de Melhor Roteiro Adaptado, e é um dos filmes mais amados da década de 80.

Onde assistir: Youtube e Play Filmes.

Curtindo a Vida Adoidado (1986)

Em uma lista de filmes para assistir na quarentena, com filmes leves para toda família, não podia faltar John Hughes. Curtindo a Vida Adoidado é o maior clássico da Sessão da Tarde, e um dos maiores clássicos de Hughes. Estrelado por Matthew Broderick, o filme conta a história de Ferris Bueller, que no último semestre do curso do colégio, sente um incontrolável desejo de matar a aula e planeja um grande programa na cidade com sua namorada (Mia Sara), seu melhor amigo (Alan Ruck) e uma Ferrari. Só que para poder realizar seu desejo ele precisa escapar do diretor do colégio (Jeffrey Jones) e de sua irmã (Jennifer Grey). Um clássico da Sessão da Tarde que merece ser visto e revisto.

Onde assistir: Youtube, Play Filmes e Netflix.

(500) Dias com Ela (2009)

Para fechar a lista vamos com uma comédia romântica que digamos, revolucionou os filmes do gênero no início da década de 2010. Depois de (500) Dias com Ela, dirigido por Marc Webb, as comédias românticas nunca mais foram as mesmas. O filme conta a história de Tom Hansen (Joseph Gordon-Levitt) que em uma reunião com seu chefe, Vance (Clark Gregg) conhece a nova assistente do seu chefe, Summer Finn (Zooey Deschanel). Tom logo fica impressionado com sua beleza, o que faz com que tente, nas duas semanas seguintes, realizar algum tipo de contato. Sua grande chance surge quando seu melhor amigo o convida a ir em um karaokê, onde os colegas de trabalho costumam ir. Lá Tom encontra Summer. Eles também cantam e conversam sobre o amor, dando início a um relacionamento. O filme é uma desconstrução do gênero e foi muito bem recebido pela crítica e público, e hoje é considerado um clássico moderno cult.

Onde assistir: Youtube e Play Filmes.

Então é isso amiguinhos! Mais uma lista de Filmes para se ver na quarentena. Dessa vez filmes leve para se assistir com toda a sua família. Se tudo der certo, logo logo teremos a Versão III, Clássicos do Cinema! Até lá!

Pessoal me perdoem, esse texto era para sair na terça ao meio dia, mas devido a problemas técnicos, só consegui publicar hoje. Agradeço a compreensão!

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon