#ConexãoSundance 2020: Scare Me - Cinem(ação)

#ConexãoSundance 2020: Scare Me

#ConexãoSundance: Crítica e análise do filme Scare Me.

A cobertura do Festival de Sundance 2020 será postada filme a filme, com resumos e críticas dos longas acompanhados pelo crítico Maurício Costa.

VEJA A COBERTURA COMPLETA DO FESTIVAL DE SUNDANCE AQUI!

Scare Me

O filme Scare Me, da sessão de meia-noite, foi um filme muito fraco. A sessão sempre tem os melhores e também os piores filmes do festival. Este não é terrível, mas não teve graça nenhuma. A premissa do filme é um escritor que vai a uma cabana para se isolar e trabalhar na escrita. No começo, ele encontra uma pessoa na corrida que ele vai dar. Os dois acabam se conhecendo. De noite, quando chove e falta luz, ela vai à cabine dele e ela o desafia a contarem histórias assustadoras um ao outro.

O filme é muito autoindulgente. Grande parte do público riu muito, mas provavelmente porque se identificaram. Um debocha dos clichês do outro, mas surgem no máximo algumas risadinhas. O filme muda um pouco quando surge um novo personagem, o entregador de pizza, mas nada que melhore muito. No final, ele sai da comédia e vai para um terror mais sincero, mas nem assim ele ganha muita energia.

Scare Me não é um completo desastre. No geral as atuações estão boas, 95% do filme é em uma só locação, é um pouco teatral, mas para contar uma história que não leva a lugar nenhum.

Nota: 2 / 5

Sinopse e Ficha Técnica:

Fred (Josh Ruben), um escritor frustrado, entra em uma cabana de inverno para começar seu primeiro romance. Enquanto corre pela floresta, ele conhece Fanny (Aya Cash), uma bem-sucedida e presunçosa autora de terror que alimenta suas inseguranças. Durante um blecaute, Fanny desafia Fred a contar uma história assustadora. Quando uma tempestade se aproxima, eles passam o tempo contando histórias assustadoras, alimentadas pelas tensões entre eles, e Fred é forçado a enfrentar seu medo final: Fanny é o melhor contador de histórias.

Competição: Meia-noite
País: EUA
Duração: 104 min
Idioma: Inglês
Produção: Irony Point
Direção e roteiro: Josh Ruben

Participam da cobertura do Festival de Sundance 2020 os seguintes sites e canais: Razão:de:Aspecto, Cinem(ação), Getro.com.br e Wanna be Nerd.

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon