Oscar 2020: ABC Anuncia os Filmes Selecionados - "Cinem(ação)"
Oscar 2020

Oscar 2020 – Academia Brasileira de Cinema Anuncia os Filmes Selecionados

A ABC (Academia Brasileira de Cinema) anunciou os 12 filmes selecionados para tentar uma vaga no Oscar 2020

O Oscar 2020 começou para o cinema nacional. Depois de anunciar a comissão que irá escolher o nosso representante para o Oscar 2020, a Academia Brasileira de Cinema anunciou os filmes pré-selecionados para poder tentar uma vaga para a categoria Melhor Filme Internacional. Diferente dos dois últimos anos, em que tivemos mais de 20 pré-selecionados, este ano temos apenas 12 filmes na lista.

Como era de se esperar os ganhadores de Cannes Bacurau e A Vida Invisível de Eurídice Gusmão encabeçam a lista, junto com o premiado em Berlim Espero Tua (Re)Volta, documentário de Eliza Capai, e o indicado a 3 Spirit Award e ganhador de 1 Spirit Award Sócrates, de Alexandre Moratto. Uma falta sentida, pelo menos por mim, na lista foi Divino Amor, de Gabriel Mascaro. O filme que fez boa carreira internacional, passando em Sundance e Berlim, ficou de fora dos 12 pré-selecionados, assim como Marighela, de Wagner Moura.

Confira abaixo os 12 pré-selecionados ao Oscar 2020.

Bacurau
Bacuraru Favorito para o Oscar 2020

Direção: Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles

Elenco: Barbara Colen, Sônia Braga, Udi Kier

Sinopse: Bacurau, um pequeno povoado do sertão brasileiro, dá adeus a Dona Carmelita, mulher forte e querida, falecida aos 94 anos. Dias depois, os moradores de Bacurau percebem que a comunidade nao consta mais nos mapas.

Simonal

Direção: Leonardo Domingues

Elenco: Fabrício Boliveira, Ísis Valverde, Leandro Hassum

Sinopse: O filme conta a história de Wilson Simonal, o cantor que saiu da pobreza e comandou as maiores plateias do Brasil. Uma vez no topo, passa a exibir sua riqueza e gosto por carrões e mulheres; faz propaganda de multinacionais; e se recusa a fazer discurso engajado contra a ditadura. Até que resolve ameaçar seu contador quando se vê com problemas financeiros, graças a seus gastos descontrolados, e acaba vendo seu nome envolvido com o DOPS. Começa então a derrocada de uma das maiores vozes que o Brasil já ouviu.

Los Silencios

Direção: Beatriz Seigner

Elenco: Marleyda Soto, Enrique Diaz, María Paula Tabares Peña

Sinopse: Amparo precisa lidar com o desaparecimento da filha e do marido enquanto espera seus documentos para passar pela fronteira entre o Brasil, a Colômbia e o Peru, fugindo dos conflitos armados na região.

A Vida Invisível de Eurídice Gusmão
A Vida Invisível de Eurídice Gusmão outro favorito a vaga no Oscar 2020

Direção: Karim Aïnouz

Elenco: Carol Duarte, Júlia Stokcler, Gregório Duvivier

Sinopse: Rio de Janeiro, 1950. Eurídice, 18, e Guida, 20, são duas irmãs inseparáveis. Ambas têm um sonho: uma, se tornar uma pianista profissional; a outra, encontrar o amor verdadeiro. As duas são separadas pelo pai e forçadas a viver distantes. Sozinhas, elas irão tomar as rédeas dos seus destinos, enquanto nunca desistem da esperança de se reencontrar.

A Última Abolição

Direção: Alice Gomes

Sinopse: O Brasil tem o vergonhoso título de “último país ocidental a abolir a escravidão”, fato que se deu apenas em 1888. O documentário aborda a escravidão no Brasil com especial enfoque no período da abolição, destacando os movimentos abolicionistas, seus aliados e inimigos; as ligações da elite política e cultural do país com os movimentos mundiais contra a escravidão; a resistência, revoltas, lutas armadas, quilombos e os líderes da população negra escravizada; culminando com a Lei Áurea e suas consequências para a população negra do Brasil. Ao mostrar o protagonismo do povo negro na luta por libertação, o documentário contribuirá para o debate da história brasileira e da formação da nossa cultura, jogando um novo enfoque no tema e fortalecendo o combate ao preconceito racial.

A Voz do Silêncio

Direção: André Ristum

Elenco: Marieta Severo, Ricardo Merkin, Arlindo Lopes

Sinopse: Um olhar atento varre a cidade grande e suas pessoas anônimas, que vivem suas vidas em tensão para a sobrevivência, resignados com o destino de cada um. Uma realidade onde os sentimentos e emoções perdem seu significado original consumidos pela urgência de novos valores. Um eclipse lunar pontua as mudanças nas vidas dessas pessoas que compõem um mosaico da cidade.

Sócrates
Sócrates

Direção: Alexandre Moratto

Elenco: Christian Malheiros, Tales Ordakji, Rosane Paulo

Sinopse: Depois da morte de sua mãe, o jovem Sócrates, que foi criado apenas por ela durante os últimos tempos, precisa fazer tudo o que for possível para que consiga sobreviver na realidade da miséria, somado com o preconceito por ser homossexual. Seus valores e ideais são colocados na balança com o medo de não conseguir se virar sozinho.

Bio – construindo Uma Vida

Direção: Carlos Gerbase

Elenco: Maria Fernanda Cândido, Maitê Proença, Sharon Menezzes

Sinopse: O que aconteceria se um documentarista pudesse viajar no tempo e captar depoimentos sobre a vida de alguém ainda no calor dos acontecimentos, e não com aquele teor nostálgico de quem se recorda de fatos enterrados há muitos anos no passado? A longa e atribulada existência de um biólogo, que atravessa a segunda metade do século 20 e mergulha no século 21 com uma sede imensa de conhecimento sobre a vida em nosso planeta. Ou até fora dele.

Legalidade

Direção: Zeca Brito

Elenco: Cléo Pires, Leonardo Machado, Fernando Alves Pinto

Sinopse: Em 1961, o governador Leonel Brizola lidera um movimento sem precedentes na história do Brasil: a Legalidade. Lutando pela constituição, mobiliza a população na resistência pela posse do presidente João Goulart. Em meio ao iminente golpe militar, uma misteriosa jornalista pode mudar os rumos do país.

Espero Tua (Re)Volta
espero tua revolta

Direção: Eliza Capai

Sinopse: Quando a crise se aprofundou no Brasil, os estudantes saíram às ruas, protestando por um ensino público de qualidade e uma cidade mais inclusiva. O longa acompanha as lutas estudantis desde as marchas de junho de 2013 até a vitória do presidente Jair Bolsonaro em 2018. Inspirada pela linguagem do próprio movimento, o filme é conduzido pela locução de três estudantes, representantes de eixos centrais da luta, que disputam a narrativa, explicitando conflitos do movimento e evidenciando sua complexidade.

Humberto Mauro

Direção: André Di Mauro

Sinopse: Um pioneiro do audiovisual brasileiro, Humberto Mauro fez história com uma grande carreira entre a década de 1930 e 1960, produzindo mais de 300 curtas, médias e longa metragens e se tornando diretor do Instituto Nacional de Cinema. Reunindo trechos de obras do cineasta e entrevistas, o diretor André Di Mauro faz um panorama da vida e da carreira desse grande nome do cinema nacional.

Chorar de Rir

Direção: Toniko Melo

Elenco: Leandro Hassum, Monique Alfradique, Otávio Müller

Sinopse: Nilo Perequê, estrela do programa ‘Chorar de Rir’, após ganhar o prêmio de melhor comediante, decide mudar radicalmente sua carreira para dedicar-se ao drama. Mas o que parecia ser fácil, transforma-se em uma grande aventura.

Uma lista para todos os gostos

Oscar 2020

A lista desse ano para o Oscar 2020, retrata bem o que é o cinema nacional. A palavra que resume essa lista é diversidade, que é o que cinema nacional tem de melhor. Na lista temos filmes para todos os gostos biografia musical, ficção científica, documentário biográfico, histórico e atual, comédia, thriller político, ação, ou seja tem de tudo, menos filme pornográfico.

A lista desse ano é mais enxuta, mas trás filmes muito bons, e alguns já com renome internacional. Como todos já sabem Bacurau é o favorito para a vaga brasileira para o Oscar 2020, afinal além de ganhar o Prêmio do Júri em Cannes, o filme foi selecionado para o Festival de Nova York e Toronto. Mas com a seleção de A Vida Invisível para o Festival de Toronto, o filme que foi premiado na Mostra Um Certo Olhar em Cannes e é distribuído pela RT Features do Rodrigo Texeira, indicado ao Oscar por Me Chame Pelo Seu Nome, ganhou fôlego na disputa. Se nada der errado a vaga fica para um desses. Mas com Sócrates na lista, não me admiraria se ele fosse a zebra da vez.

Agora é aguardar até o dia 27 de agosto, quando iremos conhecer o representante brasileiro na corrida para uma vaga no Oscar 2020.

Mas e você querido leitor? Aposta em quem? O que achou da lista? Coloque sua opinião abaixo e vamos dialogar!

Confira abaixo os trailer dos pré-selecionados.

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon