This is Us: uma breve análise - Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

This is Us: uma breve análise

Lançada em 2016 pela emissora NBC, “This is Us” conquistou o público (nota 8,7 no IMDb) e já possui 3 temporadas completas. Eu só comecei a acompanhar o seriado este ano, mas já estou amando. Caso você não tenha visto nenhum episódio e nem sequer sabe do que se trata, já aviso que meu texto contém alguns pequenos spoilers. Mas nada que comprometa o andamento do seriado. Ah, e dê uma passadinha no texto de 2018, escrito pela Babi, com alguns motivos para você começar a assistir logo esse seriado tão incrível!


“This is Us”, em termos gerais, é um drama que acompanha a vida de uma série de personagens, intercalando passado, presente e futuro. Com um elenco de peso, o seriado apresenta alguns personagens principais: o casal Jack (Milo Ventimiglia) e Rebecca (Mandy Moore), Kate (Chrissy Metz), Randall (Sterling K. Brown) e Kevin (Justin Hartley). Em torno de cada história também existem os personagens secundários, que são tão importantes quanto os principais. Ao longo do seriado, a trama explora a vida de cada personagem, revelando segredos, dificuldades e superações. Mas não se deixe enganar! Embora seja um drama com potencial para arrancar várias lágrimas do espectador, a série se afasta de clichês melodramáticos e também possui um teor cômico. Portanto, esperem boas risadas com alguns momentos e personagens!

A abordagem de temas atuais nas sociedades é comum no seriado. Questões como o alcoolismo, racismo, adoção, obesidade e abuso de outras drogas compõem alguns eixos principais na trama. Por exemplo, o espectador acompanha a vida de Kate, uma mulher obesa de 36 anos que sofre com dietas para emagrecer e participa de um grupo de apoio. A história traz os problemas pelos quais a personagem passa, mas também revela as superações de Kate, as pessoas que a apoiam, e as decisões importantes que Kate precisa tomar ao longo de sua vida.

Outro eixo interessante é o núcleo ao qual está inserido o personagem Randall. Ele é um homem negro, casado e possui duas filhas. Muito bem-sucedido na vida, Randall foi abandonado quando bebê e adotado por um casal. Sua história nos mostra as dificuldades que ele precisou superar pelo fato de ser negro e adotado, e a curiosidade durante a infância e vida adulta em descobrir seus pais biológicos. Quando ele finalmente encontra seu pai biológico, William (Ron Cephas Jones), novos segredos são revelados e outros obstáculos aparecem em sua vida.

O casal aparentemente perfeito, Jack e Rebecca, também não estão livres de problemas. A história de ambos é extremamente interessante, e recheada de amor e companheirismo. Aos fãs de longa data do personagem Jess Mariano de “Gilmore Girls”, preparem-se: vocês irão se apaixonar ainda mais por Jack Pearson, também interpretado por Milo Ventimiglia. O mais legal do personagem é que você o ama tanto pelas qualidades quanto pelos defeitos. Jack sabe lidar com seus problemas de uma forma que eu o invejo.

A frustração na carreira profissional também é apresentada na trama, principalmente pelo personagem Kevin. Ele é um ator de um seriado cômico, mas quer ser levado à sério. Por conta de alguns obstáculos na vida, Kevin não conseguiu seguir a carreira de seus sonhos, fato que lhe traz tristeza e fúria em diversos momentos.

Dan Fogelman, roteirista de “Enrolados”, acertou em cheio na criação de “This is Us”. O roteiro é incrível, o entrelaçamento das histórias surpreende a cada minuto e o espectador fica sedento por uma análise mais profunda de cada personagem. Sobre o elenco, não há muito o que ser dito; a escolha minuciosa de cada ator foi perfeita. Todos se envolveram fervorosamente em seus respectivos papeis, inclusive os atores mirins que representam os personagens no passado.

Se você ainda está procurando motivos para assistir “This is Us”, pare agora. Você encontrará todos os motivos do mundo quando começar a assistir, te garanto. Então prepara a pipoca e o lenço, porque o primeiro episódio vai te deixar de queixo caído.

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon