5 motivos para assistir "Simplesmente Amor" no Natal -
Simplesmente Amor - Bill Nighy como Billy Mack (filme de Natal)

5 motivos para assistir “Simplesmente Amor” no Natal

O filme “Simplesmente Amor” é o melhor filme de Natal que existe. Ponto final. Sem discussão. Não que você não possa ver comédias tipo “Esqueceram de Mim” e “Meu Papai é Noel” ou “Férias Frustradas de Natal”. E é claro que tem o clássico “A Felicidade Não se Compra”, que também é sempre válido. Mas nenhum filme celebra o espírito natalino como o britânico “Simplesmente Amor”.

Tanto é que nós já fizemos um podcast sobre esse filme! O longa dirigido por Richard Curtis, que estreava na direção após ter escrito o roteiro de trocentas comédias românticas britânicas, traz um elenco de gigantes e, apesar de ser de 2003, já se tornou o “filme de natal” da TV britânica – e ainda é exibido por aqui no Brasil em um canal pago aqui e acolá.

No entanto, como o filme nem sempre é lembrado aqui no Brasil – mesmo tendo Rodrigo Santoro no elenco e cenas em língua portuguesa – decidi listar aqui alguns motivos para ver o filme Simplesmente Amor no dia 24 ou 25 de dezembro.

1- A trilha sonora é excelente

Entre uma cena e outra, “Simplesmente Amor” toca ótimas canções. E fique tranquilo: nem todas são sobre Natal. Diversas playlists e álbuns do Spotify trazem essas coletâneas, e você pode ver uma delas aqui.

Bay City Rollers, Dido e uma adaptação dos Beatles dividem espaço com o “pop” da época de The Calling e Santana. Boa parte das canções de natal vem em forma de música diegética, ou seja, cantada pelos personagens, com destaque para “Christmas is All Around”, entoada pelo icônico ator Bill Nighy.

2- Traz uma mensagem positiva e otimista

O amor está em todo lugar. Há mais coisas boas acontecendo no mundo do que coisas ruins. Eu adoro esse pensamento e sigo com ele comigo para todo lado que vou. Sempre que vejo notícias ruins, tento me lembrar de como elas apenas chamam atenção, mas não são regra: tendo a acreditar que o ser humano tem muito mais de bom do que de mau, e Simplesmente Amor tem um papel importante nessa minha mentalidade.

3- Tem uma linda cena de amor (e não é a que você está pensando)

Você deve estar pensando na cena em que um cara faz uma declaração de amor por meio de cartazes para uma mulher que ele mal conhece e que há tempos é namorada e esposa do seu melhor amigo, certo? Nada disso!

A cena de amor mais bonita é, na minha opinião, quando Karen (Emma Thompson) limpa suas lágrimas e deixa de lado uma decepção com o marido para alegrar os filhos e seguir adiante. Não é amor romântico, é amor de mãe. E talvez por isso seja a mais bela de todas.

4- Atuações fenomenais

Eu já citei Emma Thompson, que seguramente é a melhor atuação do filme, mas o fato é que Simplesmente Amor está cheio de bons atores. Bill Nighy está hilário, Hugh Grant consegue fazer ótimas cenas, Colin Firth está britanicamente irônico, Keira Knightley é doce, e Thomas Brodie-Sangster tem uma ótima química com Liam Neeson, e Alan Rickman é… Alan Rickman! Além disso, o filme é praticamente uma grande estreia para muitos atores que passariam a brilhar em Hollywood depois: Rodrigo Santoro só era conhecido no Brasil até então, Martin Freeman nem sonhava em estar nas franquias Marvel e O Hobbit, Chilwetel Ejiofor era um simples desconhecido, Keira Knightley surgia no mesmo ano na franquia Piratas do Caribe, e Andrew Lincoln nem sonhava em caçar tantos zumbis em The Walking Dead.

5- Cenas excelentes para quem fala português (mas precisa ser visto na versão legendada)

As cenas que envolvem Jamie (Colin Firth) e Amélia (Lúcia Moniz) são especialmente divertidas para quem fala português justamente porque trabalham com o fato de que os personagens não sabem o que o outro está dizendo. É uma pena que a versão dublada teve que trabalhar com personagens falando espanhol, o que ficou terrível. Talvez seja por isso que o filme não tenha feito tanto sucesso no Brasil.

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon