[HQ] Black Hammer - O Tédio na Vida dos Super Heróis - Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

[HQ] Black Hammer – O Tédio na Vida dos Super Heróis

Black Hammer é o novo lançamento da editora intrínseca que nos traz uma equipe de super heróis que após uma batalha com um grande vilão acaba sendo transportada para um lugar distante do universo, no qual ficam aprisionados. A história de Abraham Slam, Menina de Ouro, Barbalien Coronel Weird e Madame Libélua é contada pelos roteiros de Jeff Lemire (O Vingador Subaquático) e desenhos de Dean Ormston (Vertigo).

O quadrinho, ganhador Eisner Awards, nos coloca em uma situação atípica na vida de um super herói: o tédio. Logo de cara nós leitores não somos apresentados aos grandes feitos da equipe e muito menos seus tempos de ouro como seres superiores, e sim nos deparamos com personagens super poderosos tendo que viver em uma fazenda localizada numa cidade pequena de uma dimensão da qual não conseguem sair. Ou seja, seus poderes não só são inúteis como começam a virar um fardo, inclusive gerando uma angústia diferente em cada um deles sendo realçada pela cinematografia e colorização dos quadros.

Abraham Slam é o mais velho do grupo e por ter certa experiência é o que mais consegue se adaptar ao novo mundo, quando domina a narrativa principal as cores mais chapadas tomam conta assim como quadros mais abertos mostrando também o ambiente do qual já está se familiarizando. Porém, seu contraponto – Menina de Ouro – é a que mais sofre, pois seu poder é se transformar em uma criança com super poderes, porém quando é teletransportada ela não consegue mais sair dessa forma, então uma mulher de uns 50 anos fica presa em um corpo de 9 gerando alguns conflitos polêmicos como sexualidade reprimida e bebidas alcoólicas. Quando ela é o foco principal do roteirista seus quadros se fecham quase como em uma caixa e as cores ficam mais acinzentadas.

 

Além disso Black Hammer também consegue transitar muito bem entre gêneros bem específicos que quase não são absorvidos pelos quadrinhos de heróis mais mainstream. Desde ficção científica por parte do Coronel que nos remete a 2001: Uma Odisseia no Espaço com suas indagações perante a humanidade com cores mais psicodélicas, passando por romance dramático quando Abraham Slam se apaixonada por uma garçonete e se encontra em um triângulo amoroso perturbador, até mesmo o horror com Madame Libélula que referencia de forma direta O Monstro do Pântano até mesmos nos tons de verde esmeralda.

Por fim, Black Hammer Origens Secretas é o primeiro volume de uma saga que promete deixar sua marca no mundo dos quadrinhos e muito recomendado para quem quer sair um pouco do lugar comum e ler algo mais adulto com super heróis. É um filho direto de Watchmen e com boas pitadas da fantasia mórbida de Gaiman.

 

  • Tradução: Fernando Scheibe e Leonardo Alves
  • Páginas: 184
  • Gênero: Ficção
  • Formato: 17 x 26 x 1
  • Lançamento: 16/05/2018

 

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon