Comédias românticas que não são clichês! - Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

Comédias românticas que não são clichês!

Vamos ser sinceros: não é todo mundo que curte uma comédia romântica né? Aqueles filmes cheios de mel, com um casal bonitinho que dá certo no começo e depois dá errado, mas no final todos sabemos que vai acabar tudo bem. Puro clichê. Mas isso não quer dizer que toda comédia romântica é ruim! Não quer dizer que toda comédia romântica é produzida a partir do conceito de que a vida é um mar de rosas e todos terão um final feliz. A partir disso, preparei uma lista com quatro boas comédias românticas que fogem dessas situações estereotipadas, e uma que possui o elemento clichê, mas não posso deixar de citá-la!

1. (500) dias com ela ((500) Days of Summer, 2009)

“People should be able to say how they feel. How they really feel, Not, you know, some words that some strangers put in their mouth.”

Todos sabem que esse filme já virou um clássico moderno. Joseph Gordon-Levitt interpreta Tom, um cara que se apaixona por Summer (Zooey Deschanel). Summer sempre deixou claro que não queria namorar, mas isso não impede Tom de se envolver demais com a garota. O filme mostra toda a história a partir do momento em que Tom conheceu Summer, seus meses de relacionamento e o período que Tom leva para superar o término do namoro. Tudo vale a pena nesse filme: a narrativa, a fotografia, a trilha sonora, as atuações. Se você ainda não viu, corra, pois não sabe o que está perdendo.

500 days

2. Amor a Toda Prova (Crazy, Stupid, Love, 2011)

“Will you take off your shirt… fuck! Seriously? It’s like you’re Photoshopped!”

Não se deixe levar pelo título. Eu sei, a maioria dos títulos de comédias românticas são babacas, e essa não é uma exceção. Mas o filme é muito legal! Protagonizado por Steve Carell, Ryan Gosling, Julianne Moore, Emma Stone e Kevin Bacon, a história gira em torno de um homem (Carell) que descobre que foi traído por sua mulher (Moore) e conhece um estranho no bar (Gosling), que o ensina a seduzir as garotas nos tempos modernos. Porém, esse homem com fama de pegador acaba conhecendo e se apaixonando por uma garota (Stone). O filme dá uma reviravolta inesperada e garante algumas surpresas. E você vai ficar com o nome David Lindhagen por algum tempo na cabeça.

crazy stupid love

3. Juno (Juno, 2007)

“You should’ve gone to China, you know, ’cause I hear they give away babies like free iPods. You know, they pretty much just put them in those t-shirt guns and shoot them out at sporting events.”

Vamos começar falando da melhor parte do filme: a trilha sonora. Tenho certeza que a maioria das pessoas adquire a trilha sonora de Juno após assistir ao filme. É encantadora, e atribui uma leveza a um filme que trata de um tema tão “pesado”, que é a gravidez durante a adolescência. Juno (Ellen Page) é uma garota de 16 anos que engravida de seu amigo (Michael Cera). Após quase optar pelo aborto, ela decide dar seu bebê para uma família que o queira e que vá cuidar bem dele. É um filme maravilhoso, e vencedor do Oscar de Melhor Roteiro Original. Page conseguiu atribuir um jeito único a personagem, demonstrando preocupação pela criança sem deixar de lado os pensamentos de uma adolescente.

juno1

4. O Casamento do Meu Melhor Amigo (My Best Friend’s Wedding, 1997)

“He’s got you on a pedestal and me in his arms.”

Quem nunca torceu pela Julia Roberts que atire a primeira pedra. Julianne (Roberts) e Michael (Dermot Mulroney) combinaram de se casar se estivessem solteiros aos 28 anos. Porém, quando Michael anuncia seu casamento com a maravilhosa Kimberly (Cameron Diaz), Julianne percebe que está apaixonada por ele. Um ponto interessante é que não é possível saber quem Michael vai escolher para ser sua noiva no final filme. Mudamos de opinião constantemente, com o desenrolar da trama. É bem bacana! Além disso, o filme possui uma trilha sonora clássica, conhecida por todos, e foi indicado ao Oscar de Melhor Trilha Sonora. Recomendo fortemente!

my best friend

5. 10 Coisas que Eu Odeio em Você (10 Things I Hate About You, 1999)

“What is it with this chick? She got beer flavored nipples?”

Sim, é clichê! Mas também é clássica, então acho que merecia um cantinho por aqui. Afinal, quem não se lembra da cena em que Heath Ledger canta “Can’t Take My Eyes Off Of You” nas escadas do ginásio? O filme também conta com as atuações de Joseph Gordon-Levitt, Julia Stiles e Larry Miller. A trama se desenrola quando o personagem de Ledger recebe dinheiro para sair com a garota mais ranzinza da escola. A história é baseada em uma peça de William Shakespeare, “A Megera Domada”.

10 things

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon