Capitão América e Homem de Ferro se enfrentam em novo filme

BOMBA: Capitão América e Homem de Ferro se enfrentam em novo filme da MARVEL

por Rodrigo Stucchi

Segundo a revista norte-americana Variety, Robert Downey Jr. bateu o martelo (sorry, Thor, mas essa martelada talvez seja mais poderosa que a sua) para que o Homem de Ferro seja um personagem importante em Capitão América 3 (maio de 2016), não apenas uma aparição especial. Se tudo se confirmar, o enredo do novo filme deverá ser inspirado na “Guerra Civil”, história abordada nos quadrinhos entre 2006 e 2007 e que deverá ser retomada pela MARVEL Comics dentro em breve. Nestas HQs, um desastre leva o governo dos EUA a sancionar uma lei que obriga o registro de todos os super-heróis, que se dividem em dois lados: os pró-registro, liderados pelo Homem de Ferro, e os anti-registro, comandados pelo Capitão América.

CAxHF

As fontes do veículo afirmam que Downey Jr. ganhará US$ 40 milhões, mais participação nos lucros e um adicional se o longa tiver desempenho melhor que Capitão América 2 – O Soldado Invernal nas bilheterias. O ator, que já recebeu US$50 milhões por Os Vingadores, já tinha sinalizado para uma renovação de seu contrato para protagonizar Tony Stark em mais filmes da MARVEL Studios. Claro que negociações com cifras tão altas são demoradas e, muitas vezes, não chegam a um acordo. Mas, para a alegria dos fãs, parece que não é este o caso! Veja aqui.

CAxHF4

Entenda o caso:

inda segundo a Variety, devido à dificuldade em avançar nas negociações para ter Robert Downey Jr. em Homem de Ferro 4 e filmes adiante, a MARVEL estudava propor um papel discreto para o ator em Capitão América 3. Porém, o próprio almejava uma participação maior, que naturalmente resultaria num cachê maior, é claro. O CEO da Marvel Entertainment, Ike Perlmutter, então pode ter pedido para encerrar as negociações com o Downey e que o Homem de Ferro excluído do roteiro. Entretanto, o presidente da MARVEL Studios, Kevin Feige, insistiu que a participação de Tony Stark seria importante para definir, a partir de Guerra Civil, o futuro do Universo MARVEL nos cinemas a médio prazo, o que pode ter resultado no acordo entre as partes. O longa pode se chamar “Captain America – Civil War” ou “Captain America – Fallen Son”. A participação de Downey, que originalmente seria de umas três semanas, agora pode durar de 30 a 40 dias, com o aumento de sua importância na trama.

CAxHF3Este cenário dá margem a uma teoria bem interessante, que colocaria Steve Rogers como o líder sozinho dos Vingadores ao final de A Era de Ultron, desbancando Tony Stark do “cargo”, devido às suas falhas na tentativa de proteger o mundo com robôs, que virariam o próprio Ultron. Com uma equipe formada por Capitão América, Mercúrio, Feiticeira Escarlate, Viúva Negra, Máquina de Combate e Falcão, Capitão América 3 serviria como uma espécie de Os Vingadores 2.5, estabelecendo o conflito Guerra Civil entre os seguidores de Rogers contra os de Stark.

Capitão América 3 será dirigido pela dupla de diretores irmãos Joe e Anthony Russo e tem estreia agendada para 06 de maio de 2016. Em recente entrevista, os irmãos disseram que as filmagens estão previstas para começarem em abril de 2015 nos estúdios da cidade de Atlanta, mas a capital do estado americano da Geórgia não será a única locação do filme. Em relação à linha do tempo traçada pela MARVEL nos cinemas, a história vai se passar após os eventos de Os Vingadores 2: A Era de Ultron (1º de maio de 2015), e trará de volta o ator Chris Evans no papel de Steve Rogers/Capitão América e Sebastian Stan, que interpreta Buck Barness/Soldado Invernal.

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon