Howard, o Pato aparece na cena pós crédito de Guardiões da Galáxia.

Disney + Marvel + Lucasfilm = Howard, o Pato!

Uma das características mais legais dos filmes da Marvel Studios são as cenas durante e após os créditos. Em todos os filmes temos pelo menos uma. O filme mais recente da Marvel é o divertidíssimo “Guardiões da Galáxia” e a cena pós crédito deste filme teve muitas críticas, ou pelo menos uma surpresa.

Na cena vemos O Colecionador (Benício Del Toro) todo machucado e o cachorro Cosmo (mascote dos Guardiões nos quadrinhos) lambendo ele, e uma voz ao fundo o critica por deixar o cachorro ficar lambendo a cara dele, e quando a câmera mostra o dono da voz é um pato bizarro!

Mas quem é esse maldito pato você deve estar se perguntando…

Howard - comics

Este pato é Howard, o Pato, um dos personagens mais interessantes do Universo Marvel. Howard foi criado pelo escritor de quadrinhos Steve Gerber, e que servia de alívio cômico para muitos quadrinhos da Marvel. A primeira aparição de Howard nos quadrinhos foi em outra HQ que Gerber escrevia para a Marvel Comics, “O Homem Coisa”, e o personagem propositalmente foi inspirado no Pato Donalds da Disney.

Em 1976 o personagem ganhou sua própria revista em quadrinhos, que conta que o personagem veio de um mundo dominado por patos (tipo o mundo do tio Patinhas e cia.) e que por acidente veio parar na nossa realidade, mais precisamente na cidade de Cleveland no estado de Ohio.

Os vilões dos quadrinhos do Howard, O Pato eram os mais bizarros possíveis, sempre fazendo referências absurdas a classes elitizadas da época ou mesmo figuras de destaque. A melhor amiga de Howard é a humana Beverly, uma jovem ruiva, que pode ou não ter interesses amorosos com o personagem.

 

Howard - O Super HeróiEis que no ano de 1986 a Lucasfilm, com a produção de George Lucas e a direção de Willard Huyck trouxeram o personagem para “o mundo real” dos cinemas, sendo por muitos considerado um dos piores filmes de todos os tempos. Howad, O Super Herói como ficou conhecido no Brasil.

Gerber acabou saindo da Marvel Comics, como muitos outros artistas fizeram, e entrou em batalhas judiciais pelos direitos do personagem e para receber porcentagens pelos lucros oriundos dele. Enquanto isso, ele trabalhou para a editora Eclipse, onde junto com o lendário desenhista Jack Kirby criou o personagem “Destroyer Duck” e “Leonard the Duck” para a editora Image.

Agora que você conhece mais deste pato já é mais fácil entender por que colocaram um personagem tão bizarro em um filme nada convencional como “Guardiões da Galáxia”.

 

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon