Home Críticas 1 Claquete Crítica: Codinome Cassius 7

Michael Brandt, diretor conhecido por O Procurado, recrutou Richard Gere, Topher Grace, Stephen Moyer, Odette Annable entre outros para contar a história desse suspense policial chamado Codinome Cassius 7 (em inglês The Double).

Na história, Paul Shepherdson (Richard Gere) é um ex-agente da CIA que é forçado a voltar a ativa para encontrar um perigoso assassino denominado Cassius. Paul vai atrás do serial killer em parceria com Ben Geary (Topher Grace), que tem estudado o assassino a anos, e junto com o ex-agente tornam-se experts nas tecnicas do procurado. Com o início das investigações, os agentes terão de enfrentar muitas dúvidas, sangue e revelações que prometem desviar o caminho de todos.

“Codinome Cassius 7” é um filme de 2011 que teve como roteirista o próprio Michael Brandt em parceria com Derek Haas, que também escreveram O Procurado (2008) e Os Indomáveis (2007).

O filme perde qualidade na história com as revelações sendo feitas de forma prematura. As justificativas das ações são feitas de uma maneira simplória, deixando assim a sensação de inquietação de lado, isto empobrece muito um filme de suspense, que tem como premissa esconder informações importantes do espectador com a inteção de prende-lo a história de uma meneira angustiante e curiosa.

O filme cria um climax que faz o espectador apenas esperar como o mistério seja revelado com todos os elementos que ganhou ao decorrer da história. Além disso, temos uma atuanção bastante comum e regular, tanto de Richard Gere quanto de Topher Grace, que acabam não justificando suas escolhas para o longa, são pouco envolventes e vendem muito mal as causas da história.

Confira o Trailer de “Codinome Cassius 7”:

Nota: 1 Claquete

Comments

comments

CIN(ESTREIA)

0 102

Quem acha que após o período de férias de verão (no hemisfério norte) termina junto com as boas estreias, está muito enganado! Confira os...
Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers: