Crítica: Acertando o Passo (Finding Your Feet, 2017)
Acertando o Passo

Crítica: Acertando o Passo (Finding Your Feet, 2017)

Acertando o Passo é o típico filme água com açúcar.

Ficha técnica: 
Direção: Richard Loncraine
Roteiro: Meg Leonard, Nick Moorcroft
Elenco: Joanna Lumley, Celia Imrie, Timothy Spall
Nacionalidade e lançamento: Reino Unido, 2017 (10 de maio de 2018 no Brasil)

Acertando o Passo

Acertando o Passo conta a história de uma “patricinha” da terceira idade que após uma traição tem que mudar de vida, sair uma mansão e de um casamento de 35 anos para viver novas experiências com a irmã e o universo desta. Apesar de trazer protagonistas idosos, algo infelizmente ainda raro, a história nada mais é do que uma comédia romântica mais reles com todos os clichês do gênero.

O conflito inicial na mudança de ambiente até gera uma ou outra piada bem encaixada e o belo elenco com vasta experiência ajuda. Contudo, a coisa vai desenrolando para um caminho tão óbvio que fica fácil e entediante prever cada movimento. Das curvas dramáticas/cômicas, passando pelos números musicais, natal e chegando até em viagens e correrias contra o relógio.

A ideia era ser algo descompromissado, mas o carisma fica tentando disputar espaço com esse descompromisso e acaba perdendo feio. Parece um amontoado de momentos padrões com um verniz bem feito é verdade, mas tudo tão batido que perde qualquer faísca de vigor.

Os diálogos beiram a auto ajuda. O roteiro apela para doenças graves como forma de arrancar lágrimas do público mais suscetível a essa ferramenta. Todo o enlace familiar também cai no formulaico, separação, saudade, reencontros. É o banal, mas o pior tipo de banal. Veja, por exemplo, filmes como Lucky, lançado ano passado. Nele temos também uma construção nesse sentido, e com um protagonista mais velho, mas a experiência é bem mais profunda.

O resumo de Acertando o Passo é exatamente este: ser raso. Ao apostar nessa linha, os responsáveis pelo filme tentam cativar pela identificação secundária e não pelo cinema em si.

  • Nota Geral
1.5

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Material close icon