5 Filmes para ver no primeiro dia do ano
Cinema Mundial

5 Filmes para ver no primeiro dia do ano

Comece o ano de 2015 com esperança e energias renovadas!

Não há nada melhor que começar um novo ano com novas ideias, novas energias, e muita esperança de um mundo melhor. Afinal, quem decidiu separar o tempo em semanas, meses e anos, não sabia o bem que estava fazendo ao dar tempo para que nós possamos recuperar as energias. Então, o Cinem(ação) decidiu dar algumas dicas de filmes que renovam as esperanças de todos que assistem.

Quer uma facilidade? Estes filmes estão disponíveis no Netflix. Assim, fica fácil de encontrá-los para quem é assinante do serviço.

Chocolate_poster

Chocolate:

Este belo filme em tom fabulesco mostra como uma cidade pode se livrar dos chatos e emburrados com mais felicidade, tranquilidade e sorriso no rosto. Juliette Binoche está inspirada neste longa, que é leve e tranquilo para se assistir no dia 1º.

elizabethtown

Tudo Acontece em Elizabethtown:

Quem conhece os filmes de Cameron Crowe sabe que ele consegue trazer esperanças a qualquer um. Mesmo com cargas dramáticas às vezes intensas, como no caso deste filme, o diretor consegue levar o público aos suspiros… acreditando que o amor, a vida e a família podem ser muito melhor.

GilbertGrape_AprendizdeSonhador_poster

Gilbert Grape: Aprendiz de Sonhador:

Do mesmo diretor de “Chocolate” (Lasse Hallström), este filme também tem a grande característica do diretor, que é mostrar que há coisas boas na vida. Apesar do drama que mostra que é possível encontrar a felicidade mesmo quando as vicissitudes da vida dizem “não”.

ACura_poster

A Cura

Este drama juvenil mostra a amizade de dois jovens vizinhos. O problema é que um deles é portador do vírus da Aids. Apesar da triste, o longa é uma verdadeira lição de amizade e respeito.

AVidaEBela_poster

A Vida é Bela

Quer coisa melhor que encontrar alegria e felicidade em meio a um dos massacres mais terríveis da história? Foi o que Roberto Benini conseguiu fazer com este filme lindo que ganhou no Brasil na corrida pelo Oscar, merecidamente.

 

Deixe seu comentário