BOB ESPONJA: saiba como a série foi criada e vendida para a Nickelodeon

BOB ESPONJA: saiba como a série foi criada e vendida para a Nickelodeon

Bob Esponja Calça Quadrada é uma série de animação norte-americana desenvolvida por Stephen Hillenburg, um apaixonado pelo universo do fundo do mar desde sua infância. Formou-se em Biologia Marinha e foi professor do ensino infantil por um certo tempo. Um dia, resolve mudar de vida e começa a estudar animação, uma segunda paixão. Ele faz graduação e mestrado na Cal Arts, uma tradicional faculdade de Los Angeles fundada pela Walt Disney.

Durante o curso, os primeiros sinais de vida de Bob Esponja começam a aparecer. Stephen lança um Gibi intitulado “The Intertidal Zone” sobre criaturas marítimas que vivem nas poças de maré. O projeto foi apresentado para diversas editoras, mas nenhuma aceitou. Porém, ao mostrar o Gibi para um colega, o roteirista Martin Olson, especializado em humor, sua sorte começa a mudar. O roteirista consegue enxergar no projeto outras possibilidades e sugere reescrever o roteiro no formato de uma série de animação com pitadas de comédia. Bob Esponja ganha um formato quadrado e calça marrom, nascendo assim um dos personagens mais famosos do mundo animado.

Eles desenvolvem o projeto por 2 anos e preparam um Pitch muito criativo para oferecer à Nickelodeon, apresentando a história da forma mais visual possível. Eles levaram um aquário, modelos das personagens, a música tema da série e o Storyboard do episódio piloto “Help Wanted”. A resposta não demorou. No dia seguinte receberam um telefonema informando que o projeto havia sido aprovado.

O roteiro da série é muito bem elaborado, construído em cima dos paradigmas de roteiro com muitas pitadas da Jornada do Herói e da estrutura dividida em atos. Os objetivos são claramente apresentados e o protagonista sempre se depara com obstáculos que precisa vencer para alcançá-los. Vemos Bob Esponja em sua rotina comum, sempre sendo empurrado para algum problema, conseguindo por final resolvê-lo sabiamente dentro de suas possibilidades e sempre com muita criatividade.

O episódio piloto “Help Wanted”, por exemplo, nos revela como Bob Esponja consegue o emprego na lanchonete de Siri Cascudo.  Ele se candidata à vaga de Chapeiro e já entra no estabelecimento demonstrando o seu jeito distraído e desajeitado. O mal-humorado Lula Molusco pede ao chefe, Sr. Siriqueijo, para não o contratar. O dono da lanchonete diz a Bob Esponja que, se ele trouxer um raro tipo de espátula hidrodinâmica, o emprego será dele. Entusiasmado, ele sai da lanchonete muito tranquilamente. O Sr. Siriqueijo diz a Lula Molusco ter pregado uma peça no candidato, pois, na verdade, não existe tal espátula. Nesse instante, diversos ônibus estacionam na frente da lanchonete, que fica totalmente lotada por peixes famintos. Lula Molusco e o Sr. Siriqueijo não conseguem controlar a situação e se desesperam. Quando tudo parece estar perdido, eis que surge Bob Esponja voando por cima dos clientes, utilizando a rara espátula encontrada por ele como hélice. Porém, o Sr. Siriqueijo não facilita, dizendo a Bob Esponja que se ele conseguir atender todos os clientes o emprego será dele. Motivado, o protagonista segue para a chapa onde começa, em ritmo alucinado, a montar centenas de hambúrgueres, conseguindo alimentar toda a horda faminta. O Sr. Siriqueijo efetiva Bob Esponja na lanchonete para desespero de Lula Molusco.

E assim é esse personagem tão carismático. Um jovem determinado, otimista, simples, ingênuo, sempre preocupado em ajudar os outros e está sempre buscando se divertir onde quer que esteja, principalmente no trabalho. Essa personalidade do protagonista suscita muitos conflitos em todos os episódios porque nem sempre agrada todos ao seu redor, principalmente o Ranzinza do Lula Molusco que não tem nenhuma paciência para as boas intenções do vizinho. As vezes bate em Bob Esponja um complexo de inferioridade, um desânimo para enfrentar as situações da vida, mas seu melhor amigo, o Patrick, uma estrela-do-mar cor de rosa, está sempre pronto para motivar o amigo ressuscitando sua essência guerreira.

Essa série foi criada pensando no público infantil. Mas também conquistou o público jovem e adulto. Stephen afirmou que o conceito de criação da série possui referências de “O Gordo e o Magro” e da personagem Pee-Wee criada pelo ator Paul Reubens que, no longa, teve a direção de Tim Burton. O recorte do roteiro de Bob Esponja é sempre os relacionamentos entre os personagens, o cotidiano e seus conflitos, muito mais do que seu contexto social. São assuntos universais e sempre de superação do personagem, criando uma imediata empatia com sua audiência, independentemente da idade, levando seu público à reflexão.

Fonte – Dramaturgia de Série de Animação de Sérgio Nesteriuk

Confira o episódio piloto!

 

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário: