Home Cinema Nacional Festival de Gramado completa 40 anos em crise

Começou na última Sexta-Feira (10) o 40º Festival de Gramado, apesar das dificuldades. As dificuldades financeiras e o bloqueio das contas da Associação de Cultura de Turismo de Gramado foram os maiores obstáculos enfrentados pelo evento.

O resultado é uma festa mais sucinta. São 8 filmes brasileiros competindo por um Kikito, e 5 filmes estrangeiros na mostra paralela. O filme brasileiro que vencer o maior prêmio também levará R$120 mil, enquanto que o ganhador da mostra latinoamericana leva R$80 mil.

Rubens Ewald Filho é um dos curadores do evento, junto com José Wilker e Marcos Santuário. Rubens afirmou em seu blog que a seleção de filmes fez parte de “uma escolha eclética, tentando apresentar diferentes gêneros (comédia, drama, filme de arte, documentários) no que de melhor a safra deste ano produziu”.

Mesmo com as dificuldades, o Festival de Gramado se torna o prêmio de cinema brasileiro com mais longa duração (sem interrupções) e com tapete vermelho para os convidados.

O primeiro filme da mostra competitiva, exibido na estreia (Sexta-feira, 10), foi “Eu não faço a Menor Ideia do que tô fazendo da Minha Vida”, de Matheus Souza (Apenas o Fim). Entretanto, o filme “360″, de Fernando Meirelles, foi o que abriu o festival, em uma exibição que Rubens Ewald Filho considerou uma “ousadia”, já que o filme do diretor brasileiro foi rodado em diversas línguas.

As atividades do festival incluem debates e exibição de filmes gaúchos em diversos espaços culturais da cidade de Gramado.

O Festival de Gramado ocorre entre 10 e 18 de Agosto. A programação completa  pode ser conferida clicando AQUI.

Comments

comments

CIN(ESTREIA)

0 500

Quem acha que após o período de férias de verão (no hemisfério norte) termina junto com as boas estreias, está muito enganado! Confira os...
Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers: