Home Cinema Nacional Chatô, o Rei do Brasil – finalmente

A história do filme “Chatô, O Rei do Brasil” é uma verdadeira novela. Em 1995, o então ator Guilherme Fontes começou a angariar verba para filmar a adaptação do livro homônimo de Fernando Morais, por meio de sua produtora.

O filme teria sido quase todo gravado quando, em 2008, a Controladoria Geral da União determinou que os proprietários da produtora (Guilherme Fontes e sua sócia Yolanda Machado Medina Coeli) deveriam devolver a quantia de R$36,5 milhões, após processo instaurado pela Ancine, por irregularidade de contas.

Em Abril de 2010, Guilherme Fontes foi condenado a 3 anos, um mês e seis dias de reclusão, pena que mais tarde foi convertida para o mesmo período de trabalho comunitário de sete horas semanais.

Em entrevista à revista Caras, o diretor Guilherme Fontes afirmou que reabriu a produtora e agora, próximo do fim de sua condenação, prepara o filme para o lançamento. Segundo ele, o filme será lançado nos cinemas em “uns quatro, cinco meses”.

O filme tem Marco Ricca como o protagonista Assis Chateaubriand, jornalista e empresário muito influente que fundou o MASP, trouxe a televisão ao Brasil e se elegeu senador, entre diversos outros feitos. O filme também tem Andrea Beltrão, Leandra Leal, Paulo Betti e Gabriel Braga Nunes no elenco.

CIN(ESTREIA)

0 220

Nesta quinta-feira, chegam novos filmes aos cinemas de todo o Brasil. Além de "O Protetor", estrelado por Denzel Washington e com Chloë Grace Moretz...
Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers: