Ícone do site Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

Tudo que você precisa saber sobre a 45ª Mostra de São Paulo

Titane, de Julia Ducournau

A 45ª MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA EM SÃO PAULO ocorre de 21 de outubro a 03 de novembro de 2021! Depois do ano passado, quando o festival ocorreu inteiramente online, agora o formato chega híbrido, com exibições presenciais e também na plataforma de streaming.

Como sempre, o evento chega repleto de filmes, exibições e detalhes dos mais variados.

Veja como foi a coletiva de imprensa da Mostra!

Veja nossa cobertura do evento!

Por isso, confira abaixo tudo que você precisa saber sobre a Mostra de São Paulo de 2021!

Presencial e digital

A 45ª Mostra volta a exibir sessões presenciais em 15 espaços da cidade de São Paulo e mantém parte de seu conteúdo on-line. Uma seleção de títulos estará disponível nas plataformas Mostra Play, Sesc Digital e Itaú Cultural Play. Todas as plataformas, eventos e atividades, podem ser acessados através do site www.mostra.org

Protocolos de segurança

As sessões presenciais seguirão rígidos protocolos de segurança contra a covid-19: ocupação de apenas 50% da lotação das salas/espaços, distanciamento social, exigência do comprovante de vacinação, uso obrigatório de máscara, que deverá permanecer na face durante o período de exibição. A programação de filmes da Mostra nos cinemas estabelece um intervalo de 30 minutos entre as sessões para que as salas sejam completamente higienizadas e os cinemas vão disponibilizar álcool em gel. Após o término de cada sessão, o público deverá respeitar a ordem de saída, começando pela última fileira, evitando assim aglomeração.

264 filmes

A seleção da 45ª Mostra soma 264 títulos, vindos de mais de 50 países, que serão apresentados em dois formatos de exibição – presencial e online, nas seções Perspectiva Internacional, Competição Novos Diretores, Mostra Brasil e Apresentação Especial.  Mais de 80 títulos desta edição são dirigidos por mulheres. Alguns títulos serão exibidos apenas nos cinemas: as decisões são específicas conforme cada distribuidor.

Memória, de Apichatpong Weerasethakul

Filmes premiados

Dentre os destaques da seleção: France, de Bruno Dumont, Ao Cair do Sol (Sundown), de Michel Franco, Marx Pode Esperar (Marx Can Wait), de Marco Bellocchio, A Caixa (La Caja), de Lorenzo Viga (Leoncino d’Oro Agiscuola Award – Cinema for UNICEF, em Veneza), Titane, de Julia Ducournau (Palma de Ouro | Festival de Cannes), Annette, de Leos Carax (Melhor Direção | Festival de Cannes), Memória, de Apichatpong Weerasethakul (Prêmio do Júri | Festival de Cannes), Zalava,de Arsalan Amiri (vencedor da Semana da Crítica | Festival de Veneza), Encontros (Introdution), de Hong Sang-soo (Melhor Roteiro | Festival de Berlim), Sr. Bachmann e Seus Alunos(Mr. Bachmann and His Clas), de Maria Speth (Prêmios do Júri e do Público | Festival de Berlim).

FIlmes gratuitos na cidade

Programação gratuita ao ar livre no Vão Livre do Masp e Anhangabaú, exibe, entre outros títulos, Summer of Soul (… ou, Quando a Revolução Não Pode Ser Televisionada (Summer of Soul (…Or, When the Revolution Could Not Be Televised)), de QuestLove, Bob Cuspe, Nós Não Gostamos de Gente, de Cesar Cabral, vencedor do Festival de Annecy e a estreia mundial de A Viagem de Pedro, de Laís Bodanzky.

Prêmio para Helena Ignez

A diretora brasileira Helena Ignez será homenageada com o Prêmio Leon Cakoff e com o lançamento do livro Helena Ignez, atriz experimental, de Pedro Guimarães e Sandro de Oliveira.

Museu da Imigração: filmes especiais

Em parceria com a ACNUR – Agência da ONU para Refugiados e com o Museu da Imigração, a 45ª Mostra apresenta no Museu, nos dias 22 e 23, programação que inclui os filmes 7 Prisioneiros, de Alexandre Moratto, e Pegando a Estrada | Hit the Road, de Panah Panahi

Compensação ambiental

Desde a 39ª edição, a Mostra Internacional de Cinema compromete-se a compensar suas emissões de CO², contratando empresa especializada em neutralizá-las através da quantificação e compensação ambiental, por meio de aquisição de créditos de carbono oriundos de projetos de preservação florestal.

Pôster de Ziraldo

A arte do pôster da 45ª edição é assinada pelo artista brasileiro ZIRALDO.

Todos os anos a Mostra Internacional de Cinema convida um artista ou cineasta para fazer a arte do pôster do ano. Nomes como Laurie Anderson, Marco Bellochio, Martin Scorsese e Wim Wenders, assinaram o cartaz do evento em diferentes edições.

O desenho foi feito no final dos anos 70, quando Ziraldo foi contratado por um publicitário. Ele escolheu desenhar seu alter-ego de tantos outros trabalhos: o viajante espacial que vê o que ninguém mais vê, incluindo o planeta terra, de bem longe. Seu ponto de vista é o mais privilegiado de todos e o rosto do viajante é sempre o de quem está encantado com o que vê. A sinergia do olhar dessa figura com o do público da Mostra, assistindo fascinado os filmes selecionados por mãos cuidadosas, é o que norteou a escolha desta imagem dentro do imenso arquivo do Instituto Ziraldo, que vem cuidando, catalogando e digitalizando os originais do artista.

A 45° Mostra vai apresentar o filme Ziraldo, Era uma Vez um Menino, o documentário realizado por Fabrizia Pinto, sua filha, com música de Antonio Pinto, seu filho. Foram três anos em que Fabrizia se debruçou sobre a obra do pai, e a infinidade de entrevistas que ele vem dando ao longo da vida, e conseguiu realizar uma narrativa inteiramente em primeira pessoa.

Afeganistão, Bangladesh, Quirguistão…

A 45ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, conta com uma grande variedade de filmes dos mais diversos países. Até o momento, estão confirmadas produções da Afeganistão, África do Sul, Alemanha, Argentina, Austrália, Bangladesh, Bélgica, Bolívia, Brasil, Bulgária, Canadá, Casaquistão, China, Colômbia, Coreia do Sul, Costa Rica, Croácia, Egito, Equador, Eslovênia, Espanha, EUA, França, Geórgia, Grécia, Holanda, Indonésia, Irã, Israel, Islândia, Itália, Japão, Kosovo, Líbano, Malta, Macedônia do Norte, México, Noruega, Peru, Polônia, Portugal, Quirguistão, Reino Unido, República Tcheca, Romênia, Rússia, Suécia, Suíça, Taiwan, Tunísia, Turquia e Uruguai.

Abertura simultânea em 10 salas

Neste ano a Mostra promove sua abertura na quarta-feira, 20 de outubro, com sessões simultâneas em dez salas de cinemas da cidade. As exibições dos filmes serão antecedidas pela projeção virtual da cerimônia de inauguração da 45ª Mostra, que terá apresentação de Renata de Almeida e Serginho Groissman e participação de autoridades e patrocinadores.

Confira os locais:

Fórum com debates fundamentais

Pelo quinto ano consecutivo, a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo realiza, em parceria com o Itaú Cultural, o Fórum Mostra, um espaço voltado às discussões sobre os aspectos políticos, econômicos e criativos no cinema.

Em 2021, o Fórum acontecerá ainda de forma virtual, dadas as restrições impostas pela pandemia, e será transmitido pelo canal da Mostra no YouTube nos dias 27, 28 e 29, com mesas sendo realizadas em dois horários: às 11h e às 14h. No primeiro dia, os debates estarão centrados nos impactos da pandemia sobre o audiovisual, tanto em termos de linguagem quanto em termos mercadológicos. As novidades trazidas pelo online e a tendência das linguagens híbridas – algo que a pandemia não criou, mas aprofundou – estarão presentes também no segundo dia do Fórum.

Já no último dia, o V Fórum Mostra vai fechar o foco sobre a complexa e por vezes tensa, relação entre a cultura e política.

Noite Passada em Soho (Last Night in Soho), de Edgar Wright

Serviço e informações importantes

Mostra Presencial

Cinemas

Gratuito

Ingressos dos cinemas:

Ingressos | Circuito com preços populares:

Mostra On-line

Ingressos | Mostra Play:

Gratuito

Sair da versão mobile