Site icon Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

VI Cine Jardim inicia exibições com homenagem aos 25 anos de Corisco e Dadá

A programação de filmes da sexta edição do Cine Jardim – Festival Latino-americano de Cinema de Belo Jardim terá início neste fim de semana com a exibição especial do longa-metragem Corisco e Dadá (1996), dirigido por Rosemberg Cariry, que completa 25 anos de lançamento em 2021. Marco do cinema cearense, a história acompanha a passagem do cangaceiro Corisco pelo Nordeste ao lado de Dadá, jovem que se junta ao bando e torna-se companheira do protagonista. Enquanto fogem da polícia, Corisco e Dadá tentam sobreviver sob o sol e a seca escaldantes do sertão brasileiro.

Corisco e Dadá ficará disponível gratuitamente de 14 a 18 de agosto no site oficial (www.cinejardim.com) e na Plataforma Cardume (https://cardume.tv.br/). No domingo (15), haverá um debate em homenagem à obra que será transmitido pelo canal do Youtube e no perfil do Facebook do Cine Jardim. Participam do encontro o diretor e roteirista Rosemberg Cariry, o ator Chico Diaz, que interpreta o protagonista, e os críticos de cinema Marcelo Ikeda e Neusa Barbosa, com mediação da jornalista Simone Zuccolotto.

De 16 a 28 de agosto, o público poderá assistir aos filmes selecionados para o VI Cine Jardim. A Mostra Competitiva de Longas-metragens Brasileiros exibirá seis filmes, cada um disponível por dois dias também no site do festival e na Plataforma Cardume. São eles: A Mulher da Luz Própria, de Sinai Sganzerla (dias 20 e 21 de agosto); As Órbitas da Água, de Frederico Machado (dias 21 e 22 de agosto); Casa, de Letícia Simões (dias 23 e 24 de agosto); Vermelha, de Getúlio Ribeiro (dias 24 e 25 de agosto); Vil, Má, de Gustavo Vinagre (dias 25 e 26 de agosto), e Sertânia, de Geraldo Sarno (dias 27 e 28 de agosto). Já os 33 filmes selecionados para a Mostra Competitiva de Curtas-metragens Latino-americanos estão divididos em seis programas que ficarão disponíveis entre os dias 16 e 27 de agosto.

VI Cine Jardim também exibirá outros 46 filmes em cinco mostras paralelas entre os dias 16 e 28 de agosto pelo site oficial do festival. Seis curtas nacionais fazem parte da Mostra Diversidade de Voos, que homenageia a atriz Roberta Gretchen Coppola com histórias sobre pessoas transgêneros, e oito participam da Mostra Revoada, que discute memória, preservação e identidade cultural. Tanto a Mostra Rotas de Migração, com abordagens variadas para um público jovem, quanto a Mostra Voo Livre, que apresenta mulheres como protagonistas de suas próprias histórias, trazem nove curtas-metragens cada. Por fim, a Mostra Passarinho é formada por filmes para a infância e reúne, em sua maioria, animações. As obras foram selecionadas a partir de 680 curtas-metragens inscritos para a sexta edição do festival.

Júri e premiação

Formam o júri da Mostra Competitiva de Longas-metragens Brasileiros o diretor e roteirista Allan Ribeiro, o cineasta e professor Bertrand Lira e a atriz, roteirista e diretora Fernanda Chicolet. O trio escolherá os melhores nas categorias Filme, Prêmio Especial, Direção, Imagem, Atuação, Concepção de Som, Montagem, Trilha Sonora e Roteiro. O público também poderá votar em seus filmes favoritos para concorrer ao prêmio de Júri Popular.

Já a Mostra Competitiva de Curtas-metragens Latino-americanos tem como jurados o diretor e roteirista Eduardo Mattos, a pesquisadora e produtora executiva Gabriela Saldanha e a atriz, curadora e produtora Majeca Angelucci. Os filmes serão premiados nas categorias de Melhor Curta, Prêmio Especial, Direção, Imagem, Atuação, Concepção de Som, Montagem e Roteiro, concorrendo também aos prêmios especiais CiaRio, Aquisição Elo Company, Júri Jovem e Júri Popular.

A Mostra Diversidade de Voos será analisada pela atriz e performer Divina Núbia e pela realizadora audiovisual Mariana Luiza, que concederão o Troféu Roberta Gretchen Coppola ao melhor curta-metragem. Os destaques das demais mostras paralelas – Rotas de Imigração, Voo Livre, Revoada e Passarinho – serão escolhidos pelo público por meio de votação nas plataformas de exibição dos concorrentes. Todos os premiados do ano serão anunciados no dia 28 de agosto nos canais oficiais do festival.

Cine Jardim – Festival Latino-americano de Cinema de Belo Jardim é uma realização da Pontilhado Cinematográfico, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, Secretaria Especial de Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal. Conta com o patrocínio da Moura e parcerias do Instituto Conceição Moura, da Universidade Católica de Pernambuco, através da Pró-Reitoria Comunitária, do Instituto Humanitas da Unicap, do Armazém Coral Acha Aqui, Mistika, CiaRio, NayMovie, Elo Company, TVPE e Vou Ser Acessibilidade.

Serviço

VI Cine Jardim – Festival Latino-americano de Cinema de Belo Jardim

De 14 a 28 de agosto de 2021.

Programação e atividades gratuitas.

Onde assistir: Site Cine Jardim (www.cinejardim.com) e Plataforma Cardume (https://cardume.tv.br/).

Sair da versão mobile