Site icon Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

“Histórias e Rimas” chega dia 25 ao Festival In-Edit

Gravado entre 2009 e 2019, o documentário “Histórias e Rimas”, de Rodrigo Gianetto, tem sua première dia 25 de junho na Mostra Brasil do Festival In-Edit 2021. Com depoimentos de renomados nomes da cena, como Racionais MC’s, Emicida, Negra Li, Projota, Thaíde, Karol Conká, Projota The Pharcyde, Dexter, Tássia Reis, Black Alien, GOG, entre outros, o filme faz um mergulho na intimidade desses artistas que transformam rimas autobiográficas em música. Em busca da reflexão sobre os cenários onde cresceram e se tornaram poetas urbanos, o filme mergulha nas realidades que levaram os rappers a ocupar os espaços hoje ocupados por eles.

Criado na zona Sul da capital paulistana, Rodrigo Gianetto cresceu próximo ao movimento hip hop: “Onde eu vivia os jovens escutavam samba ou rap. Eu fazia parte do movimento a partir do momento que decidi me integrar e conhecer mais das periferias próximas. Fiz amigos que me ajudaram nesse mergulho nesse universo”, comenta. “Eu cantava em grupo de rap, organizava eventos aos 15 anos no Ipiranga, na favela de Heliópolis. Ao longo dos anos, quando me tornei diretor, decidi filmar a intimidade que nenhuma reportagem de televisão teve acesso”, explica o diretor, que apresenta em seu filme a vida real desses artistas e a essência das rimas de maneira aprofundada. 

Com cenas de São Paulo ao Rio de Janeiro, Los Angeles à Nova York, o diretor mergulha no universo desses artistas que refletem desde o início de suas trajetórias em como essa busca incessante por espaço, em cenários tão desiguais e estigmatizado, os fizeram ter ainda mais resiliência e vontade de aparecer para o mundo. No geral com rimas autobiográficas, esses jovens retratados colecionam fãs e quebraram barreiras sociais ao conquistar desde as periferias onde cresceram aos palcos de grandes festivais. 

O filme, que estava previsto para estrear em 2020, teve o lançamento adiado por causa da crise global causada pela COVID-19. “Seria a primeira vez que os maiores artistas do rap nacional ocupariam salas comerciais de cinema. Como sempre mereceram e ainda merecem. Mas temos a  honra de estrear no grande festival que contempla produções dedicadas à música, é uma honra”, comenta Rodrigo.

Saiba mais sobre o festival:

O In-Edit Brasil é um evento cinematográfico que tem como objetivo fomentar a produção e a difusão de filmes documentários que tenham a música como elemento integrador. O Festival nasceu em Barcelona em 2003 e hoje é realizado em diversos países como Espanha, Chile, Grécia e Holanda. No Brasil, o IN-EDIT acontece desde 2009. A 13ª edição do Festival será realizada de forma online, de 16 a 27 de junho, com mais de 50 filmes nacionais e internacionais inéditos no circuito comercial, anuncia a programação de 2021.Pelo segundo ano consecutivo, devido à covid-19, o festival acontece de forma online, alcançando todo território nacional. Toda a programação estará disponível na plataforma do festival, in-edit-brasil.com

Sair da versão mobile