Site icon Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

Dear Evan Hansen ganha novos nomes para o elenco

Dear Evan Hansen

Produção de filme baseado em musical da Broadway tem fim de semana agitado.

Dear Evan Hansen, ao lado de Hamilton, é um dos musicais mais amado e premiado da nova safra da Broadway. Ganhador de 6 Tonys, incluindo Melhor Musical, Ator e Atriz Coadjuvante, a peça é sucesso de crítica e público, e ainda continua em cartaz na Broadway. O musical tem músicas da dupla Benj Pasek e Justin Paul, de La, La, Land e O Rei do Show, e também se tornou um livro, e agora vai vira filme. Depois de 2 anos da Universal Pictures comprar os direitos da peça, o projeto está saindo do papel. Após confirmar vários nomes, esse fim de semana a produção ganhou 2 nomes para o elenco, um deles de peso.

Ben Platt e Kaitlyn Dever serão os protagonistas

O filme está em pré-produção desde 2018, quando Stephen Chbosky, do maravilhoso As Vantagens de Ser Invisível e do simpático Extraordinário, foi anunciado como diretor da produção. Na mesma época, foi confirmado que os criadores da peça, Benj Pasek e Justin Paul, entrariam como produtores do filme, e Steven Larson, que escreveu o peça, pela qual ganhou o Tony, escreveria o roteiro do filme. Na mesma época Ben Platt, de A Escolha Perfeita, aparecia como o mais cotado para viver Evan Hansen novamente, uma vez que ele viveu o personagem nos palcos da Broadway, e inclusive ganhou um Tony pelo personagem. Mês passado Ben Paltt foi confirmado no filme. Também foi confirmado o nome de Kaitlyn Dever, de Inacreditável, para viver Zoe Murphy, o par romântico de Evan Hansen e irmã de Connor Murphy, o personagem que é o fio condutor da história. Outra que foi confirmada para um papel importante esse mês foi Amanda Stenberg, a Rue de Jogos Vorazes e que recentemente protagonizou o ótimo O Ódio que Você Semeia. A atriz viverá Alanda, uma das responsáveis pelo “sucesso” de Evan Hansen. Inclusive, segundo a Variety, Pasek e Paul estão escrevendo uma música inédita para um solo da atriz.

Amy Adams viverá Cinthia Murphy a mãe de Connor, o personagem que é o fio condutor da peça

Mas como disse anteriormente, esse fim de semana foi agitado com dois nomes sendo confirmados para o elenco, e um deles de peso. Danny Pino, conhecido na TV pelas séries Cold Case e Law & Order SVU, foi confirmado no elenco. O ator viverá Larry Murphy, pai de Zoe e Connor. Mas, a grande surpresa, e uma das melhores notícias do fim de semana, é a confirmação de Amy Adams para o elenco. A atriz, que já soltou a voz no musical Encantada da Disney, viverá Cinthia Murphy, mãe de Zoe e Connor. Na história, seu personagem recupera a alegria graças as “cartas de Connor” que Evan têm.

Além desses atores, já foram confirmados no elenco Colton Ryan, como Connor, e Nik Dodani como Jared Kleinman, primo de Evan e um dos responsáveis pelo bullying a Connor, além de ser o responsável por ajudar Evan na confecção dos e-mails.

O que Dear Evan Hansen tem de tão especial?
Elenco original da montagem da Broadway de Dear Evan Hansen

Talvez você querido leitor nem sabe do que se trata Dear Evan Hansen, e se pergunte: “O que esse musical tem de tão especial que mereceu minha atenção e um texto no site?” Bem, o motivo do musical ser tão especial, é que ele trata de temas comuns da adolescência como insegurança, bullying, amizade, primeiro amor, relação familiares, solidão e aceitação. Além disso o musical aborda temas delicados como distúrbios de ansiedade, suicídio e luto.

Na história, Evan Hansen é um jovem solitário, que tem um grave distúrbio de ansiedade e não tem amigos. Seu terapeuta então, lhe dá uma tarefa, escrever todos os dias uma carta para ele mesmo descrevendo porque o dia foi bom. Uma dessas cartas é encontrada com Connor, um jovem problemático que acabou de se suicidar e que assinou o gesso de Evan no primeiro dia de aula. Os pais de Connor encontram nisso um consolo, pois acham que Connor finalmente havia encontrado um amigo. Evan, gosta da atenção e resolve prosseguir com a história. Evan começa a se aproximar da família, a ponto de quase ocupar o lugar de Connor. Mas ele se envolve tanto na mentira que ela começa a sair do controle.

O musical foi, e ainda é um grande sucesso na Broadway. Em 2017, no 71º Tony Awards, a peça foi indicada a 9 prêmios, e levou 6 prêmios para casa. Dear Evan Hansen, faturou naquela noite, os prêmios de Melhor Musical, Melhor Ator (Ben Platt), Melhor Atriz Coadjuvante (Rachel Bay Jones), Melhor Libreto (o mesmo que Roteiro), Melhor Trilha Escrita Para o Teatro e Melhor Orquestração.

Dois anos após o sucesso nos palcos da Broadway, o escritor Val Emich, levou musical para as páginas literárias. O livro não é apenas uma adaptação, mas um complemento do musical. O livro apresenta materiais adicionais, como cenas e músicas cortadas da peça. Além disso o livro expande e se aprofunda nas histórias de alguns personagens, como de Connor, que embora seja o fio condutor da história tem pouco tempo no palco. É bem provável que esse material adicional seja aproveitado no filme, já que o livro foi escrito em parceria com Steve Levenson, Benj Pasek e Justin Paul.

Se Stephen Chbosky fizer um trabalho no nível de As Vantagens de Ser Invisível, podemos esperar um filme profundo, sensível e emocionante. Uma vez que o texto que ele tem em mãos é rico em detalhes e com muito potencial. Na verdade, com potencial para se tornar um clássico dos filmes adolescentes e atemporal, uma vez que a peça trata de assuntos delicados, sérios e importantes a serem discutidos em família. Chbosky conseguiu fazer isso muito bem em As Vantagens de Ser Invisível, como você pode ver nesse texto aqui, e o trio Levenson, Pasek e Paul conseguiram fazer isso de forma extraordinária e tocante no musical. Basta aguardamos para vermos como farão essa transposição dos palcos para as telonas. Só espero que mantenham o final da peça e não a troquem para parecer mais hollywoodiana!

Como fã de musical e dessa peça, que é o musical da minha vida, que me fez chorar igual bebê ao final, estou extremamente ansioso com essa produção, mas com um pé atrás também, afinal a peça é tão perfeita. Mas espero que explorem mais o Connor, bem como o motivo do Evan estar com o braço quebrado ao início da peça.

E você já havia ouvido falar sobre Dear Evan Hansen? Está ansioso por essa adaptação? Comentem abaixo e vamos conversar! O filme ainda está em fase de pré-produção deve chegar em 2021 nos cinemas, e qualquer novas informações eu trarei para vocês.

Mas enquanto o filme não chega, confira a apresentação de Ben Platt no Tony 2017, como Evan Hansen, cantando Waving Through a Window. Essa é mais famosa música do musical e resume muito bem o que veremos a seguir. Abaixo você vê a tradução dela!

https://www.youtube.com/watch?v=aMCbfU8UBY0

Se quiser ouvir todas as músicas da peça clique aqui!

Sair da versão mobile