Ícone do site Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

Termômetro do Oscar: as apostas para o Festival de Toronto 2019

Vai começar o Festival Internacional de Cinema de Toronto! Considerado um dos principais termômetros do Oscar o evento acontece entre os dias 5 e 15 de setembro na cidade canadense.

A expectativa sobre festival é grande, já que nos últimos anos os filmes vencedores das mostras foram Green Book, Três Anúncios para um Crime e La La Land, ou seja, um vencedor do Oscar de Melhor Filme e os demais foram indicados e levaram estatuetas para casa.

Nesta 44ª edição, a organização do evento divulgou uma extensa lista de longas-metragens com grande potencial de se destacar na temporada de premiações. Uma das apostas vai para Joker, de Todd Phillips, filme estrelado por Joaquim Phoenix que narra a origem do Coringa.

As estrelas que passarão nas Sessões de Gala não param por ai. Outro filme aguardado é Ford vs Ferrari, protagonizado por Christian Bale e Matt Damon e dirigido por James Mangold.

A diretora Marielle Heller, que levou o filme Poderia Me Perdoar? ao Oscar de 2019 está de volta. Em sua nova produção chamada A Beautiful Day in the Neighborhood, o longa-metragem conta com Tom Hanks no elenco. E ai? Será que vem indicação?

Tom Hanks vs. Joaquim Phoenix

Pra fechar essa lista outros dois filmes vêm chamando atenção da mídia. O primeiro é The Lighthouse, estrelado por Robert Pattinson e Willem Dafoe. Do mesmo diretor de A Bruxa e produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira o longa foi extremamente elogiado no Festival de Cannes.

The Two Popes também tem mãos brasileiras envolvidas. O longa que conta a história da disputa de influência entre os papas Bento XVI e Francisco é dirigido por Fernando Meirelles, responsável por Cidade de Deus. Vale lembrar que The Two Popes é protagonizado por Anthony Hopkins e Jonathan Pryce (O Alto Pardal de Game Of Thrones é ou não é a cara do Papa Francisco?).

Brasil na disputa

Bacurau e A vida invisível vêm ganhando prestígio internacional.

O cinema brasileiro está muito bem representado no Festival. Foram escolhidas três produções, entre elas, A Vida Invisível de Eurídice Gusmão, de Karim Aïnouz, obra que representará o Brasil na disputa pela indicação de Melhor Filme Internacional no Oscar de 2020. A produção que tem no elenco Fernanda Montenegro venceu como Melhor Filme na mostra Um Certo Olhar, no Festival de Cannes.

O elogiado e premiado Bacurau de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles é outro filme que ira participar da mostra World Contemporary Cinema, a principal do Festival. Vencedor em Cannes, Prêmio do Júri, a produção também foi eleita o Melhor Filme do Festival de Munique e de Lima.

No início de agosto a organização do festival anunciou outra produção brasileira: Três Verões. O filme é dirigido pro Sandra Kogut e tem Regina Casé no papel principal. Com forte mensagem política o longa reflete a situação atual do país e acompanha os efeitos da operação Lava Jato numa família envolvida nos esquemas de corrupção. A história é apresentada pela visão dos empregados com foco na personagem de Regina Casé.

Regina Casé em Três Verões.

Vale lembrar-se do longa Wasp Network, do francês Olivier Assayas. O filme é produzido por Rodrigo Teixeira e conta com o ator Wagner Moura no elenco, além de Penélope Cruz e Gael García Bernal. A produção também está na corrida pelo Leão de Ouro no Festival de Veneza.

Exibições especiais

Alguns filmes que farão parte das apresentações especiais também podem surpreender nessa corrida para Oscar. O vencedor do prêmio principal do Festival de Cannes também estará no Festival de Toronto. O filme sul-coreano Parasite, de Bong Joon-ho, é a aposta do país para conseguir uma indicação ao Oscar.  Outro destaque é o filme Jojo Rabbit, de Taika Waititi com Scarlett Johansson.

Parasite.

As donas de streaming também vêm forte nessa temporada de premiações. A Amazon Prime produziu o filme The Report, de Scott Z. Burns, que teve sua estreia no Festival de Sundance no início do ano. O filme é protagonizado por Adam Driver.

THE LAUNDROMAT

Já a Netflix tem investido cada vez mais em filmes. O primeiro deles é a comédia biográfica Dolemite Is My Name, estrelada por Eddie Murphy e dirigido por Craig Brewer. Outra produção que promete é The Laundromat, estrelado Meryl Streep, Gary Oldman e Antonio Banderas. A direção é de Steven Soderbergh. Pra fechar o combo de produções a Netflix reuniu Adam Driver e Scarlett Johansson no filme Marriage Story, de Noah Baumbach. O longa também está disputando o Leão de Ouro em Veneza.

Sair da versão mobile