Site icon Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

Oscar 2020 – Academia Brasileira de Cinema Anuncia os Filmes Selecionados

Oscar 2020

A ABC (Academia Brasileira de Cinema) anunciou os 12 filmes selecionados para tentar uma vaga no Oscar 2020

O Oscar 2020 começou para o cinema nacional. Depois de anunciar a comissão que irá escolher o nosso representante para o Oscar 2020, a Academia Brasileira de Cinema anunciou os filmes pré-selecionados para poder tentar uma vaga para a categoria Melhor Filme Internacional. Diferente dos dois últimos anos, em que tivemos mais de 20 pré-selecionados, este ano temos apenas 12 filmes na lista.

Como era de se esperar os ganhadores de Cannes Bacurau e A Vida Invisível de Eurídice Gusmão encabeçam a lista, junto com o premiado em Berlim Espero Tua (Re)Volta, documentário de Eliza Capai, e o indicado a 3 Spirit Award e ganhador de 1 Spirit Award Sócrates, de Alexandre Moratto. Uma falta sentida, pelo menos por mim, na lista foi Divino Amor, de Gabriel Mascaro. O filme que fez boa carreira internacional, passando em Sundance e Berlim, ficou de fora dos 12 pré-selecionados, assim como Marighela, de Wagner Moura.

Confira abaixo os 12 pré-selecionados ao Oscar 2020.

Bacurau

Direção: Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles

Elenco: Barbara Colen, Sônia Braga, Udi Kier

Sinopse: Bacurau, um pequeno povoado do sertão brasileiro, dá adeus a Dona Carmelita, mulher forte e querida, falecida aos 94 anos. Dias depois, os moradores de Bacurau percebem que a comunidade nao consta mais nos mapas.

Simonal

Direção: Leonardo Domingues

Elenco: Fabrício Boliveira, Ísis Valverde, Leandro Hassum

Sinopse: O filme conta a história de Wilson Simonal, o cantor que saiu da pobreza e comandou as maiores plateias do Brasil. Uma vez no topo, passa a exibir sua riqueza e gosto por carrões e mulheres; faz propaganda de multinacionais; e se recusa a fazer discurso engajado contra a ditadura. Até que resolve ameaçar seu contador quando se vê com problemas financeiros, graças a seus gastos descontrolados, e acaba vendo seu nome envolvido com o DOPS. Começa então a derrocada de uma das maiores vozes que o Brasil já ouviu.

Los Silencios

Direção: Beatriz Seigner

Elenco: Marleyda Soto, Enrique Diaz, María Paula Tabares Peña

Sinopse: Amparo precisa lidar com o desaparecimento da filha e do marido enquanto espera seus documentos para passar pela fronteira entre o Brasil, a Colômbia e o Peru, fugindo dos conflitos armados na região.

A Vida Invisível de Eurídice Gusmão

Direção: Karim Aïnouz

Elenco: Carol Duarte, Júlia Stokcler, Gregório Duvivier

Sinopse: Rio de Janeiro, 1950. Eurídice, 18, e Guida, 20, são duas irmãs inseparáveis. Ambas têm um sonho: uma, se tornar uma pianista profissional; a outra, encontrar o amor verdadeiro. As duas são separadas pelo pai e forçadas a viver distantes. Sozinhas, elas irão tomar as rédeas dos seus destinos, enquanto nunca desistem da esperança de se reencontrar.

A Última Abolição

Direção: Alice Gomes

Sinopse: O Brasil tem o vergonhoso título de “último país ocidental a abolir a escravidão”, fato que se deu apenas em 1888. O documentário aborda a escravidão no Brasil com especial enfoque no período da abolição, destacando os movimentos abolicionistas, seus aliados e inimigos; as ligações da elite política e cultural do país com os movimentos mundiais contra a escravidão; a resistência, revoltas, lutas armadas, quilombos e os líderes da população negra escravizada; culminando com a Lei Áurea e suas consequências para a população negra do Brasil. Ao mostrar o protagonismo do povo negro na luta por libertação, o documentário contribuirá para o debate da história brasileira e da formação da nossa cultura, jogando um novo enfoque no tema e fortalecendo o combate ao preconceito racial.

A Voz do Silêncio

Direção: André Ristum

Elenco: Marieta Severo, Ricardo Merkin, Arlindo Lopes

Sinopse: Um olhar atento varre a cidade grande e suas pessoas anônimas, que vivem suas vidas em tensão para a sobrevivência, resignados com o destino de cada um. Uma realidade onde os sentimentos e emoções perdem seu significado original consumidos pela urgência de novos valores. Um eclipse lunar pontua as mudanças nas vidas dessas pessoas que compõem um mosaico da cidade.

Sócrates

Direção: Alexandre Moratto

Elenco: Christian Malheiros, Tales Ordakji, Rosane Paulo

Sinopse: Depois da morte de sua mãe, o jovem Sócrates, que foi criado apenas por ela durante os últimos tempos, precisa fazer tudo o que for possível para que consiga sobreviver na realidade da miséria, somado com o preconceito por ser homossexual. Seus valores e ideais são colocados na balança com o medo de não conseguir se virar sozinho.

Bio – construindo Uma Vida

Direção: Carlos Gerbase

Elenco: Maria Fernanda Cândido, Maitê Proença, Sharon Menezzes

Sinopse: O que aconteceria se um documentarista pudesse viajar no tempo e captar depoimentos sobre a vida de alguém ainda no calor dos acontecimentos, e não com aquele teor nostálgico de quem se recorda de fatos enterrados há muitos anos no passado? A longa e atribulada existência de um biólogo, que atravessa a segunda metade do século 20 e mergulha no século 21 com uma sede imensa de conhecimento sobre a vida em nosso planeta. Ou até fora dele.

Legalidade

Direção: Zeca Brito

Elenco: Cléo Pires, Leonardo Machado, Fernando Alves Pinto

Sinopse: Em 1961, o governador Leonel Brizola lidera um movimento sem precedentes na história do Brasil: a Legalidade. Lutando pela constituição, mobiliza a população na resistência pela posse do presidente João Goulart. Em meio ao iminente golpe militar, uma misteriosa jornalista pode mudar os rumos do país.

Espero Tua (Re)Volta

Direção: Eliza Capai

Sinopse: Quando a crise se aprofundou no Brasil, os estudantes saíram às ruas, protestando por um ensino público de qualidade e uma cidade mais inclusiva. O longa acompanha as lutas estudantis desde as marchas de junho de 2013 até a vitória do presidente Jair Bolsonaro em 2018. Inspirada pela linguagem do próprio movimento, o filme é conduzido pela locução de três estudantes, representantes de eixos centrais da luta, que disputam a narrativa, explicitando conflitos do movimento e evidenciando sua complexidade.

Humberto Mauro

Direção: André Di Mauro

Sinopse: Um pioneiro do audiovisual brasileiro, Humberto Mauro fez história com uma grande carreira entre a década de 1930 e 1960, produzindo mais de 300 curtas, médias e longa metragens e se tornando diretor do Instituto Nacional de Cinema. Reunindo trechos de obras do cineasta e entrevistas, o diretor André Di Mauro faz um panorama da vida e da carreira desse grande nome do cinema nacional.

Chorar de Rir

Direção: Toniko Melo

Elenco: Leandro Hassum, Monique Alfradique, Otávio Müller

Sinopse: Nilo Perequê, estrela do programa ‘Chorar de Rir’, após ganhar o prêmio de melhor comediante, decide mudar radicalmente sua carreira para dedicar-se ao drama. Mas o que parecia ser fácil, transforma-se em uma grande aventura.

Uma lista para todos os gostos

A lista desse ano para o Oscar 2020, retrata bem o que é o cinema nacional. A palavra que resume essa lista é diversidade, que é o que cinema nacional tem de melhor. Na lista temos filmes para todos os gostos biografia musical, ficção científica, documentário biográfico, histórico e atual, comédia, thriller político, ação, ou seja tem de tudo, menos filme pornográfico.

A lista desse ano é mais enxuta, mas trás filmes muito bons, e alguns já com renome internacional. Como todos já sabem Bacurau é o favorito para a vaga brasileira para o Oscar 2020, afinal além de ganhar o Prêmio do Júri em Cannes, o filme foi selecionado para o Festival de Nova York e Toronto. Mas com a seleção de A Vida Invisível para o Festival de Toronto, o filme que foi premiado na Mostra Um Certo Olhar em Cannes e é distribuído pela RT Features do Rodrigo Texeira, indicado ao Oscar por Me Chame Pelo Seu Nome, ganhou fôlego na disputa. Se nada der errado a vaga fica para um desses. Mas com Sócrates na lista, não me admiraria se ele fosse a zebra da vez.

Agora é aguardar até o dia 27 de agosto, quando iremos conhecer o representante brasileiro na corrida para uma vaga no Oscar 2020.

Mas e você querido leitor? Aposta em quem? O que achou da lista? Coloque sua opinião abaixo e vamos dialogar!

Confira abaixo os trailer dos pré-selecionados.

https://www.youtube.com/watch?v=AkITl0uUDW0

Sair da versão mobile