Ícone do site Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

Cinema e música: conheça 10 atores que transitaram (muito bem) nos dois mundos

Desde os primórdios do cinema, é muito comum que grandes estrelas da música se aventurem como personagens em filmes. Ano passado, Lady Gaga ganhou destaque ao participar de “Nasce Uma Estrela”, da mesma forma que Johnny Cash, Elvis, Tupac, George Strait, Mick Jagger e Gabriel Sater também brilharam nas telonas. O caminho inverso também é comum, alguns atores ao se aventuram em papéis que exigem que eles cantem, acabam fazendo sucesso também no mundo da música, como por exemplo Bradley Cooper e Jeff Bridges. Outros, como Donald Glover (Childish Gambino) e Jennifer Lopez, acabam sendo mais reconhecidos no meio musical do que em suas carreiras como atores.

A lista que preparei, no entanto, anda na contramão desse raciocínio. Separei 10 atores que se aventuraram no mundo da música de tal forma que ela se tornou uma extensão de sua personalidade artística e não apenas um produto. Isso significa que não veremos nomes como Sylvester Stallone ou Tom Hanks que, apesar de já terem cantado músicas nas trilhas sonoras de seus filmes, nunca lançaram um álbum completo.

10 – Eddie Murphy

Em 1985, Eddie Murphy lançou o álbum de R&B ‘How Could it Be’ que logo se tornou um sucesso comercial atingindo mais de 500 mil cópias, levando um disco de ouro. A canção ‘Party All the Time’, produzida por Rick James, alcançou o número 2 da Billboard e se consagrou o maior sucesso do disco. Eddie gravou o álbum por causa de uma aposta com o ator Richard Pryor que garantiu que Eddie jamais teria uma carreira musical. O ator lançou ainda outros dois discos: “So Happy”, em 1989, e “Love’s Alright”, em 1993. Nenhum dos dois obteve o mesmo sucesso do primeiro. Recentemente, Eddie lançou algumas novas músicas, dessa vez se aventurando pelo mundo do Reggae ao invés do R&B.

9 – Bruce Willis

Um ano antes de ‘Duro de Matar’ chegar aos cinemas, Bruce Willis lançou o disco ‘The Return of Bruno’, com um repertório composto basicamente de covers de Blues. O disco, lançado pela Motown, chegou no TOP 20 do ano e ele conseguiu emplacar vários hits nas paradas musicais. Entretanto, a bilheteria estrondosa e a elevação de Bruce para o Status de estrela, acabaram por ofuscar essa promissora carreira musical. Em 1989, Bruce lançou um segundo álbum chamado ‘If It Don’t Kill You, It Just Makes You Stronger’. Esse segundo álbum contou com 5 canções compostas pelo próprio Bruce, mas não atingiu o sucesso esperado.

8 – Robert Downey Jr

Robert Downey Jr sempre flertou com o mundo da música tendo cantado na trilha sonora de vários de seus filmes. Em 2004, ele optou por dar um passo a mais e gravar um CD. ‘The Futurist’ teve um lançamento morno e uma recepção seca, o que fez com que Robert Downey Jr desistisse de gravar outro disco, já que a energia que ele havia colocado na sua realização não foi agradou os críticos ou público. Além de cantar, o vingador ainda foi responsável pela composição da maioria das músicas do álbum.

7 – Scarlett Johansson

Outra vingadora que se aventurou no mundo da música foi Scarlett Johansson. Em 2008, ela lançou o álbum ‘Anywhere I Lay My Head’ composto basicamente por canções (regravações e inéditas) de Tom Waits. O CD contou com a participação da banda Yeah Yeah Yeahs e de David Bowie em duas músicas. Apesar da repercussão morna nos EUA, o disco foi um sucesso de vendas na Europa. Em 2009, em colaboração com Pete Yorn, Scarlett lançou o disco ‘Break Up’. Mais uma vez, as canções indie folk da atriz fizeram sucesso na Europa, atingindo o certificado de Platina na França com mais de 100 mil cópias vendidas.

6 – Kevin Costner

O vencedor do Oscar, Kevin Costner, formou em 2007 a banda de country/rock Kevin Costner & Modern West. O primeiro álbum ‘Undtold Truths’ foi lançado em 2008 e teve um sucesso moderado. A banda lançou mais 3 álbuns, com destaque para ‘Famous for Killing Each Other: Music from and Inspired by Hatfields & Mccoys, um álbum conceitual lançado em 2012 em que as músicas são todas inspiradas no conflito entre as famílias Hatfield e Mccoy no sul dos estados unidos. Esse álbum entrou no TOP 15 da Billboard Country e apresenta uma sonoridade mais puxada para o Americana Folk.

5 – Kevin Bacon

O eterno galã Kevin Bacon participa de uma banda country chamada The Bacon Brothers. Formada em 1995 junto de seu irmão Michael Bacon, a banda já lançou vários discos sendo o mais recente de 2018. Kevin Bacon é o primeiro da nossa lista a realmente ter uma carreira consistente no mundo da música, e consegue administrar suas duas carreiras com sucesso.

4 – Jack Black

Jack Black é membro da banda de rock Tenacious D ao lado de seu amigo Kyle Gass. A banda surgiu em 1994 com o intuito de fazer apresentações de músicas engraçadas em uma trupe de teatro. Entre 1997 e 2000, foi ao ar uma série sobre a banda que foi fundamental para um alcance maior de público. Tenacious D possui 5 discos e 1 longa de comédia sobre a história do grupo. Em 2015, eles ganharam um Grammy com a música The Last in Line.

3 – Zooey Deschanel

Desde 2006, Zooey Deschanel faz parte do duo de indie pop ‘She & Him’ junto do músico M. Ward. Deschanel conheceu Ward nas gravações do filme indie The Go-Getter, quando o diretor do filme Martin Hynes apresentou a dupla e pediu para que eles compusessem e gravassem uma canção para os créditos do filme. A dupla possui 6 discos lançados e já vendeu mais de 800 mil cópias em toda a carreira.

2 – Steven Seagal

O bruta monte dos filmes de ação possui, sim, um lado sensível. Em 2005, o cantor lançou o disco ‘Songs from the Crystal Cave’, um álbum que mistura pegadas de blues, reggae, música asiática folclórica e rock; que contou, inclusive, com uma parceria de Stevie Wonder na gaita. O CD é basicamente uma representação musical da carreira cinematográfica do ator. Em 2006, ele lançou seu segundo álbum chamado de ‘Mojo Priest’, em que ele, mais maduro, parece abraçar mais a sonoridade blues. Apesar das críticas negativas, Seagal recebe até hoje elogios de grandes nomes do blues, como Rick Derringer, que clamou que Seagal é “O melhor homem branco que toca blues no planeta”.

1 – Steve Martin

Steve Martin é um artista completo. Ele obteve sucesso em todos os projetos artísticos que se envolveu: stand-up, atuação, roteiro, autor de livros e autor de teatro. É claro que na música não seria diferente. Desde o começo de sua carreira, Steve Martin sempre flertava com a música, tendo gravado algumas canções em seus álbuns de comédia. Em 2009, ele decidiu abraçar de vez o seu amor pelo banjo e pelo Bluegrass e lançou um álbum intitulado The Crow. Com participações de Dolly Parton, Vince Gill e Mary Black, o álbum venceu o Grammy de melhor Álbum Bluegrass e atingiu o número 1 nas paradas. Em 2011, ele lançou outro álbum indicado ao Grammy, que conta com grandes parcerias musicais como Dixie Chicks e Paul McCartney. Steve Martin lançou outros 4 discos de Bluegrass, sempre alcançando muito sucesso de crítica e de público.

Sair da versão mobile