Ícone do site Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

Elenco de “Me Chame Pelo Seu Nome” está confirmado para sequência do filme

"Me Chame Pelo Seu Nome" ganha trailer e cartaz

Não muito após o sucesso de “Me Chame Pelo Seu Nome“, muita gente pedia por mais aventuras de Elio e Oliver. O diretor Luca Gadagnino já havia deixado no ar que pretendia satisfazer esse público, e confirmou que gostaria de seguir a vida dos personagens ao adaptar o epílogo do romance de André Aciman. O roteirista James Ivory, que se tornou a pessoa mais velha a ser indicada ao Oscar, disse que não sabe de nada sobre o roteiro, e as informações sobre como a história será concebida são as menos claras até o momento.

O que se sabe é que Gadagnino está interessado em falar sobre os anos 1990 e a crise da AIDS que ocorreu na época, seguindo os amantes vividos por Timothée Chalamet e Armie Hammer ao redor do mundo. O cineasta italiano também citou que tem vontade de aguardar um envelhecimento “real” dos atores, na expectativa de fazer algo semelhante ao que Richard Linklater fez na trilogia “Before” – estrelada por Ethan Hawke e Julie Delpy. Aparentemente, o diretor parece querer algo mais detalhado que o apresentado nas páginas finais do livro de Aciman, que apenas pontua um diálogo entre os protagonistas alguns anos mais tarde, refletindo sobre as escolhas da vida.

Em uma entrevista ao IndieWire, o ator Armie Hammer disse que recebeu informações detalhadas de como seria o script, declarando que o roteiro não está pronto, mas o “pitching” do cineasta deixou claro todas as ideias e o entusiasmo para o projeto. Hammer disse que, se Luca está animado, o elenco também estará, mesmo que seja para um papel coadjuvante caso o roteiro demande isso de seu personagem.

Ao que tudo indica, os principais atores do primeiro filme, como Amira Casar, Michael Stuhlbarg, Esther Garrel, além de Chalamet e Hammer, já estão dentro do projeto.

“Me Chame Pelo Seu Nome” fez uma ótima bilheteria para um filme independente, e já está se tornando um “jovem cult”. A proposta também parece combinar com o momento vivido pelo jovem Chalamet, que está sendo catapultado como astro do cinema (ele estará no próximo filme de David Michôd, contracena em breve com Steve Carrell, além do próximo projeto de Woody Allen).

Ainda não há data de quando a sequência de Luca Gadagnino será produzida ou lançada. O diretor italiano ainda deve lançar o terror “Suspiria”, remake do clássico de 1977 de Dario Argento, e produzir “Rio”, projeto que terá Jake Gyllenhaal, Michelle Williams e Benedict Cumberbatch em uma trama de mistério que se passa na cidade brasileira que o intitula.

Sair da versão mobile