Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

Curtindo a Vida Adoidado Trilha Sonora – Parte 3 de 5 – I Dream of Jeannie

Continuando a série de publicações sobre a trilha sonora do filme “Curtindo a Vida Adoidado” (clique aqui para ver a primeira parte e aqui para ver a segunda parte) este é o momento de citar uma referência antiga da cultura pop. Bem antiga mesmo: “Jeannie é um Gênio”.

Para entender o que estou dizendo primeiro é necessário pelo menos ler a trilha sonora oficial lançada no ano passado (veja a primeira parte desta série para entender melhor este lançamento) são 35 faixa no CD somando 76 minutos e 47 segundos lançada pela LA-LA-LAND Records (sim, La-La-Land é uma referência antiga para Los Angeles, já que esta gravadora existe desde 2002, e esta não é apenas uma referência para o novo filme queridinho de Hollywood  recordista de indicações ao Oscar) :

TítuloArtistaDuração
1.“Love Missile F1-11 (Ultraviolence Mix)”Sigue Sigue Sputnik6:58
2.“Oh Yeah”Yello3:08
3.“Beat City”The Flowerpot Men3:37
4.“B.A.D.”Big Audio Dynamite5:47
5.“Please, Please, Please, Let Me Get What I Want”The Dream Academy3:09
6.“Danke Schoen”Wayne Newton2:35
7.“Radio People”Zapp5:40
8.“I’m Afraid”Blue Room4:51
9.“The Edge of Forever”The Dream Academy4:21
10.“Ferris in Bed”Tema por Ira Newborn0:57
11.“Cameron in Bed/Ferris Goes Hawaiian”Tema por Ira Newborn1:44
12.“I’ll Go (unused)”Tema por Ira Newborn1:02
13.“Nurse”Tema por Ira Newborn0:11
14.“Ferris on Line 2”Tema por Ira Newborn0:43
15.“Bueller, Ferris Bueller”Tema por Ira Newborn0:08
16.“Mom Checks on Ferris”Tema por Ira Newborn1:40
17.“Jeannie Turns Ugly”Tema por Ira Newborn0:34
18.“Rooney on Patrol”Tema por Ira Newborn1:26
19.“Save It, Ferris (unused)”Tema por Ira Newborn0:40
20.“Rooney Sneaks Around/Star Wars (Main Title)”Tema por Ira Newborn2:25
21.“Going to Take a Stand (unused)”Tema por Ira Newborn3:30
22.“Cameron Takes the Heat”Tema por Ira Newborn0:55
23.“Oh Shauna Jeannie”Tema por Ira Newborn0:46
24.“He’s Gonna Marry Me (unused)”Tema por Ira Newborn1:22
25.“Dog Food Rooney/Ferris Goes to Bed”Tema por Ira Newborn – Hollywood Studio Symphony0:59
26.“Mom, Dad and Ferris”Tema por Ira Newborn1:34
27.“Ferris on Line 2 (alternate)”Tema por Ira Newborn0:41
28.“Theme from Star Trek (unused)”0:30
29.“Cameron Takes the Heat (alternate)”0:57
30.“Coughlin Bros. Mortuary”Hollywood Studio Symphony0:27
31.“Celebrated Minuet”Hollywood Studio Symphony1:37
32.“Ballpark Baloney”Hollywood Studio Symphony1:10
33.“Polka Medley”Hollywood Studio Symphony3:18
34.“I’m Afraid (Instrumental Film Version)”Blue Room4:51
35.“Twist and Shout (Marching Band Overlay)”2:35

 

Agora vamos nos concentrar no número 17. Como infelizmente não encontrei este álbum tanto de forma física quanto de forma por streaming só me resta conjunturas, mas o nome da faixa 17 entrega muita coisa: “Jeannie Turns Ugly”. Certamente esta faixa faz referência a uma pequena cena mostrada abaixo, onde Matthew Broderick mostra os dons de dança de Ferris Bueller ou do próprio Matthew… vai saber…

Esta cena acima tem míseros 11 segundos. Quando tinha 8 ou 10 anos, nas primeiras vezes que assisti este filme, estes 11 segundos eram suficientes para lembrar de tudo. Mas agora, 30 anos depois das primeiras vezes que assisti ou ainda muito tempo depois da minha infância, esta miséria foi suficiente apenas para lembrar que tinha alguma coisa diferente nela. Assim, assistir umas 10 vezes foi suficiente para achar a informação dentro da minha cabeça para chapéus número 60 ou 61 (existem maiores, mas ainda sim é um baita cabeção). E a informação está no vídeo abaixo:

Agora a explicação da cultura pop: “Jeannie é um Gênio” (I Dream of Jeannie) é um seriado dos E.U.A que foi ao ar pela emissora N.B.C. entre 1965 e 1970. Já no Brasil, ele passou em tantas emissoras que fica difícil dizer a data que passaram: TV Paulista, Rede Excelsior, Rede Record, Rede Globo, Rede Bandeirantes, Rede Tupi, Warner Channel, Rede CNT, Rede TV!, TV Assembleia, Rede 21, TV Brasil, TV Litoral, TV Nova, Rede Brasil e, é claro, SBT. Este programa é tão antigo, que as duas primeiras temporadas foram gravadas em preto e branco. O seriado era estrelado por Barbara Eden (hoje com seus 85 anos no papel de Jeannie), e Larry Hagman (no papel de Capitão Anthony “Tony” Nelson –  mais tarde, Hagman faria parte do famoso seriado Dallas).
Este é um daqueles enlatados, os U.S.A, de 9 até as 6 (como diria a Legião Urbana) muito comuns na década de 70 e 80 na TV brasileira (época que passei minha infância, e o personagem Ferris Bueller também, mas vale lembrar que ele é uns 10 anos mais velho que eu). Este seriado contava a vida de um gênio (ou uma gênio, não sei se gênio concorda com gênero…
mas enfim, estamos falando da personagem Jeannie) que tinha um caso amoroso com seu “amo” (Tony), com um toque de comédia (uma “sitcom”). Na verdade, o seriado da N.B.C. era a resposta à audiência de outro seriado da A.B.C (uma emissora concorrente) chamado “A Feiticeira” (Bewitched) que foi ao ar entre 1964 e 1972. Acreditem: a temática era quase a mesma. Não vou explicar muito vou deixar que o vídeo abaixo (a abertura do seriado de 1964) explique o que eu e o Velho Guerreiro, o Chacrinha estamos dizendo: “Na TV nada se cria, tudo se copia”. E sim, eu também assisti este quando criança.

Agora que já demos uma grande volta na cultura POP dos E.U.A. (e Brasileira, já que nossa TV importava muito mais naquela época do que importa atualmente) vamos juntar tudo isso: a faixa 17 da trilha sonora é chamada “Jeannie Turns Ugly”, e como me resta especular pela falta de ouvir a faixa, acredito que esta música possua uma introdução muito parecida com a introdução do seriado “Jeannie é um Gênio” pelo menos nos seus 11 segundos iniciais e os últimos segundos termine de forma diferente. Certamente recebeu este nome pois convenhamos… a dança que Matthew Broderick fez nesta cena é sofrível… ele deixou uma bela música feia.

Ou ainda: A cena de 11 segundos começa exatamente aos 11 minutos e 56 segundos do filme. Após ela, aos 12 minutos e 07 segundos começa uma cena onde aparece Jeannie, a irmã de Ferris!!! Nesta cena a irmã (interpretada por Jennifer Grey que em 1987 estrelou Dirty Dancing) fica sabendo que todo o colégio está com pena do suposto acamado irmão dela, e fica muito irritada com isso. O nome da música 17 pode estar neste contexto também, uma mulher irritada pode não ser bonita (fora alguns raros casos daquelas mulheres que até ao acordar são bonitas).

Agora a música: tanto a música do seriado “Jeannie é um Gênio” quanto o tema do seriado “A Feiticeira” são muito parecidos. Ambos possuem um pé no Swing. Este é o estilo de Jazz da época da segunda guerra mundial com Louis Armstrong, Benny Goodman, Louis Prima entre outros. No Brasil, recentemente, no “Superstar” da Rede Globo, pareceu um trio de mulheres que cantava Swing muito bem, elas se chamavam de Cluster Sister (e estas eu achei em sistemas de streaming de música do meu celular). Como ambos eram programas família, os seriados tinham que chamar atenção de crianças (abertura em animação), adultos jovens (com a própria temática do seriado) e de adultos mais velhos (com a música de abertura que remete aos tempos antigos que viveram). Apesar da semelhança, os dois temas dos dois seriados possuem um pouco de diferença, sendo que o tema mais novo, o de Jeannie é um pouco mais moderno, mais misturado com temas latinos comum no Jazz da década de 60, para mostrar um pouco mais de modernidade em comparação ao concorrente da outra emissora.

Agora, você consegue notar a diferença das duas aberturas? No último vídeo deste artigo com performe da “New Project Funk Orchestra” e de “Marco Pierobon” existe uma execução muito bem feita dos dois temas. Tente descobrir em qual momento acaba um tema e qual momento começa outro. Até a próxima!

Sair da versão mobile