Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

As melhores canções do Oscar 2015 – The Sound Of Music

Vocês não sabem como fico feliz com uma surpresa positiva. Esta canção não concorreu à premio na note do Oscar 2015,  mas foi aquela que me deixou boquiaberto de uma forma muito positiva, tal qual não lembro de ocorrer em faz um bom tempo.

Quando foi anunciado que Lady Gaga iria fazer uma apresentação no Oscar, eu, com minha visão limitada e preconceituosa sobre a música pop, logo pensei em uma apresentação no maior estilio “Madonna” na turnê “Erotica”. Foi ótimo estar errado.

A mulher entra no cantando de forma linda a música “The Sound of Music”, canção tema do filme “A Noviça Rebelde” de 1965 (lançado 50 anos atrás!) cujo nome em inglês também é “The Sound of Music”, e na premiação do Oscar de 1966 concorreu à 10 estatuetas levando 5, sendo elas: a de melhor edição, melhor mixagem de som, melhor adaptação (pois o filme é baseado em uma história real publicada em um livro), melhor diretor e melhor filme (em uma época que musicais eram muito bem aceitos). Só esta última premiação justifica lembrar o filme 50 anos depois, e não só as várias vezes que assisti este filme na “Sessão da Tarde” durante a minha infância. Vale lembrar que na minha infância este filme já tinha uns 20 anos… Ironicamente para este artigo, “A Noviça Rebelde” não concorreu à melhor canção no ano de 1966.

Mas definitivamente, como já disse a revista TIME, o maior choque da apresentação foi Lady Gaga não causar choque. Muito pelo contrário, foi a apresentação mais linda, suave (apesar das notas musicais altas que ela alcançou de forma muito bem feita), agradável e sensacional da noite, mostrando que a cantora realmente aprendeu algo com a carreira (e talvez com sua parceria com o cantor Tony Bennett) e se mostrou mais versátil que as pontas que fez em “Sin City: A Dama Fatal” e em “Machete Kills“. Como cantora ela se está intocável. Como atriz… bem… deixa isso para avaliar melhor em papéis maiores.

Segue agora o momento mais bonito da apresentação do Oscar 2015:

 

 

 

Sair da versão mobile