Ícone do site Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

Inumanos – Os “novos” mutantes da Marvel Studios

A Marvel Studios é hoje dona da maior franquia atual de filmes nos cinemas. Com filmes planejados  até 2019 e dona de centenas de diferentes personagens esse braço forte da Disney se encontrou em um impasse e o resolveu de forma brilhante que surpreenderia o próprio Tony Stark.

A Marvel Comics, através de seus dois maiores expoentes, Stan Lee e Jack Kirby (apenas para citar os mais conhecidos e não para desmerecer os outros) criou inúmeros personagens, mas o bom velhinho Stan Lee depois de alguns anos após criar o Homem-Aranha, Incrível Hulk, Capitão América e outros deixou as revistas em quadrinhos de lado e foi seguir o seu grande sonho que era ver os personagens criados por ele em outras plataformas, como televisão e cinema.

Décadas depois, hoje Lee vê o apogeu de seus ideia, mas antes de chegar a esse ponto houve uma pulverização  dos direitos cinematográficos de muitos dos seus personagens, tornando uma verdadeira salada mista deles entre diferentes estúdios.

Aos poucos a Marvel Studios está readquirindo muitos personagens que estavam em outras casas, como o mais um dos personagens mais querido pelo público o Homem-Aranha, através de um acordo com a Sony Pictures.

 Além dos Vingadores a Marvel tem um outro grupo de super-heróis, talvez até mesmo mais conhecido pelo grande público uma vez que tiveram diversos desenhos animados, estou falando dos X-Men.

O problema como os filhos do átomo, como também são chamados os mutantes, é que quase todos os personagens (99%) e também os personagens do Quarteto Fantástico, pertencem a 20th Century Fox e a Marvel Studios não tem um relacionamento bom com o estúdio da raposa, muito pelo contrário.

A Marvel Comics, em uma forma de retaliação aos filmes dos X-Men (uma ótima franquia tendo em vista a nova trilogia iniciada com “X-Men: Primeira Classe”) e do Quarteto Fantástico, vem diminuindo e muito com a participação e a importância dos mutantes e do quarteto nos quadrinhos.

Mas como a Marvel Studios poderia perder uma gama de histórias com um super-grupo de páreas da sociedade com infinitos poderes interessantes e diferentes. A resposta é eles não perderam, apenas olharam para um caminho diverso.

No universo dos quadrinhos da Marvel Comics existe um grupo de super-seres até então pouco conhecidos pelo grande público chamados de Inumanos.

Os inumanos são descendentes de humanos normais que ha muitos séculos foram alterados através de experiências genéticas realizadas pelos alienígenas da raça Kree, sim a mesma raça de Ronan, o Acuasador, vilão principal do filme Os Guardiões da Galáxia.

A série de tv “Marvel – Agents of Shield”, atualmente em sua segunda temporada, está abordando exatamente a existência dos inumanos, e ao que tudo indica ela utilizará esses personagens como a sua versão dos x-men, sendo pessoas que são rejeitados e temidos pelos humanos normais e que precisam aprender a lidar com seus poderes.

Uma suposição interessante e que confirmaria essa ideia é de que os personagens, Mercúrio e Feiticeira Escarlate, que serão apresentados no novo filme dos Vingadores, não serão mutantes (como na realidade o são nos quadrinhos), mas sim inumanos.

O filme dos “Inumanos” é previsto para o dia 12 de julho de 2019, até lá recomendo que assistam a série “Marvel – Agents of Shield” e acompanhem sempre o Cinem(ação) para as novidades dos seus filmes preferidos.

Sair da versão mobile