Ícone do site Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

Cinem(ação) na CCXP – Sobre a Comic Con e o fato de eu não ser tão “geek” assim

ComicConExperience_logoLembro-me muito bem das primeiras vezes em que eu fui a um evento de “cultura pop” na minha vida. Eu era um pré-adolescente e dependia da carona do meu pai. Na época, os eventos eram apenas “eventos de Anime”, já que as animações japonesas eram o principal produto cultuado entre os nerds/geeks/otakus da época – há mais de 10 anos.

Desde os tempos áureos dos primórdios dos anos 2000, estes eventos estiveram presentes no meu planejamento anual. No entanto, eu nunca fui um fanático por todos os desenhos e produtos que permeavam o universo destes eventos.

O tempo passou e os planos começaram a mudar… o que me afastou de todas estas festas anuais do mundo pop. Por este e outros motivos, confesso que demorei a me empolgar com as notícias de que a Comic Con desembarcaria no Brasil (e eu nem me refiro à Brasil Comic Con, um evento menor que carrega a mesma marca e apenas dá continuidade a uma série de atritos entre organizadores de eventos e os direitos de registro).

No entanto, as oportunidades surgiram e o meu sábado se tornou um dia de revisitar os grandes eventos. Foi na Comic Con Experience que eu descobri que nunca tinha ido a um evento de grande porte de verdade. Os estandes das empresas, as opções de fotos, as filas, a quantidade enorme de gente em todos os lugares, e os estandes claramente pensados para alegrar a vida de todos os geeks, nerds, amantes da cultura pop.

O fato é que eu não sou um fanático por tudo isso. Gosto do bom cinema, da boa literatura, admiro algumas produções. Mas não fico surtado ao ver um ator ou uma atriz de Hollywood, nem acho imprescindível ter autógrafos ou pegar fila para ver miniaturas de super heróis. Felizes dos que fazem parte dessa turma, mas eu apenas não sou assim.

Mesmo assim, a Comic Con me abriu horizontes que estavam fechados há alguns anos. Mostrou como é divertido poder ver pessoas vestidas de Cosplay, tirar fotos em tronos de ferro e sofás das séries de TV. Lembrou o quanto é bom fazer parte de tantos universos divertidos que nos deixam mais fortes para enfrentar a dura realidade da vida.

Como todo evento anual costuma melhorar suas atrações a cada ano, imagino que as próximas edições de Comic Con Experience serão melhores. Nestas, quero estar presente todos os dias, de preferência nos painéis principais.

Sair da versão mobile