Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

Sexta-feira tem estreia de documentário sobre Tom Jobim

aluzdotom_bannerNelson Pereira dos Santos pode ser considerado o mais importante cineasta vivo do Brasil. E chega hoje aos cinemas com seu segundo documentário sobre Tom Jobim.

Se o primeiro filme, “A Música Segundo Tom Jobim”, falava sobre a arte produzida pelo maestro soberano, este “A Luz do Tom” fala sobre o ser humano que havia dentro do artista – ou que continha o artista dentro, sabe-se lá. Juntos, os dois filmes formam um díptico, pois se conversam e se complementam.

O maior compositor da música brasileira é retratado, neste filme, pela visão de três mulheres que fizeram parte da vida dele em três períodos: sua juventude, seu auge na carreira e sua fase final da vida.

Nelson Pereira dos Santos já dirigiu documentários sobre a vida de Sérgio Buarque de Hollanda e Gilberto Freyre. Mesmo com mais de 60 anos de carreira e 84 anos de idade, além de uma cadeira de imortal na Academia Brasileira de Letras, o cineasta pretende rodar a cinebiografia de Dom Pedro II a partir do livro de José Murilo de Carvalho.

Alegremo-nos!

Sair da versão mobile