Cinem(ação): filmes, podcasts, críticas e tudo sobre cinema

Battleship – Batalha dos Mares – crítica

Você afundou meu encouraçado…

Quem nunca disse essa frase jogando o mitológico jogo batalha naval. Mais uma vez os cinemas e a Terra são invadidos por um filme baseado em um jogo da fabricante Hasbro, sendo que já tivemos os filmes Transformers,1,2,3 e G.I. Joe 1 e temos uma continuação a estrear.

O filme, devo confessar que me surpreendeu mais do que esperava, o que justifica minha nota. Mesmo tendo assistido a versão dublada a qualidade do som não se perdeu.

O filme é muito bem montado em nos apresentar o universo do filme, dando explicações científicas e também dos termos náuticos.

Toda a ação ocorre nos mares de  uma ilha no Havaí durante um evento esportivo e de cooperação estratégica entre as marinhas de diversas nações. Em determinado momento somos invadidos e aí começa a batalha. Em meio a grandiosos filmes de invasão alienígena, Transformers e Os Vingadores, para citar alguns, podem ter certeza que verão efeitos de ponta e empolgantes.

O filme também toca em pontos importantes e polêmicos da vida dos marinheiros, mostrando muitos soldados feridos e aleijados por conta de suas inúmeras batalhas e também na função social que esses homens e mulheres podem ter, sendo que muitos apenas sabem lutar,e agora que não podem mais, o que fazer? E é muito gratificante ver o respeito e as homenagens que fizeram aos veteranos idosos.

O herói do filme, o ator Taylor Kitsch, nos dois primeiros terços do filme não é nem um pouco carismático, mas no final ele acaba conquistando o espectador que torce para sua vitória. O que ajuda o personagem de Taylor é a presença do ator Alexander Skargard (True Blood) que no filme faz o papel de irmão e mentor do nosso herói.

Temos também uma boa atuação da cantora Rihanna: será ela a nova Michelle Rodriguez dos cinemas? Liam Neeson ao todo aparece durante uns 10 minutos de filme, fazendo o que sabe melhor: ser o líder.

O filme falha em não dar muitas explicações principalmente sobre os alienígenas invasores e suas motivações. Mas é um filme que deve ser assistido para quem adora um filme de ação com bom humor. Um excelente filme para quem adorou Transformers, o 1 e o 3, já que aquele 2 só o Michael Bay gostou.

03 Claquetes

Sair da versão mobile