5 Ótimos Filmes de 2017 que Você (Provavelmente) Não Viu

5 Ótimos Filmes de 2017 que Você (Provavelmente) Não Viu

Filmes sensacionais são lançados todo ano. Nem sempre dá para acompanhar tudo e fica aquela sensação de que você está perdendo algo. Então que tal conhecermos/lembrarmos de 5 filmes que estrearam este ano no Brasil este ano, mas que não tiveram muito espaço nas salas e que, portanto, você provavelmente não viu (não há uma hierarquia entre eles, são apenas indicações…).

Deixe nos comentários dicas de filmes deste ano para deixar este espaço ainda mais completo, quem sabe teve algum filme que eu não tenha visto.

Antes, veja a nossa lista com os 5 longas do ano passado

A CRIADA:

O cinema sul-coreano vem nos dando ótimos filmes, talvez o melhor deles seja o A Criada. Chegou logo no começo do ano no Brasil, dia 12 de janeiro e com certeza estará na lista dos melhores. Aqui temos uma história repleta de reviravoltas – acho que contei umas 897… daquelas que você agradece por estar sendo enganado. Visualmente é um assombro: enquadramentos milimetricamente perfeitos (quem tem TOC vai adorar). O diretor e roteirista Chan-wook Park, que entre outras coisas dirigiu OldBoy, mistura o que um Tarantino faria com o que 50 tons de cinza não conseguiu/não quis fazer.

VEJA A NOSSA CRÍTICA COMPLETA DE A CRIADA

O CIDADÃO ILUSTRE:

Se o cinema sul-coreano vai bem, o argentino também não fica atrás. Dia 11 de maio chegou ao Brasil O Cidadão Ilustre, possivelmente a melhor comédia do ano. A história simples de um escritor de sucesso que vai na cidade natal ganha relevo em cada encontro desencontrado. As piadas são um misto das personalidades do locais com as reações do protagonista, um personagem com camadas. Discussões sobre o papel da arte ganham o filme, tornando-o quase metalinguístico. Quem gostar de literatura ou por ventura for escritor terá um sabor a mais aqui.

CONFIRA A MINHA CRÍTICA COMPLETA SOBRE O FILME LÁ NO SITE RAZÃO DE ASPECTO

SOUNDTRACK:

Primeiro filme brasileiro na lista, Soundtrack é uma obra prima. Este filme respira arte, em especial fotografia e música, além, é claro, cinema. A partir da questão do legado (o filme se passa no ártico e tem toda a questão ambiental como plano de fundo), aborda-se o sentir artístico, gerando assim reflexões e emoções raras. Ah, vale o comentário de que apesar do ambiente gélido aparentemente genuíno, o filme é todo gravado em um estúdio no RJ. Atuações maravilhosas de Seu Jorge, Stelton Mello e Ralph Ineson (o patriarca do excelente A Bruxa) dão a cereja no bolo aqui.

CONFIRA A NOSSA CRÍTICA COMPLETA DE SOUNDTRACK

DESERTO: 

Desde o Festival de Brasília de 2016 estou encantado por este filme. Ainda bem que chegou aos cinemas em 14 de setembro de 2017 e pude falar dele novamente. Dirigido pelo também ator Gui Weber, Deserto é um Auto da Compadecida do século XXI. Um grupo de circo precisa “povoar” uma cidade abandonada e recria novos papéis sociais para eles próprios. Críticas a vários setores da sociedade, em especial à hipocrisia e preconceitos. Fotografado com planos lindos e um design de produção riquíssimo, Deserto é o melhor filme nacional que eu vi desde Cidade de Deus.

CONFIRA A NOSSA CRÍTICA NA ÉPOCA DA COBERTURA DO FESTIVAL DE BRASÍLIA.

LUCKY:

Filmes Lucky

Que sorte temos de ver Lucky no cinema (quando dessa publicação ele ainda está em cartaz, estreou dia 7 de dezembro, mas duvido que tenha uma bilheteria condizente com a qualidade). A rotina, os encontros com os amigos e as reflexões de um nonagenário, interpretado por Harry Dean Stanton, infelizmente no último trabalho da carreira já que o ator faleceu pouco depois do lançamento do filme. Um longa delicado e contundente. Com um passo de um cágado (e o animal tem função narrativa), mas intenso. É uma obra para ser revisitada em diferentes fases da vida.

CONFIRA A MINHA CRÍTICA COMPLETA NO SITE RAZÃO DE ASPECTO



Viram todos da lista? Quais vocês acrescentariam? Deixem aí nos comentários…

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

  • Lucas Albuquerque

    Fora o Lucky, que ainda está em cartaz, todos os outros estão em serviços pela internet, como o NOW.
    A lista só considerou os lançamentos para o cinema mesmo, eu infelizmente só consigo acompanhar os filmes em cartaz, mas o Ghost History está sendo bem aclamado 😀
    Ótima dica.