Indic(ação) #88: Rebeldia Indomável (1967)

Indic(ação) #88: Rebeldia Indomável (1967)

Abram alas, porque o Indic(ação) #88 chegou! Nessa última semana de outubro propusemos um formato de programa bem diferente, dessa vez indicaremos apenas um filme, Rebeldia Indomável!

Seja bem-vindo(a) a mais um programa do podcast do Indic(ação), como você já sabe, todas as semanas nós indicamos três produções sobre um tema comum. Porém, dessa vez foi diferente e resolvemos inovar. Afinal, por que não testar novos formatos? Foi pensando nisso que o nosso querido host, reconhecido pela sua voz sedosa e por seus conhecimentos profundos sobre os lados mais obscuros do seu próprio quarto, Alexandre, sugeriu um, e apenas um, único filme!

O que esperar das indicações de Alexandre? Filmes Hollywoodianos, com atores e atrizes mundialmente famosos e centenas de milhares de dólares na produção? Exatamente! Ale chegou com a cara e a coragem, mostrando toda a sua rebeldia ao sugerir o filme Cool Hand Luke (Rebeldia Indomável), de 1967. Depois de assistir, Guilherme trouxe a sua própria opinião e resolveu debater sobre essa clássica produção dos anos 60! Qual será o fim dessa discussão? Aperte o play e descubra! Ah, e não se esquece de dar a sua opinião depois, ok?

Download | iTunes | Android | Feed | Soundcloud

Fale Conosco:

Contribua com o Cinem(ação)

Apartir de 10,00 você contribui para que o Cinem(ação) se mantenha ativo. Com textos diariamente, trailers dos lançamentos, artigos picantes e podcasts inspiradores, queremos manter a máquina girando e é você o motor para nossa continuidade. Com o apoio mínimo você estará ajudando não só nosso canal, mas o audiovisual brasileiro, pois atingimos milhares de pessoas que pensam e sonham com o cinema. Apoie nosso projeto agora e contribua para um produto melhor.

Apoia.se do Cinem(ação)

Patreon do Cinem(ação)

Edição: !SSOaí Design Estratégico

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

  • Marcelo Castro Moraes

    Duas cenas marcantes: a do protagonista comendo o maior numero de ovos e a cena deles babando pela vizinha ao lado. O curioso é ver a participação do ator Harry Dean Stanton, falecido recentemente. Além de um grande ator é curioso que ele não envelheceu muito de 1967 até a sua morte.