É Tudo Verdade: Começa hoje festival de documentários no Rio de Janeiro e em mais 4 cidades

É Tudo Verdade: Começa hoje festival de documentários no Rio de Janeiro e em mais 4 cidades

A partir de hoje, as salas de cinema do Rio de Janeiro e de São Paulo vão estar recheadas com diversos documentários, em forma de curtas, médias e longas-metragens, com o festival internacional, “É Tudo Verdade”.

Em sua 22ª edição, o festival trás 82 títulos de 30 países, sendo 16 estreias mundiais, para as duas cidades, com pontos itinerantes em outras três: Belo Horizonte, Brasília e Porto Alegre. Além de ser completamente gratuito, este ano o festival terá sessões especiais que homenageiam os cineastas Alexandre O. Philippe, Andrea Tonacci, Bill Morrison, Jean Rouch, João Moreira Salles e Raed Andoni. Pela primeira vez, o festival apresenta uma Competição de Longas Latino-Americanos, com sete produções.

“É um alento que seja tão vigorosa a produção de documentários nestes dias de ‘fatos alternativos’ e ‘fakenews’”, comenta o fundador e diretor do festival, Amir Labaki, em artigo oficial do festival. “Contra a confusão que desumaniza, nada melhor do que o olhar original sobre a realidade de um cineasta com sua câmera. É por meio deles que o É Tudo Verdade espelha o mundo”.

Confira as datas do festival em todas as cidades:

Rio de Janeiro – 20 a 30 de abril
Sessão de abertura: Eu, Meu Pai e os Cariocas – 70 Anos de Música no Brasil (Dir.: Lúcia Veríssimo, Brasil, 2017, 112 min.)

São Paulo – 21 a 30 de abril
Sessão de abertura: Cidade de Fantasmas (Dir.: Matthew Heineman, EUA, 2016, 90 min.)

Itinerâncias:

Brasília – 4 a 7 de maio

Porto Alegre – 3 a 7 de maio

 

Site oficial do Festival

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário: