Valerian e a Cidade dos Mil Planetas (e as influências que a HQ deixou)

Valerian e a Cidade dos Mil Planetas (e as influências que a HQ deixou)

Várias vezes lembro que Valerian seria o pior nome para um herói de aventuras, pois o este é o nome em inglês (ou em Francês língua natal do personagem), para uma planta que é usada como um calmante de origem vegetal para humanos (em gatos deixa eles “doidões” e  muito engraçado), cheio de um terpeno chamado ácido isovalérico que cheira tão bem quanto “chulé” de meia de futebol sem lavar por meses… reconheço o cheiro deste negócio de longe… péssima escolha. Mas, o resultado certamente foi bom, pois Valerian (depois deste momento de curiosidade NERD) é uma referência cultural muito importante.

Valerian é um personagem é um personagem Belga, criado em 1967 pelo roteirista Pierre Christin, pelo desenhista Jean-Claude Mézières e pela colorista, irmã de Mèzières, Évelyne Tranlé, e em 1970 ganhou sua própria revista. Valerian é caracterizado
como um “agente espaço-temporal”, o que gera margem para aventuras muito diferentes, e também é visto (originalmente) como um herói clássico, um persoagem bom, bonito, forte, integro… mais para o “Capitão América” do que para o “Wolverine ou Deadpool” sendo que estes últimos são anti-heróis (pena que não tive esta idéia assistindo o trailer…). Temos também a companheira inseparável dele Laureline (sim, eles tem um caso sério), vista como muito inteligente, determinada e sexy (isso até que vi no trailer). De forma interessante, quando os personagens fizeram 40 anos, a revista mudou de nome, passando a se chamar “Valérian et Laureline” ou seja, “Valérian e Laureline” o que me parece muito mais honesto. Pena que esta honestidade não vendeu mundo afora… Deveria…

Mas sabemos que pelo menos uma pessoa muito importante para o Cinema comprou Valerian no começo da sua carreira, logo depois de lançar seu primeiro longa e pouco antes de lançar sua maior, mais lucrativa (e inicialmente desacreditada) obra. Estou falando de George Lucas, pois existem muitas coisas semelhantes entre “Valérian e Laureline” (gostei deste nome vou usar) e Star Wars.  Segue abaixo uma pequena listinha do que pude encontrar:

  1. Os dois são uma “space opera” (ok… até aí tudo bem, mas acreditem, tem mais e a coisa fica séria)
  2. O visual de Valérian é parecido com o de Han Solo
  3. As atitudes de Valérian são parecidas com a de Luke Skywalker
  4. Laureline é muito parecida com a Princesa Léia
  5. A “Slave Léia”, o sonho erótico de muito Nerd por aí e um dos episódios mais engraçados de “Friends”, é muito parecida com a “Slave Laureline”. Acreditem: também existe nos quadrinhos com data anterior à de Star Wars.
  6. A Millenium Falcon é muito parecida com a nave de Valérian e Laureline (isso dá para ver no Trailer)
  7. E, como infelizmente ainda não li coisa alguma desta HQ, vou precisar de algumas imagens para mostrar outras semelhanças, seguem elas:

Depois de tudo isso, acredito que não dá para negar a importância dos personagens Valérian e Laureline. Segue agora o último trailer que saiu de Valerian e a Cidade dos Mil Planetas. Mas espera… e a Sinopse? E os Atores? Relaxe… Nosso querido Daniel Cury já escreveu sobre isso, basta clicar aqui e ler. É rapidinho. Vai lá! Mas vai depois de assistir o trailer que está bacana, com “Because” dos Beatles “à capela”. Mas não deixe de ver o que o Cury escreveu heim! Abraços! Há é… isso eu tinha me esquecido… Valerian e a Cidade dos Mil Planetas tem data de estréia no Brasil para 10 de agosto de 2017.

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário: