Crítica: Caçadores de Trolls (1ª temporada)

Crítica: Caçadores de Trolls (1ª temporada)

Ficha Técnica: Caçadores de Trolls

Criador: Guillermo Del Toro

Produção: Netflix, DreamWorks Animation, Cha Cha Cha Films

Nacionalidade e Lançamento: EUA, México, 2016

Sinopse: Jim, um garoto de 15 anos, encontra um amuleto mágico que o escolhe para ser o próximo caçador de trolls. Junto com seus amigos, ele possui a missão de proteger os trolls, ao mesmo tempo em que leva uma vida de adolescente.

O que eu esperava ser apenas mais um desenho para crianças acabou se revelando uma animação um tanto mais complexa e bem desenvolvida. “Caçadores de Trolls” (Trollhunters) é uma animação com 26 episódios criada por Guillermo Del Toro e baseada em seu livro, e foi lançada pela plataforma Netflix em dezembro de 2016.

Muito mais do que uma simples distração para o público infantil, essa animação é composta por diversos elementos surpresa e novas descobertas que se agregam à história, deixando-a cada vez mais consistente e completa. A trama gira ao redor de um adolescente de 15 anos, Jim. Quando Jim descobre um amuleto mágico, ele é nomeado o novo caçador de trolls. Mas o que é isso? Basicamente existem dois tipos de trolls nesse universo criado por Del Toro: os bons e os maus. Os humanos não sabem da existência desses monstros, mas também existem mutantes espalhados pelo mundo, isto é, trolls disfarçados de humanos. Ao ser designado como o novo caçador de trolls (pois o antigo morreu), Jim possui a missão de proteger os trolls do bem.

Entretanto, Jim não está sozinho. Seu amigo nerd gordinho e alguns amigos trolls, como Blinky e AAARRRGGHH!!! (sim, esse é o nome dele), vão ajudá-lo a entender mais sobre esse novo universo de monstros e treiná-lo para as batalhas que estarão por vir. Também somos apresentados a outros personagens muito importantes para a trama, como o professor de Jim, a mãe de Jim e uma amiga muito especial.

Parece um desenho simples, mas não é bem assim. É impressionante como a história se desenvolve e se aprimora cada vez mais com o passar dos episódios. Pode parecer enrolação, mas a verdade é que cada episódio nos traz uma informação extra sobre o mistério do enredo, e quando pensamos que tudo está prestes a se resolver, somos surpreendidos por um novo obstáculo no caminho. Todos os personagens são muito bem trabalhados, e podemos conhecer um pouco mais sobre a história de cada um durante essa primeira temporada. A trama é enriquecida com novos detalhes constantemente, e nada passa despercebido. Nota-se que essa animação foi um trabalho desenvolvido de forma bastante minuciosa.

Podem esperar muita comédia também. Alguns personagens são simplesmente hilários, não há como negar. E não é uma comédia voltada apenas para as crianças. A animação também possui aquelas piadas mais inteligentes, que passam despercebidas pelas crianças e possuem o objetivo de agradar aos jovens e adultos. Algumas piadas são tão engraçadas que ficam na cabeça por alguns dias. Tudo foi muito bem pensado e realizado com capricho e qualidade.

A produção é muito boa e a animação é muito colorida e repleta de detalhes. É um desenho bonito de assistir. Os traços físicos dos personagens são muito característicos, e existe uma variedade imensa de trolls. Fico pensando que deve ser muito legal criar todos esses personagens. Além disso, o final foi exatamente para deixar o espectador no aguardo da próxima temporada.

Então, se você gosta de animações, não deixe de conferir “Caçadores de Trolls”. Se você não gosta, assista mesmo assim, pois vale a pena. Eu já estou ansiosa esperando pela 2ª temporada.

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário: