Especial Halloween: Trilha Sonora para o Halloween

Especial Halloween: Trilha Sonora para o Halloween

Não é interessante como ficamos impressionados com alguma produção cinematográfica de suspense, terror, e lembramos sempre das cenas mais impactantes, quiça, as mais nojentas? Pode se passar a trilha, soundtrack ou o “theme” e recordamos destas cenas, simplesmente por ouvir o arranjo ou uma vozinha de criança ao fundo, é de congela a espinha. E é nesse sentido que selecionei as trilhas que me fazem tremer na base. Se lhe aguçar, prepare a pipoca e o travesseiro para abraçar. E tenha um bom filme.

_____
Psicose (Pyscho)
Não poderíamos começar esta lista sem um dos filmes que contém uma das trilhas sonoras mais icônicas feita pelo Bernard Herrmann. Filme de 1960, dirigido por Alfred Hitchcook, Psicose nos mostra a história de Marion Crane (Janet Leigh) uma secretária que foge após roubar 40 mil dólares (uma quantia alta para a época). Porém a trama se modifica após ela conhecer Norman Bates (Anthony Perkins) o proprietário de um hotel.

Halloween
Filme de 1978, narra a vida conturbada de Michael Myers que aos 6 anos de idade matou a própria irmã no Halloween. Se passaram 14 anos do assassinato da irmã, e retornam os assassinatos no na pacata cidade no dia do Halloween.
Filme dirigido, produzido e com a trilha sonora de John Carpenter.

Jogos Mortais (Saw)
Dirigido por James Wan Jogos Mortais é uma franquia que começou em 2004, coloca pessoas em vários jogos sádicos e nojentos, demonstrando até que ponto uma pessoa chega para se salvar da morte.
Trilha sonora de Charlie Clouser.

Tubarão (Jaws)
Filme de 1975, dirigido por Steven Spielberg. Após a morte de uma garota como possível causa de tubarão, o xerife Brody (Roy Scheider) tenta fechar a praia, porém por estar na temporada de alta (4 de julho) o prefeito visa o lucro, ignorando o xerife Brody para não instaurar o pânico. Insatisfeito com a decisão do prefeito, o xerife Brody resolve pedir auxílio à um ictiologista (Richard Dreyfuss) e a um pescador veterano (Robert Shaw) para caçar o animal.
Trilha sonora de John Willians

O Exorcista (The Exorcist)
Filme de 1974, dirigido por William Friedkin. Chris MacNeil (Ellen Burstyn), uma atriz começa a ver mudanças de comportamento em sua filha de 12 anos, Regan MacNeil (Linda Blair), que de início aparentam ser patologias que se resolveriam com remédios e tratamentos médico. Ao ver o fracasso da medicina no caso de sua filha Chris resolve buscar ajuda ao padre Karras (Jason Miller).
Trilha sonora de Krzysztof Penderecki.

O Bebê de Rosemary (Rosemary’s Baby)
Por fim, a nossa lista finaliza com a trilha que mais me aterroriza. Filme de 1968, dirigido por Roman Polanski, o longa-metragem mostra a mudança de um casal para um novo apartamento. Rosemary (Mia Farrow) tenta adaptar-se há uma rotina regrada de vizinhos esquisitos, uma gravidez concebida de maneira aterrorizante e um comportamento estranho vindo de seu marido Guy Woodhouse (John Cassavetes).
Trilha sonora de Krzysztof Komeda.

Gostou? Dê um like e passe adiante!

Leia também:

Apoie o Cinem(ação): contribua com a cultura cinematografica!

  • Críticas cinematográficas
  • Mais de 6 horas de conteúdo inédito por semana
  • Podcasts semanais
  • Grupo no Facebook exclusivo para apoiadores
  • Acompanhamento das nossas conquistas com seu apoio

Abra a porta do armário! Deixe seu comentário:

Os comentários estão fechados.