Home Críticas 5 Claquetes Crítica: Branca de Neve e o Caçador

Filmes com temáticas medievais fascinam o público de todas as idades. Filmes assim nos levam a uma época que não pode ser mais explorada que só existem por conta de poucos registros e muita imaginação. Sejam eles filmes com base em história como Ben Hur ou Coração Valente, ou fantasiosos como a trilogia O Senhor dos Anéis e Conan.

O novo filme da Universal Branca de Neve e o Caçador em seus trailers nos mostrava um mundo novo e belo uma noa visão da história da menina branca como a neve. E é com um filme que supera todas as expectativas que o público em geral recebe nas telonas do cinema do mundo afora.

Dirigido por Rupert Sanders o filme traz dois nomes de peso para viverem seus protagonistas. Quem vive Branca de Neve é Kristen Stewart, muito conhecida por seu papel como a jovem Bella da saga Crepúsculo. E mesmo já tendo visto a atriz em 4 filmes é a primeira vez que esta realmente mostra que sabe o que faz. Incrível como a atriz fica muito melhor com armadura e brandindo um escudo e uma espada do que ao lado de vampiros fosforescentes.  Uma Joana D’arc para nenhum dos Irmãos Grimm botarem defeito. Na vez do caçador temos o ator Chris Hemsworth que ganhou o mundo ao viver o personagem Thor em seu filme próprio e no mega sucesso Vingadores. No papel de Ravenna a rainha má está uma insandecida Charlize Theron que nos dá uma nova visão da madrasta desta vez muito mais sádica e poderosa.

O filme tem uma excelente e empolgante trilha sonora e cenários belíssimos, onde facilmente podemos nos confundir em estarmos na Terra Média, lar dos personagens de Senhor dos Anéis, ao vermos ao longe Branca de Neve, seus aliados e os anões.

Um filme que vale a pena ser visto e apreciado por todos, mas que pode ser um pouco assustador para crianças pequenas.

Nota: 5 Claquetes

Comments

comments

  • Pingback: Crítica: Branca de Neve e o Caçador | Cinem(ação)

  • http://twitter.com/malu_dsm Malu Caires (@malu_dsm)

    5 claquetes? O.o’ O filme tem uma fotografia lindíssima mesmo, mas só. O filme acabou e eu fiquei com a sensação de: “tá, e agora? O que acontece?”. Achei o inicio e o final rápidos demais.

    • http://heauarri.wordpress.com Henrique Rizatto

      Olá Malu! Obrigado pelo seu comentário. Acho que o filme merece nota máxima, pela parte técnica que está muito bem executada, pelo roteiro linear e original e a atuações convincentes. Realmente no final do filme ficamos sem saber o que acontece. Se ela ficou ou não com o caçador, ou se optou por ficar sozinha e se concentrar na recuperação do reino. Pela ótima bilheteria do filme o estúdio Universal já confirmou uma continuação, mas ainda não temos informações sobre roteiro ou se o elenco principal retornará. Continue acompanhando o cinem(ação) que assim que tivermos informações oficiais publicaremos aqui. Aproveito para informar que o cinem(ação) tem um espaço para os fãs de filmes escreverem suas próprias críticas de filmes, É o espaço Eu Cinéfilo. Espero uma crítica sua. Henrique Rizatto

CIN(ESTREIA)

0 504

Quem acha que após o período de férias de verão (no hemisfério norte) termina junto com as boas estreias, está muito enganado! Confira os...
Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers: